Atividade faz parte da programação da 40tena cultural da Fundação do Livro e Leitura. Encontro ao vivo com o autor acontece na próxima terça-feira (26), a partir das 18h, pelo Instagram da entidade, de forma aberta e gratuita

 

 

No próximo dia 26 de maio (terça-feira), a partir das 18h, a Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto apresenta uma live bem esperada pelo público da FIL (Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto) com Mario Sergio Cortella. O filósofo, professor e escritor vai abordar o tema “Família, Educação e Escola”. O encontro online terá mediação de Adriana Silva, vice-presidente da entidade e curadora da FIL e será transmitida ao vivo pelo Instragram: @fundacaolivrorp.

Um dos nomes mais conhecidos da filosofia e da educação no país, Cortella  tem uma legião de fãs de todas as faixas etárias, principalmente por sua habilidade de contar diversas histórias e compartilhar ideias durante suas palestras e conferências, que são também retratadas no seu espaço de produção online, o Canal do Cortella. Prova disso é que, a cada vinda do professor a Ribeirão Preto, o tradicional quarteirão paulista, onde está instalado o Theatro Pedro II, é  tomado por filas com a população à espera do autor.

 

O filósofo é também um dos palestrantes mais aclamados pelo público da FIL que, neste ano ganhou abrangência internacional com novo posicionamento anunciado no final do ano passado. A feira está prevista para ser realizada de 11 a 20 de setembro e traz o tema “20 anos depois e, agora?”.

Segundo Cortella, muitas famílias ainda confundem escolarização com educação. “É preciso lembrar que a escolarização é apenas uma parte da educação. Educar é tarefa da família”, explica.

 

Participação na Feira do Livro

O filósofo já esteve em seis edições da feira entre os anos de 2010 a 2018, sempre como destaque da programação. Em 2016 foi homenageado como autor educação. Em sua última conferência no ano de 2018, ele começou sua abordagem citando o poeta britânico Alexander Pope com a frase: “As pessoas nunca sabem nada porque entendem tudo depressa”. Reflexões como essa sobre educação e livros são constantes nos debates que propõe, além de um vasto repertório.  Segundo ele, “uma das possibilidades que o livro nos traz é de escavar as camadas do conhecimento”.

Mario Sergio Cortella possui mais de 8 milhões de seguidores nas redes sociais. É autor de mais de 50 livros, dentre eles, diversos best sellers como “Qual É A Tua Obra?”, “Porque Fazemos O Que Fazemos?” e “A Sorte Segue a Coragem”. Também é Top Voice Influencer no Linkedin, colunista da rádio CBN e comentarista do Jornal da Cultura.

Para a presidente da Fundação do Livro e Leitura, Dulce Neves, a expectativa da equipe de programação da FIL e do projeto 40tena cultural, é ouvir a opinião do filósofo sobre os novos desafios da educação e, “saber como ele avalia o momento atual em que pais estão lidando com a realidade de estarem mais próximos do processo de escolarização dos filhos, acompanhando aulas e os projetos online dentro de casa e, ao mesmo tempo, tendo que trabalhar e cuidar de todo o resto da família”.

Para a curadora da FIL e vice-presidente da Fundação, Adriana Silva, Cortella é uma voz muito expressiva para este momento de distanciamento e isolamento sociais provocados por conta da pandemia de covid-19.  “Neste cenário de incertezas tão duradouras temos que ter como foco a necessidade de seguirmos o debate sobre o papel social de todos nós. É uma grande oportunidade de fazermos isso junto a Mario Sergio Cortella, um filósofo que trata de temas sempre envolventes”, conclui.

 

Mais informações 

Sobre Mario Sergio Cortella

Nascido em Londrina/PR (1954), Mario Sergio Cortella é filósofo e professor doutor em educação, já tendo atuado como docente da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). É mestre e doutor em Educação, professor-convidado da Fundação Dom Cabral desde 1997.

Foi Secretário Municipal de Educação de São Paulo (1991-1992); escritor e conferencista, tem presença constante na mídia como âncora, debatedor e comentarista.

Sobre Adriana Silva

Educomunicadora, vice-presidente da Fundação do Livro e Leitura e curadora das edições da FIL (Entre os anos de 2014 e 2020).

 

40tena Cultural 

O projeto conta com uma agenda semanal com atividades que vão desde lives (vídeos ao vivo em plataformas streaming) com artistas e convidados até contações de histórias para crianças, show, dicas e discussões de livros, entre outras ações.  A agenda de programação do 40tena Cultural está sendo divulgada semanalmente pelas redes sociais da Fundação:

Instagram (@fundacaolivrorp)

Facebook (facebook.com/FundacaodoLivroeLeituraRP)

Linkedin (fundacaolivrorp),

Twitter (@FundacaoLivroRP)

Youtube (FeiraDoLivroRibeirao)

Site: www.fundacaodolivroeleiturarp.com

 

SERVIÇO
40tena Cultural

Dia: 26/05 (terça-feira)

O que : Live “Família, Educação e Escola” com professor Mario Sergio Cortella

Onde: Transmissão pelo Instagram @fundacaolivrorp (Instagram da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto)

Horário: 18h

Obs. A participação é ao vivo e gratuita

16 mai/20

Durante a apresentação, que tem início a partir das 17 horas, banda fará arrecadações para as ONGS Hamburgada do Bem e Por1Sorriso, entidades já tradicionais no trabalho de atendimento social

 

Neste sábado (16), a partir das 17h,  o Playnil apresenta a Live ¨Nostalgia¨ pelas plataformas digitais do Facebook e Youtube. A banda comemora 10 anos da formação original com o show projetado direto da casa de dois dos músicos que, são irmãos, vivem hoje em São Paulo, mas estão cumprindo parte da quarentena em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, cidade natal de todos integrantes da banda.

 

A proposta de fazer uma live com mais de três horas de duração surgiu da vontade dos músicos de estarem mais próximos, já que todos mantêm uma grande amizade mesmo morando atualmente em cidades diferentes. Outro motivo foi a saudade de reencontrar os fãs, mesmo que pela internet. Para isso, estão preparando várias ações interativas com o público conquistado ao longo de 10 anos de história.

 

Para os integrantes, que começaram o PlayVinil no auge da adolescência, encontrar com os fãs neste momento em isolamento ou distanciamento sociais é uma forma de reviver a nostalgia dos palcos e do contato com o público – só que desta vez num reencontro online, diante de todo o novo cenário virtual que se configura, bem como a troca imediata que as redes sociais permitem, sem considerar as fronteiras.

 

O grupo preparou um repertório com músicas autorais que marcaram sua trajetória, além de hits de ícones do pop rock que são suas principais influências como as de Maroon 5, Coldplay, Bruno Mars, Cazuza, John Mayer e Djavan, entre tantos outros sucessos. A live  também defende uma ação social para arrecadar fundos e doações para os projetos Hamburgada do Bem e Por1Sorriso, através do PagSeguro  pelo link: https://pag.ae/7W1kFg2hR.

 

O vocalista da banda Pedro Grili diz que a quarentena tem transformado a vida de todos e, neste contexto, a arte tornou-se muito importante – tanto para os artistas, como para o público. Para ele, lives como a deles têm sido muito importantes para garantir a sobrevivência e a sanidade mental das pessoas e ressalta: “elas tem sido fonte de renda para muitos artistas que passam por dificuldades neste momento”.

 

A decisão de produzir um novo show surgiu durante a quarentena, pois os cinco integrantes encontraram na produção musical uma forma de garantirem o equilíbrio emocional que precisaram nos primeiros momentos do distanciamento social previsto por decretos governamentais. A ideia evoluiu e além do apelo social para ONGs de alcance nacional, a banda vai lançar um DVD para selar o reencontro histórico.

 

Cada música que definiram para o repertório, cada doação que já coletaram com a campanha de doações, o apoio de parceiros. Tudo tem tido um significado expressivo para  eles, que estão sem tocar em grandes projetos há três anos, por conta da entrada deles na universidade e das escolhas profissionais que fizeram. “Mas como a música está em nosso DNA, decidimos celebrar a nossa história”, conta o vocalista Pedro Grili. Para ele que hoje é universitário e empresário, a música é parte do cotidiano, independente da quarentena.

 

“Estamos sempre tocando, compondo e expressando nossas emoções”, complementa o baterista Victor Grili, também publicitário e empresário. Ele ainda ressalta que sente saudade do palco, mas que, desta vez, a live vai conectá-los com as pessoas de uma forma diferente.

 

O contrabaixista Davi Lima, hoje estudante de Engenharia de Materiais, explica que a banda irá tocar e conversar ao vivo, relembrando a história, influências e músicas do Playvinil. “Nada terá nada de acústico. Será a banda completa com os instrumentos plugados”, explica.

 

A montagem desta live show contou com apenas um ensaio geral ao vivo  com toda a banda no mesmo local em que acontecerá a live e ainda em momentos de trocas entre os músicos – pela internet e  em alguns poucos ensaios presenciais.

 

Felipe Ribeiro, hoje dentista, comenta que em tempos de covid-19, o que foi prioridade para os músicos, que estão na faixa dos 20 e poucos anos, foi realizar a live com a segurança necessária para não colocar em risco a saúde  de nenhum dos integrantes, nem de seus familiares. “Teremos uma pequena equipe de apoio nos bastidores, apenas para fazer o som acontecer e captar imagens para o DVD”.

 

Toda a montagem do show, tem respeitado as orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde), como o devido distanciamento e isolamento sociais indicados pelos decretos e decisões para incentivar as pessoas a ficarem em casa durante a  quarentena. Sobre as mudanças ocorridas entre os integrantes e músicas da banda, Pedro Grili comenta que nestes 10 anos, muita coisa mudou. “Cada um evoluiu no seu caminho profissional e pessoal. Porém, o prazer de tocarmos juntos continua o mesmo”, acrescenta Victor.

 

Ação social

Com caráter beneficente, durante o show, o espaço estará aberto para doações que terão finalidades diferentes: para a Hamburgada, os valores se transformam em novos instrumentos que serão comprados com descontos na loja Guitar Music Shop e doados para o espaço “Estrelas do Rock”, um espaço  que funciona durante o evento Hamburgada do Bem, as crianças podem ter seu primeiro contato com algum instrumento musical. Já as doações para a Por1Sorriso serão revertidas em cestas básicas para as comunidades carentes. A cada 10 cestas, o supermercado Mialich vai doar mais duas”, explica o musico e hoje jornalista, Ezio Jemma.

 

Sobre o PlayVinil

A banda está na estrada desde 2008, mas foi em 2010, que ganhou projeção por conta de shows. Em 2011, teve participação na Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto e lançou o primeiro CD. Depois vieram participações em projetos como Pelas Bandas de Ribeirão da Jovem Pan FM/Nova Digital, o que resultou na abertura de espaços para o seu trabalho em emissoras de  rádios como Diário FM (Ribeirão Preto), Intersom FM (São Carlos) e Clube FM (Rio Claro). Ao todo, mais de 150 municípios já curtem a banda, principalmente as cidades de Bebedouro, Barretos, Catanduva, Taquaritinga, São Carlos, Araraquara, Franca; principais cidades dos nordeste paulista e algumas cidades do Sul de Minas Gerais.

 

Além disso, o PlayVinil  registrou passagens em eventos como o Carnabeirão, Skol Folia, João Rock 2013 e 2015, Barretos 2012/2013, Jaguariúna Country Festival,  apresentações em São Paulo e mais recentemente fez o “Tributo 25 Anos sem Cazuza” no João Rock 2015 e no Pedro II, com casa cheia.

 

O grupo hoje já tem fãs de todas as idades e de várias localidades,. Para conferir o trabalho basta acessar as redes:

Facebook: www.facebook.com/playvinil

Instagram: www.instagram.com/playvinil/

Youtube:  www.youtube.com/channel/UCFrX8DUTPnwbGwhj3DRYihA

13 mai/20

Que tal curtir uma imersão na Cultura Pop e ainda estudar a linguagem cinematográfica dos últimos 100 anos? O Objetivo do curso CinePop é propor um estudo da linguagem cinematográfica a partir de um olhar sobre a cultura pop, promover uma divertida imersão sobre os produtos que as pessoas adoram e consomem no dia-a-dia.

O curso será ministrado pelo mestre Chris Goldenbaum propõe um estudo de linguagem cinematográfica a partir de um olhar sobre a cultura pop nos últimos 100 anos.

 

 

Em 6 encontros virtuais, será examinada a linguagem cinematográfica nos produtos que consomem e amam. Além de conhecer o nascimento da Broadway e da Hollywood dos anos 30, a TV dos anos 50 e as séries dos anos 70, passando pela TV paga dos anos 1980 e o consumo de notícias nos anos 1990, até a indústria da música nos anos 2000 e sua influência sobre as plataformas de streaming do século XXI.

 

A próxima turma terá início no dia 18 de maio, serão 6 encontros virtuais, com a interação direta de Chris Goldenbaum.

 

 

CinePop: A Cultura da Imagem - Online (AO VIVO).

 

O Instituto de Cinema é uma das mais reconhecidas escolas de cinema e audiovisual do país. São mais de 100 especialistas do mercado oferecendo 130 cursos diferentes para quem quer se profissionalizar ou aperfeiçoar seus conhecimentos em cinema e audiovisual. Além dos cursos, O InC realiza eventos gratuitos, não restritos a seus alunos.

 

Curso: CinePop Online AO VIVO – A Cultura da Imagem

 

Início: 18/05/2020

Duração: 6 encontros, Online AO VIVO       

Carga horária: 18 horas

Investimento: R$ 380,00 à vista, ou 2x de 190,00

Inscrições: https://institutodecinema.com.br/cursos