Atividades começam na próxima terça-feira (18) com a participação do chargista Thomas Larson. Na quarta-feira (19), é a vez do cartunista Carlos Ruas ministrar a oficina. No sábado (22), acontece mais um encontro do tradicional Núcleo de Contadores de Histórias, dessa vez, com a coordenação da contadora de histórias e atriz, Monalisa Machado. Todas as atividades on-line são gratuitas e abertas à população

 

 

 

Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto anuncia a agenda de atividades da 40tena Cultural desta semana. A programação começa na terça-feira (18/5) com a primeira aula da oficina on-line “Processos de Criação de Charges e Tirinhas”, com o chargista Thomas Larson. A segunda aula será na quarta-feira (19/05), com o cartunista Carlos Ruas. As atividades são gratuitas e acontecem na plataforma de reuniões ZOOM, das 19h30 às 21h, sendo necessária a inscrição pelo site (www.fundacaodolivroeleiturarp.com). Para os participantes das duas aulas, haverá emissão de certificado.

 

Thomas Larson, também conhecido como Thomate, é de Ribeirão Preto e trabalha com animação, cartuns e ilustrações. Atualmente reside em São Paulo, onde trabalha como diretor de animação em longas metragens e séries de animação. Trabalhou durante 12 anos no Jornal A Cidade, em Ribeirão Preto. “Durante a oficina, vamos trocar ideias sobre as diferenças dos estilos, narrativas e desenhos das charges, cartoons, tirinhas e quadrinhos”, explica o chargista que também dirigiu “Rái Sossaith”, curta metragem e série em animação publicada no YouTube, Canal Brasil e Comedy Central. O chargista acredita que o formato de imprensa em que trabalhava está mudando, por conta do uso de novas tecnologias e a internet na produção de conteúdo. “A mudança não é apenas na mídia, mas na forma de divulgar nosso trabalho”, comenta.

 

 Thomas Larson

 

Na quarta-feira (19), também às 19h30, quem assume a oficina é o designer gráfico e cartunista brasileiro, Carlos Ruas, conhecido pela webcomic “Um Sábado Qualquer”, “Mundo Avesso” e “Cães e Gatos” - três universos distintos e criativos que compõem a sua obra. Nasceu em 1985, em Niterói (RJ) e, desde cedo, demonstrou interesse e talento para o desenho. Ruas é formado em desenho industrial e atua profissionalmente em desenho de quadrinhos desde 2010. Em 2012, recebeu o Troféu HQ Mix (o “Oscar” dos quadrinhos brasileiros) na categoria web tira, e em 2015, o livro “Êxodo: nos bastidores da bíblia” conquistou o 32° Troféu Angelo Agostini. O sucesso das tirinhas que abordavam as religiões com humor e irreverência possibilitou que, em 2011, o “Um Sábado Qualquer” fosse um dos blogs de quadrinhos mais acessados do país, conquistando um público diversificado e aberto à reflexão. Ruas participou do livro em homenagem a Mauricio de Sousa, “MSP novos 50”, e tem sete livros publicados: seu 4° livro, “A infância de Cristo”, arrecadou R$ 280 mil na plataforma Catarse, batendo o recorde de maior arrecadação nerd.

 

 Carlos Ruas

 

 

Núcleo de Contadores de Histórias

No sábado (22/5), às 10h, acontece, na plataforma de reuniões Zoom, mais um encontro do Núcleo de Contadores de Histórias. Dessa vez, a coordenação e mediação é da contadora de histórias e atriz, Monalisa Machado. 

 

 Monalisa Machado

 

A atriz, que atua em projetos teatrais e literários, é também aprendiz de escritora e foi integrante do grupo teatral Engasga Gato. A escolha do tema “Mar - profundeza e horizonte”, se deu, segundo ela, pela sua forte ligação com o mar: “uma união até poética por vezes”. Monalisa adianta que o encontro será para contar e ouvir as tantas histórias que navegam sobre o oceano, “aquelas que têm os pés na areia e o coração que pulsa no ritmo do vai e vem das ondas”. A atriz acrescenta que os participantes podem esperar do encontro uma mistura de beleza, aconchego e tudo o que o tema possa proporcionar. “Vivemos tempos de introspecção. Por aqui, a saudade daquele tipo de horizonte que só a vista do mar consegue proporcionar aparece sempre. Em seu livro ‘O Beijo da Palavrinha’, Mia Couto escreveu que ‘quem nunca viu o mar, não sabe o que é chorar’”, adianta.

 

Para participar do encontro on-line, que é aberto e gratuito, basta acessar o link na BIO do Instagram da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto (@fundacaolivrorp).

 

SERVIÇO:

Oficina “Processos de criação de charges e tirinhas” – aula 1
Com Thomas Larson, chargista
Data: 18 de maio (terça-feira)
Horário: 19h30 às 21h
Plataformas de exibição: Plataforma de reuniões Zoom, com inscrições no www.fundacaodolivroeleiturarp.com. As vagas são limitadas.

Oficina “Processos de criação de charges e tirinhas” – aula 2
Com Carlos Ruas, chargista
Data: 19 de maio (quarta-feira)
Horário: 19h30 às 21h
Plataformas de exibição: Plataforma de reuniões Zoom, com inscrições no www.fundacaodolivroeleiturarp.com. As vagas são limitadas.

Núcleo de Contadores de Histórias, “Mar – profundeza e horizonte”
Com Monalisa Machado, contadora de histórias e atriz
Data: 22 de maio (sábado)
Horário: 10h
Plataformas de exibição: Plataforma de reuniões Zoom (https://us02web.zoom.us/j/87824241842) com transmissão para plataforma digital (www.fundacaodolivroeleiturarp.com) e Youtube (www.youtube.com/user/FeiraDoLivroRibeirao)

O projeto 40tena Cultural

O projeto 40tena Cultural, que começou em março de 2020 com uma programação consecutiva, já realizou mais de 100 atividades e interagiu com mais de 35 mil pessoas. O 40tena Cultural, realizado pela Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, tem como proposta incentivar as pessoas a ficarem em casa durante o período de isolamento social, em virtude da pandemia do coronavírus (Covid-19). Semanalmente, são divulgadas atividades que abrangem desde as transmissões ao vivo com artistas e convidados até contação de histórias para crianças, shows, dicas e discussões de livros. Para acompanhar a programação semanal, basta acessar as redes sociais da Fundação do Livro e Leitura:

Instagram (@fundacaolivrorp)
Facebook (https://www.facebook.com/fundacaolivrorp)
Linkedin (fundacaolivrorp)
Twitter (@FundacaoLivroRP)
Youtube (FeiraDoLivroRibeirao)
Plataforma www.fundacaodolivroeleiturarp.com

Sobre a Fundação

A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade. Hoje, é considerada a segunda maior feira a céu aberto do país. Em 2020, a Feira tornou-se internacional e entraria na 20ª edição. Por isso, recebeu recentemente nova identidade, apresentando-se como FIL (Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto), mas sua realização foi remarcada para agosto de 2021, devido à pandemia do novo Coronavírus.

Com uma trajetória sólida e projeção nacional e agora internacional, ao longo de seus 20 anos, a entidade ganhou experiência e, atualmente, além da Feira, realiza muitos outros projetos ligados ao universo do livro e da leitura, com calendário de atividades durante todo o ano. A Fundação se mantém com o apoio de mantenedores e patrocinadores, com recursos diretos e advindos das leis de incentivo, em especial do Pronac e do ProAc.

17 mai/21

Diogo Branco no RJ

postado por Beatriz Oliveira

Dr. Diogo Branco, especialista em Harmonização Facial, inicia seus atendimentos no Rio de Janeiro.

Para quem estava aguardando, chegou o momento de ser atendido por ele, que está com agenda cheia até novembro de 2021. 

 

"Estou muito feliz por estar começando meus atendimentos na cidade mais linda do Brasil" relata Dr. Diogo Branco

 

Para quem deseja saber mais sobre o seu trabalho, basta acessar seu instagram, que é

 

www.instagram.com/drdiogobranco

 

Dr. Diogo Branco Dr. Diogo Branco

 

 

O ator e humorista Paulo Gustavo morreu nesta terça-feira (04), vítima de complicações da Covid 19. Ele foi internado num hospital particular do Rio de Janeiro no dia 13 de março e, uma semana depois, foi encaminhado à UTI.

 

 

O ator deixa seu marido, o dermatologista Thales Bretas, dois filhos e milhares de fãs.

 

#paulogustavo