28 abr/15

O comprimento do estilo Lady Like

postado por Beatriz Oliveira

A saia midi, uma tendência que sempre dividiu opiniões, foi uma das peças que mais vi nas produções das fashionistas nos corredores da São Paulo Fashion Week



Elegante e feminino, o comprimento um pouco abaixo do joelho e no máximo até o meio da canela surgiu nos anos 40, após a Segunda Guerra Mundial, e é um item indispensável no estilo Lady Like.



Estampadas, coloridas, de couro, estilo lápis, rodadas, plissadas, trapézio ou retas, existem estilos para todos os gostos e truques para valorizar todos os tipos de corpos. Então não existem argumentos para deixar a peça de lado por mais um tempo.



A preocupação das baixinhas é na silhueta achatada. O truque é usar comprimentos que sejam um pouco abaixo do joelho, looks monocromáticos (uma única cor da cabeça aos pés) e deixar o máximo de pé à mostra para criar a ilusão de pernas alongadas. 
Como as baixinhas, as gordinhas devem tomar cuidados com as proporções. Caso a peça de cima seja mais justa, escolha uma parte de baixo mais larga. Ou se a parte de cima for mais larga, escolha uma parte de baixo mais justa.






Outra preocupação é o aumento do quadril. Para isso não acontecer, evite os modelos muito volumosos e justos.
Você acha que a saia midi acaba envelhecendo a produção? Abuse das cores e estampas, tops cropped, bolsas e acessórios para complementar. Cintos são indispensáveis para marcar a cintura, o detalhe também evita o efeito achatado.





Já nos pés, saltos sempre será a primeira opção para dar a impressão de alongamento, mas nada impede de você usar sapatilhas ou até mesmo tênis.



Uma it girl apaixonada pelo comprimento midi, é a russa Miroslava Duma, ex-editora da Harper’s Bazaar, E quer saber de uma coisa? Ela mede menos que 1,60 cm, ou seja, sem desculpas para não usar mesmo!  




Ainda está com medo de nã ;o gostar do resultado? Aproveite um vestido com o mesmo comprimento e use uma blusa, tricô ou uma malha por cima. Quem sabe você não acaba pegando amor pela peça.
E se pegar, pode vim aqui me contar, quero saber!



*









Beatriz Oliveira é jornalista e apaixonada pelo mundo da moda
Quer conhecer mais sobre o seu trabalho? É só acessar o site
Cochichos e Brioches