Agenda Cultural

Oficinas, espetáculos e eventos fazem parte do projeto Abayomi - Um encontro com a nossa afro-brasilidade. O projeto visa promover a valorização da cultura afro-brasileira por meio de oito atividades gratuitas que serão oferecidas para o público. Serão quatro oficinas, Turbante e Boneca Abayomi, Hip Hop, Contação de Histórias e Dança Afro, dois espetáculos, sendo um para as crianças e outro para adultos. O projeto promoverá ainda mais dois eventos, uma Roda de Conversa sobre Cultura Afro-brasileira e um Sarau.

Segundo Anabrisa Tamaso e Edinho Souza, produtores da Companhia Vovó Cachola, realizadora do projeto "Não é possível valorizar o que a gente não conhece. Acreditamos que é importante o brasileiro conhecer e valorizar sua cultura e, a partir dela, valorizar a si mesmo. Por este motivo, o projeto tem como objetivo abordar a cultura afro-brasileira em suas diversas manifestações". Os produtores informaram ainda que, embora o projeto seja voltado para todos os públicos, algumas atividades têm um foco especial para os educadores. "No Brasil, há uma lei que institui o ensino da cultura afro-brasileira nas escolas, no entanto não é oferecido formação aos professores".

Um dos destaques da programação é a oficina com Fanta Konatê, conhecida por difundir a música e a dança da Guiné Conacri no Brasil. Outra novidade no projeto é a estreia do novo espetáculo da Cia Vovó Cachola “As Sementes do Baobá”.

De origem iorubá, a palavra Abayomi significa encontro precioso. Para promover esse encontro, além de Franca, o projeto irá circular com suas atividades em São Joaquim da Barra e Ribeirão Preto. Para sua realização, o projeto conta com o apoio do Programa de Ação Cultural - ProAC ICMS da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e patrocínio das empresas Tonin Superatacado, Calçados Online, Doces Flormel, Estival, Gofer Calçados, Tip Toey Joey e Varejão Irmãos Patrocínio. Em Ribeirão Preto, o projeto também conta com o apoio da Secretaria da Cultura. A companhia Vovó Cachola atua com teatro e produção cultural na cidade de Franca e região desde 2013.

As atrações acontecem entre os dias 03 e 09 de Novembro. Maiores informações podem ser acessadas pela página da companhia no Facebook. Confira a programação.

 

Diversidade, ancestralidade e sustentabilidade são temas presentes no espetáculo da Cia Vovó Cachola da cidade de Franca

 

 

O espetáculo infanto-juvenil aborda, de forma lúdica, temas urgentes e emergentes como o respeito à diversidade, aos mais velhos e ao meio ambiente. Segundo Anabrisa Tamaso e Edinho Souza, atores da companhia “Precisamos reconhecer e valorizar o que é precioso para a manutenção da vida, senão, perdemos. Há quatro anos, iniciamos uma pesquisa a respeito da formação da cultura brasileira e compartilhamos nossas descobertas por meio de apresentações teatrais que já falaram da cultura indígena e caipira até chegarmos na matriz africana. O espetáculo “As Sementes do Baobá” conta lendas africanas ancestrais que trazem grandes ensinamentos para os dias atuais” concluem os produtores da companhia.

 

O espetáculo conta a história de dois personagens que encontram sementes mágicas de um antigo Baobá. As sementes guardam histórias misteriosas do continente africano que revelam segredos preciosos. Ao adentrar o universo das histórias, os personagens têm acesso a sabedoria ancestral dos povos da África, se deparam com situações surpreendentes e desafiadoras e iniciam uma jornada de grandes descobertas. Mas, para isso, precisam enfrentar seus maiores medos.

Esta atração é uma das oito atividades do projeto “Abayomi - um encontro com a nossa afro-brasilidade” que serão oferecidas gratuitamente à população. O projeto é realizado com o apoio do Programa de Ação Cultural - ProAC ICMS da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e patrocínio das empresas Tonin Superatacado, Calçados Online, Doces Flormel, Estival, Gofer Calçados, Tip Toey Joey e Varejão Irmãos Patrocínio.

A programação completa está no site e na página do Facebook da companhia Vovó Cachola.

 

 

 

ESPETÁCULO: As Sementes do Baobá

PÚBLICO: Infanto-juvenil

DURAÇÃO: 45 min.

DATA: 03/11/2019

HORÁRIO: 16h

LOCAL: Teatro Marista - R. Cmte. Marcondes Salgado, 1280 - Higienópolis

ENTRADA GRATUITA: Os ingressos poderão ser retirados com uma hora de antecedência na bilheteria.

INFORMAÇÕES: (16)99272-5832

 

 

Realizado no boulevard da Arena Eurobike, de 25 a 27 de outubro, evento terá as cervejas sazonais Oktoberfest (Märzen) e Berliner Weisse

 

A Cervejaria Walfänger, que segue a Escola Cervejeira Alemã e inseriu a Oktoberfest Ribeirão no calendário oficial da cidade promove, nos dias 25, 26 e 27 de outubro, mais uma edição da tradicional festa germânica. O evento será realizado em novo local, no boulevard da Arena Eurobike e seguirá a tradição ao servir o lote da cerveja Oktoberfest, estilo Märzen, produzida apenas uma vez ao ano especialmente para a festividade.

O público também poderá se deliciar com outro estilo sazonal da Walfänger, a Berliner Weisse, cerveja leve e refrescante que fez muito sucesso na primeira edição da Oktoberfest Ribeirão, realizada pela Walfänger em 2018.  “Como típicos representantes da cultura alemã na região, não podíamos deixar de promover essa que é a maior festa da cerveja da Alemanha e que já se tornou a maior do interior de São Paulo. Para facilitar o acesso do público, o evento está em novo local, em uma área mais centralizada, já que receberemos pessoas não só da cidade, como de outras regiões”, diz Caio Balieiro, sócio-diretor da cervejaria.

Neste ano, a Oktoberfest Ribeirão terá um dia a mais e contará com diversas atrações, inclusive, a participação do Polo Cervejeiro da cidade, com rótulos das cervejarias Invicta, BrBrew, Lund, Maltesa, Pratinha, SP 330 e Weird Barrel, além dos sete estilos fixos do portfólio da Walfänger.

Como a proposta é uma verdadeira imersão no universo alemão, sua gastronomia terá um espaço especial com os mais tradicionais pratos como o Eisbein (famoso joelho de porco preparado na cerveja Helles), sobrecoxa de pato, chucrute e mix de salsichas. A área de alimentação contará ainda com outras opções gastronômicas para agradar a todos os gostos, como hambúrguer, tapioca, crepe francês e outras delícias preparadas pelos food trucks do Coco Bambu, Buffet Juninho Costa, Bendito Burger, Rei do Strudel e Rock Truck.

Todo o evento terá ambientação alemã e assim como acontece na Alemanha, a festa é projetada para a diversão de toda a família, com espaço kids para a criançada e jogos e competições cervejeiras para os adultos.

Para animar o público, os três dias de Oktoberfest Ribeirão contarão com diversas atrações musicais, nos mais variados estilos. Entre as atrações, Fred Sunwalk, Betto Leonetti Trio, Max Greggio, Batuque do Bem, Jes Condado, banda Balaco e o DJ Spin. Haverá ainda as atrações alemãs, com as bandas Die Braububen, Os Piás e uma apresentação do Grupo Folclórico Adulto, da Fundação Cultural Suábio Brasileira, que tem sede no Paraná. “Quem vier terá a experiência de uma autêntica Oktoberfest, com todos os elementos da festa alemã”, conclui Balieiro.

Os ingressos são vendidos pelo site www.oktoberfestribeirao.com.br, nas unidades da Cervejaria Walfänger em Bonfim Paulista e Franca e no Seo Tibério Futebol Bar (Arena Eurobike).

Confira os valores dos ingressos:

Dia 25: R$ 25 (meia entrada), R$ 25 (meia solidária – 1kg alimento não perecível) e R$ 50 (inteira)

Dia 26: R$ 30 (meia entrada), R$ 30 (meia solidária – 1kg alimento não perecível) e R$ 60 (inteira)

Dia 27: R$ 25 (meia entrada), R$ 25 (meia solidária – 1kg alimento não perecível) e R$ 50 (inteira)

Combo para os três dias: R$ 65 (meia entrada), R$ 65 (meia solidária – 1kg alimento não perecível) e R$ 130 (inteira)

 

Sobre a Cervejaria Walfänger

Em Bonfim Paulista, onde foi inaugurada, estão a fábrica com capacidade de produção de cem mil litros/mês, além de um brewpub e um Biergarten (ambiente ao ar livre em meio a um jardim) minuciosamente decorados para proporcionar uma ambientação atrativa para a degustação das cervejas especiais e harmonização com os pratos que misturam as cozinhas alemã e brasileira oferecidos pela casa.

A cervejaria possui um pub em Franca (SP) e montou, no RibeirãoShopping, sua primeira unidade no formato de quiosque. O grupo também possui o Seo Tibério Futebol Bar, instalado na Arena Eurobike, no Estádio Santa Cruz, sede do Botafogo Futebol Clube, da qual é patrocinadora e cerveja oficial.

Criou e produziu a primeira linha de cervejas do goleiro pentacampeão Marcos e, em seu portfólio, constam cervejas premiadas em concursos nacionais e internacionais de excelência cervejeira.

Está presente em todos os estados brasileiros por meio do e-commerce www.walfanger.com.br.

 

 

Serviço:

Oktoberfest Ribeirão

Data: 25, 26 e 27 de outubro

Horário: das 18h à 0h (sexta), das 12h à 0h (sábado) e das 12h às 20h (domingo).

Local: Boulevard da Arena Eurobike

Endereço: Av. Costábille Romano, s/n (Estádio Santa Cruz)

Ingresso: Dia 25: R$ 25 (meia entrada), R$ 25 (meia solidária – 1kg alimento não perecível) e R$ 50 (inteira)

Dia 26: R$ 30 (meia entrada), R$ 30 (meia solidária – 1kg alimento não perecível) e R$ 60 (inteira)

Dia 27: R$ 25 (meia entrada), R$ 25 (meia solidária – 1kg alimento não perecível) e R$ 50 (inteira)

Combo para os três dias: R$ 65 (meia entrada), R$ 65 (meia solidária – 1kg alimento não perecível) e R$ 130 (inteira)

Vendas: www.oktoberfestribeirao.com.br, nas unidades da Cervejaria Walfänger em Bonfim Paulista e Franca e no Seo Tibério Futebol Bar.

 

 

 

O mês de outubro chega recheado de atrações para a criançada se divertir no RibeirãoShopping. Um dos destaques é o tradicional Festival de Teatro Infantil, que está em sua 29ª edição. O evento, que acontece de 10 a 13 de outubro, na Praça de Eventos A, no Setor Terra Vermelha do empreendimento, conta com seis diferentes apresentações teatrais com personagens inspirados nos contos de Monteiro Lobato. A entrada é livre e gratuita.

 

O diferencial desse ano é o cenário, que já existe no local, ao lado da réplica da Maria Fumaça. Os espectadores poderão assistir às apresentações e interagir com o cenário, que faz parte da exposição “Brincadeira à moda antiga”, remetendo a um passado repleto de brincadeiras simples e criativas. Além disso, as apresentações teatrais trazem a nostalgia do passado, da vida no campo reforçada nos contos de Monteiro Lobato.

 

 

No dia 10, quinta-feira, o espetáculo “O Picapau ficou vermelho” abre o evento, às 19 horas. Já na sexta-feira, dia 11, o público poderá assistir às peças “O Poço do Visconde”, às 16 horas, e “A Pílula Falante”, às 19 horas. O espetáculo “Narizinho Narigão” será encenado no sábado, dia 12, às 16 horas, e “Na Escolinha de Dona Benta”, às 19 horas. O encerramento do festival acontece no domingo, dia 13, com a apresentação da peça “Emília e suas Memórias”, às 16 horas. As apresentações são assinadas pelo Grupo Melancia.

 

“Para o RibeirãoShopping, o mês de outubro é sempre muito especial. Todos os anos oferecemos uma programação infantil que mescla cultura, interatividade, lazer e muita  diversão em família. Os espetáculos da 29ª edição do Festival de Teatro Infantil estarão em um cenário diferente, junto com diversas brincadeiras antigas e com a réplica da Maria Fumaça, que somados aos personagens inspirados nos contos de Monteiro Lobato, levarão os clientes a outra época do passado”, completa Marcos Botelho, gerente de marketing do RibeirãoShopping.

 

 

O RibeirãoShopping está localizado na Av. Cel. Fernando Ferreira Leite, 1540, em Ribeirão Preto. Mais informações pelo site ribeiraoshopping.com.br.

 

 

Serviço

29º edição do Festival de Teatro Infantil do RibeirãoShopping
Quando: De 10 a 13 de outubro de 2019

Horários dos espetáculos: às 16h (dias 11, 12 e 13) e às 19h (dias 10, 11 e 12)
Local: Praça de Eventos A – Setor Terra Vermelha do RibeirãoShopping
Entrada livre e gratuita

 

 

Programação

10/10, 19h: “O Picapau ficou Vermelho”

A pergunta que precisa ser respondida: - Qual é o motivo do Sítio do Picapau Amarelo ter mudado de nome? Sim, agora estão chamando de Sítio do Picapau Vermelho. Venha descobrir esse mistério que ronda o sítio de Dona Benta; onde tudo sempre resulta em uma grande aventura.

11/10, 16h: “ O Poço do Visconde”

O nobre Visconde de Sabugosa está encantado estudando geologia e acaba caindo no poço antigo do sítio. No fundo do poço encontra a Cuca morando lá. A turma sai procurando o Visconde e todos se deparam com o mistério da Pedra Roxa.

11/10, 19h: “A Pílula Falante”

A Pílula Falante irá nos contar um dos momentos mais marcantes da história de Emília no universo do Picapau Amarelo, quando a espevitada boneca de pano começa a falar. A peça promete muita diversão com os personagens brincando de se tornar outra pessoa.

12/10, 16h: “A Narizinho Narigão”

Justo agora que todos estão querendo ser estrelas de cinema, vamos descobrir porque  a Narizinho está ficando com um narigão? Será que ela virou um Pinóquio ou foi picada por uma abelha?

12/10, 19h: “Na Escolinha de Dona Benta”

Dona Benta brinca de escolinha com o pessoal do Sítio do Picapau Amarelo e convida Tia Anastácia para contar a história de Monteiro Lobato e como seus personagens foram criados. Tudo, claro em meio a uma grande agitação.

13/10, 16h: “Emília e suas Memórias”

Emília, a boneca de pano resolve contar suas memórias, ou melhor, “mentir” suas histórias, afinal, ela acha que aquele que escreve sobre si próprio “tem um pé” na enganação e na lorota. Para escrever seu livro, ela convida o sábio Visconde de Sabugosa.

 

17 set/19

 

A Cia. Minaz estreia no próximo dia 28 de setembro a montagem de “O Diletante”, ópera de João Guilherme Ripper. Baseada na comédia homônima de Martins Pena (1815-1848), “O Diletante  faz uma homenagem bem-humorada ao mundo e aos amantes da ópera. Mantendo a estrutura e o espírito do texto de Martins Pena, João Guilherme Ripper adaptou a peça para a Copacabana dos anos 50.

 

 O cenário é a sala do apartamento de Quintino, rico comerciante italiano, que alimenta uma paixão desmedida por La Traviata, de Verdi. Seu maior desejo é fazer com que toda sua família compartilhe de seu gosto pela música italiana, solicitando o tempo inteiro que sua filha, Josefina, e sua esposa, Merenciana, cantem trechos da obra com ele. Além dissoQuintino deseja encontrar um marido para a filha que seja tenor e possa interpretar a parte de Alfredo no dueto do Brindisi. 

 

 A montagem terá como regente o maestro Abel Rocha, direção cênica de André Cruz, cenários e figurinos assinados por Ivo Rinhel D’Acol. No elenco: Pedro Vianna como Quintino, Isabela Mestriner no papel de Merenciana, Mariana Cunha como Josefina, Luis Felipe Sousa como Gaudêncio, Rafael Stein como Marcelo e Gabriela Momesso como Constança. Também integram o espetáculo Coral e Orquestra da Cia. Minaz.

O espetáculo será apresentado às 20h30 do dia 28 de setembro e às 19 horas do dia 29, no Teatro Minaz (Rua Carlos Chagas, 273 – JD. Paulista – Ribeirão Preto-SP). Os ingressos estão disponíveis para compra na Cia Minaz (Rua Carlos Chagas, 259 – JD. Paulista – Ribeirão Preto-SP) e custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia/antecipado).

 

  

Serviço
O Diletante
Dia: 28 de setembro de 2019
Horário: 2030

Dia: 29 de setembro de 2019

Horário: 19 horas
Local: Teatro Minaz (Rua Carlos Chagas, 273 – Jd. Paulista – Ribeirão Preto)
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meio/antecipada)

 

O compositor:

 João Guilherme Ripper é compositor, gestor cultural e professor da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Formou-se em Composição e cursou Mestrado sob a orientação de Henrique Morelenbaum e Ronaldo Mi- randa. Obteve seu Doutorado em Composição na The Catholic University of America, em Washington D.C. onde estudou com o compositor Helmut Braun- lich e a musicóloga argentina Emma Garmendia. Frequentou o Curso de Per- feccionamiento en Dirección Orquestal na Argentina ministrado pelo Maestro Guillermo Scarabino, e Économie et Financement de la Culture, na Université Paris-Dauphine. Dirigiu a Escola de Música da UFRJ entre 1999 e 2003 e a Sala Cecília Meireles entre 2004 e 2015, empreendendo uma ampla reforma. Em 2015, foi nomeado Presidente da Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro, cargo que ocupou até o início de 2017. Ripper é o atual Presidente da Academia Brasileira de Música.

 

Colabora frequentemente com orquestras, teatros e festivais no Brasil e exterior criando novas obras e atuando como compositor residente. Entre os concertos realizados em 2018 destacam-se a estreia da “Suíte sinfônica da ópera Piedade” com a Orquestra Petrobras Sinfônica no Theatro Municipal do Rio de Janeiro; a sinfonia “Jogos Sinfônicos” com a Orquestra Blas Galindo no México; o “Concertino para oboé e fagote” com a Filarmônica de Minas Gerais; a estreia da cantata “Icamiabas” no Festival Internacional de Música de Belém do Pará; a estreia de “Fantasia Tarumã”, dedicada ao pianista Jean Louis Steuerman, com a Filarmônica de Goiás; a estreia da ópera “Kawah Ijen” no Festival Amazonas de Ópera no Teatro Amazonas; a ópera “Piedade” em forma de concerto no Theatro Municipal de São Paulo. “Piedade” também foi encenada nas temporadas 2017 e 2018 da série Ópera de Câmara do Teatro Colón de Buenos Aires. A mini-ópera “Domitila” recebeu produções este ano em Vi- tória e nas cidades de Alcobaça e Castelo Branco, Portugal, enquanto a ópera cômica “O Diletante” foi apresentada no Teatro Carlos Gomes de Vitória. Suas obras “Duplum - concerto para dois violoncelos e orquestra” e “Improviso para violino e orquestra” foram gravados recentemente pela Orquestra Acadêmica de Córdoba e pela Orquestra Sinfônica de Porto Alegre.

 

 

Sobre a Cia. Minaz: Criada em 1990 por Gisele Ganade e Ivo Rinhel D’Acol em Campinas com o intuito de formar público e novos profissionais para a música vocal e para a ópera em cidades de interior, a Cia. Minaz teve sua estreia com a montagem da Ópera Bufa La Serva Padrona” de Pergolesi apresentando-se em Ribeirão Preto, Americana, Piracicaba, Campinas e Araraquara. No ano seguinte conquistou o “Prêmio Estímulo” da Secretaria Municipal de Cultura de Campinas com seu projeto de montagem da ópera A Flauta Mágica” de Mozart que previa, além da montagem completa, a realização de um espetáculo direcionado a crianças.

 

Sediada desde 1992 em Ribeirão Preto, a Cia. Minaz iniciou uma grande escola de canto onde crianças e jovens desenvolvem técnica e conhecimentos musicais sendo preparados para a formação universitária e para a vida profissional. São mantidos atualmente na Companhia, além de solistas e bolsistas de canto, dois corais infantis com 60 vozes cada, dois corais juvenis com 60 vozes cada, um coro lírico adulto com 70 vozes, um coro popular adulto com 70 vozes e um Madrigal com 20 vozes.

 

Os Corais e solistas da Cia. Minaz têm realizado concertos mantendo um vasto repertório tendo sido regidos por maestros como Abel Rocha, Roberto Minczuck, Claudio Cruz, Túlio Colacioppo, Norton Morozowicz, Victor Hugo Toro, Luiz Gustavo Petri, Mítia D’Acol entre outros. Têm em seu repertório montagens de óperas como A Flauta Mágica, Cavalleria Rusticana, Pagliacci, La Traviata, Elixir do Amor, Dido e Aeneas, Acis e Galatea, O Telefone, Basculho de Chaminé, Gianni Schicchi, Il Campanello, La Traviata, Trouble in Tahiti, espetáculos de ópera estúdio como “Barbeiro de Sevilha”CarmenA Flauta MágicaDon Giovanni” “Bodas de Fígaro.

 

Sua encenação da Cantata Carmina Burana de Orff, estreada em 2005 foi apresentada em anos consecutivos e transmitida por várias vezes pelo programa da TV SENADO “Quem tem medo de Música Clássica”. Produziu também musicais como a “Ópera do Malandro” de Chico Buarque, Hair, a Ópera Rock “Jesus Christo Superstar”, West Side Story, South Pacific e o festival Minaz Rock com repertório das bandas Beatles e Queen para coral e banda além dos shows Mamma Mia, Jovem Guarda, Tenores e Viola Enluarada.

 

Tem também em seu repertório diversos concertos e montagens realizadas com orquestras sinfônicas de Ribeirão Preto, Campinas, Americana, Franca, Santo André como Requiem, Missa da Coroação, Missa Brevis em D, Exultate Jubilate de Mozart, Missa em G de Schubert, Stabat Mater de Rossini, Chorus 10 de Villa Lobos entre outros.

A Cia. Minaz, com projeto aprovado pelo ProAC (Programa de Ação Cultural) do Governo do Estado de São Paulo para captação de recursos através do ICMS, inaugurou em 2009 o Teatro Minaz, onde acontecem desde então suas temporadas de óperas, de óperas estúdio, musicais, cursos, palestras e concertos e por onde circulam projetos como a série “Movimento Violão”, e diversos espetáculos em parceria com o SESC Ribeirão como Ballet Stagium, Festival Indie de Cinema, as séries “Resumo da Ópera” (palestras mensais sobre a história da ópera) e “Ópera e Outros Cantos” (Concertos e workshops com cantores líricos do Brasil e exterior).

 

 Em 2013 e 2014 e 2016 realizou seus primeiros festivais de ópera com montagens de óperas e ópera estúdio, oficinas e concertos com cantores nacionais e internacionais convidados.

Realiza em meio à sua temporada desde 2016 o Circuito Cultural SICOOBCOCRED apresentando espetáculos diversos de seu repertório em cidades do interior paulista e “Projeto Cantar” para crianças nas cidades de Sertãozinho, Viradouro e em Ribeirão Preto na instituição social Casa das Mangueiras. O Projeto Cantar através do PROAC desenvolve as oficinas de Canto Coral em duas instituições de Jardinópolis e em Cravinhos.

 

A Cia. Minaz foi Ponto de Cultura através de convênio com Governo Federal e Municipal de 2010 a 2012, respondeu pela curadoria musical do Auditório Claudio Santoro em Campos do Jordão em 2014 e 2015. Mantém suas temporadas através de projetos do Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (ProAC) e Lei Rouanet (PRONAC) tendo vencido editais com montagens de ópera para crianças e gravação de CD.

11 jul/19

Projeto AEAARP Cultural reúne artistas ucranianos para noite de músicas folclóricas russas

 

 

 

O projeto AEAARP Cultural, promovido pela Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Ribeirão Preto (AEAARP), promove uma noite típica russa amanhã, dia 11 de julho. Para a Noite Russa, a arquiteta Ercília Pamplona, responsável pelo projeto, convidou a família de músicos ucranianos Snizhana Dragan, Bogdan Dragan e Yuri Ponomaryov.

 

O evento contará com apresentação de músicas russas pela voz da cantora Shizhana Drahan, regente do coro da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto, com piano e clarinete pelo músico Bodgan Dragan, também clarinetista da Sinfônica, e acordeom de Yuri Ponomaryov.

 

No programa, serão apresentadas músicas folclóricas russas. A música russa que vem da cultura popular do povo russo é a base de toda a música profissional do país. As canções falam dos costumes e tradições do povo, contam episódios épicos, as tradições agrícolas e camponesas, o folclore das tribos eslavas que vivem no território russo etc. Além da conhecida música clássica, apresentada nos maiores teatros e pelos maiores músicos do mundo, a música folclórica tem um ritmo alegre, com canções bastante melódicas.

“Vamos apresentar uma seleção de ritmos variados para que o público conheça e aprecie a música do povo russo, que relata e representa toda a história e tradições do nosso povo, mas muitas vezes desconhecidas do Ocidente. O mundo todo conhece os grandes compositores clássicos russos, mas dificilmente conhece a música popular. Esperamos trazer um pedacinho da Rússia neste evento”, diz a regente e cantora Snizhana Drahan.

“Estamos diversificando, cada vez mais, a temática dos eventos deste projeto cultural para reunirmos vários públicos. Os eventos são destinados à toda a comunidade”, explica a arquiteta Ercília Pamplona, responsável pelo projeto AEAARP Cultural.

 

 

Sobre os músicos

Yuri Ponomaryov
Foi professor na Ucrânia. Em 1968 apresentou-se pela primeira vez como solista na Universidade de Nejin, na Ucrânia. Já se apresentou na Polônia, Inglaterra e França. Em 1983 realizou a turnê pela Europa junto a Orquestra Folclórica Russ, passando pela Espanha, Grécia, Malta e França. Antes de mudar-se para o Brasil, participou de três edições do Festival Internacional Auroras de Sofia, na Ucrânia. Hoje ele é regente de um coral russo em São Paulo, o único Brasil, condecorado pelo governo russo recentemente.

Snizhana Drahan
Graduada em Regência Coral na Ukrainian National Tchaikovsky Academy of Music, mestre em Musicologia pela Escola de Comunicações e Artes – USP. Estudou no Colégio Musical (Ucrânia), nível ensino médio, e ensino musical de nível técnico na Escola de Música de Uman, também na Ucrânia. Desde 2008 é coordenadora, regente e professora da Escola de Canto Coral da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto. No Brasil, fez doutorado na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP.

Bogdan Dragan
Ucraniano, filho de músicos, concluiu o estudo de clarinete no Colégio Musical, na Ucrânia, e se formou pela Academia Nacional de Música da Ucrânia P. I. Tchaikovsky, em Kiev, com as especializações: solista, regente de banda, músico da orquestra sinfônica e professor de clarinete. Em 1990, ganhou o primeiro prêmio no Concurso Nacional em Donetsk, em seu país. Fez cursos de piano, violão, saxofone, baixo e bateria. Trabalhou como clarinetista em várias instituições ucranianas, como: Teatro Pequeno de Ópera e Balé de Kiev, Orquestra de Câmara de Kiev, Orquestra Folclórica “Rídni Náspivy” e Quinteto de Sopros da Filarmônica de Kiev, até vir para o Brasil. Participou concursos e festivais na Europa, como Concurso Internacional de Música de Câmara, em Chmelnitsky (Ucrânia), onde ganhou com quinteto o Primeiro Prêmio, Concurso de Música de Câmara, em Paris, e o reconhecido Festival de Wagner, na Alemanha. Fez turnês pelos países da Europa, Ásia e da América Latina, participando de diversas gravações de CD. Em 1998, foi contratado pela Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto, onde permanece até hoje. Ao mesmo tempo, desenvolve um trabalho como arranjador, fazendo os arranjos e orquestrações para orquestras e outros grupos musicais.

14 nov/18

Está chegando um dos maiores eventos brasileiros da música sertaneja! Dia 08 de dezembro, Ribeirão Preto recebe o Ribeirão Country Fest. 

 

 

Serão  nove atrações musicais, que levarão o festival a mais de 12 horas de música, no Parque Permanente de Ribeirão Preto, e também conta com quatro camarotes, todos com serviço open bar sendo Exclusive Backstage, Golden, Prime e Brahma. 

 

 

Uma das grandes novidades é que o evento passou a fazer parte da agenda de eventos do Circuito Brahma Sertanejo. Segundo Matheus Calil, organizador do RCF, o objetivo é apresentar um novo mundo e novas experiências para os fãs do sertanejo. 

 

A programação promete! O público irá curtir shows de Henrique & Juliano; Diego & Arnaldo, Leo Santana; Zé Neto & Cristiano; Gusttavo Lima, que irá apresentar suas canções no novo DVD "O Embaixador", gravado na última edição da Festa do Peão de Barretos; João Neto & Frederico; Fiduma & Jeca; Day & Lara e Israel Novaes; além de DJs na abertura e no encerramento da festa.

 

                                                      

 

Os convites podem ser adquiridos pelos valores de R$ 160,00 a R$ 480,00 pelo site www.totalacesso.com ou nos pontos de venda físicos: Horses’s Ville, R&K Jeans e Elleva (Ribeirão Preto); Jocko’s (Sertãozinho); Transe Boutique (Cravinhos); Marisa Modas (Brodowski e Dogital Shop (Serrana).

 

Vale lembrar que a venda dos ingressos do Camarote Brahma é feita exclusivamente pela internet (www.totalacesso.com.br).

 

 

25 ago/18

Curso de Filosofia no Espaço A Coisa

postado por Juliana Sfair


Setembro, no Espaço A COISA:

Curso " O NASCIMENTO E A MORTE DO EGO NA FILOSOFIA & PSICANÁLISE com o Professor Luiz Marcos da Siva Filho.

Início: A partir do dia 15 de Setembro, sábados, das 10h às 12h.


O curso investigará a emergência e a crítica do Ego na História da Filosofia e na Psicanálise. A noção de Ego não existe no ser humano desde sempre, ela foi elaborada a partir da noção de “alma” ou psique em um momento histórico preciso. 
 
O Ego, como tema de reflexão filosófica, surge na Antiguidade Tardia, quando santo Agostinho escreveu a primeira autobiografia da história, as Confissões, mas suas condições de possibilidade repousam nas Filosofias Grega e Helenística. A partir de Agostinho, todavia, o Ego adquirirá contornos indissociáveis de uma noção de subjetividade, que terá emergência na Modernidade, bem como será demolido na obra de Nietzsche, na Filosofia Contemporânea, e na obra de Freud, na psicanálise, disciplina cujas condições de possibilidade de surgimento também se encontram na tradição filosófica que investigaremos. 
 
O curso, assim, será dividido em quatro módulos, com um total de 12 aulas.
Acesse o link e veja os módulos de cada aula: 
http://espacoacoisa.com.br/cursodefilosofia

Informações:
(16) 4141-2640
(16) 98261-7991 ( WhatsApp )





Rua: João Penteado, 167
Ribirão Preto/ SP 

so investigará a emergência e a crítica do Ego na História da Filosofia e na Psicanálise. A noçã de Ego não existe no ser humano desde sempre, ela foi elaborada a partir da noção de “alma” ou psique em um momento histórico preciso. 
 
 
 
O curso, assim, será dividido em quatro módulos, com um total de 12 aulas

 

Na próxima segunda-feira, 04 de junho, Ribeirão Preto vai conhecer o campeão da edição 2018 do Comida di Buteco. De 13 de abril a 06 de maio, o público visitou os 18 bares participantes do concurso, degustou e votou no seu petisco preferido. Agora, chegou a hora de saber quem leva o título de melhor buteco da cidade. O campeão desta oitava edição do concurso, disputará ainda o “Melhor buteco do país”, concorrendo com os ganhadores de todas as cidades participantes do Brasil.

Para chegar ao grande vencedor, foram avaliados os seguintes critérios: petisco, higiene, temperatura da bebida e atendimento. O primeiro correspondia a 70% do peso da nota e os restantes 10% cada um. Além do público, cada boteco também foi avaliado por um corpo de jurados. A apuração dos votos foi feita pelo Instituto Vox Populi.

O concurso foi criado em 2000, com a missão de TRANSFORMAR VIDAS ATRAVÉS DA COZINHA DE RAIZ – BOTECO EXTENSÃO DE SUA CASA. Pioneiro nesse segmento, em 2015 conquistou finalmente todas as cinco regiões chegou ao sul do país, fincando bandeira na última região onde ainda não era realizado. Assim, desde então ele pode ser, legitimamente, chamado de nacional!

O Campeão dos Campeões

Em junho, uma comissão de jurados escolhida, especificamente, para essa missão, vai visitar os 20 campeões para eleger o melhor dos melhores. Cada buteco vai receber três jurados, um da própria cidade e dois de outras cidades. É como se o Comida di Buteco tivesse duas etapas: eleição do melhor da cidade, envolvendo públicos e jurados e eleição do melhor do país validada por outra comissão de jurados que não participou da primeira etapa. O melhor Buteco do Brasil será revelado no mês de julho.



Após três anos rodando com as turnês de "Segue o Som" (2014) e do projeto intimista "Delicadeza", Vanessa da Mata volta com novidades ao público trazidas no mais novo CD e DVD "Caixinha de Música". Gravado ao vivo, em duas noites de maio, em São Paulo, o show, que tem direção musical do guitarrista Maurício Pacheco, reúne três novas canções da cantora e compositora matogrossense. Além da faixa "Caixinha de Música", que dá nome ao novo trabalho, ela ainda apresenta "Orgulho e Nada Mais" e "Gente Feliz", também registrada em faixa-bônus com uma das maiores revelações atuais da cena brasileira, o grupo Baiana System.



Canções que entraram no repertório do intimista "Delicadeza", em que Vanessa se apresentava amparada por piano, violão e guitarra, foram registradas agora nesse novo trabalho e também
fazem parte da nova turnê. É o caso de "Love Will Tear us Apart", clássico do grupo inglês Joy Division, e ainda "Mágoas de Caboclo" e "Vá Pro Inferno com Seu Amor", gravadas, respectivamente, por Orlando Silva e a dupla Milionário e José Rico.

Os grandes hits de Vanessa, que fizeram dessa cantora e compositora uma das maiores estrelas do mercado fonográfico brasileiro, também não poderiam deixar de estar em "Caixinha de Música". Entre elas, "Ai, Ai, Ai", "Amado", "Boa Sorte/Good Luck", "Não Me Deixe Só", "Ainda Bem", entre outras.





SERVIÇO

Show: Vanessa da Mata
Data: 13/05/18 – domingo
Local: Theatro Pedro II - Ribeirão Preto – SP
Inicio do 
show: 20h
 
 
 
Ingressos:
Na bilheteria do Theatro ou venda on-line:

https://ticketbrasil.com.br/show/5867-vanessadamata-ribeiraopreto-sp/
https://compre.ingressorapido.com.br/event/5837/d/24231
 
 

Evento também recebe Concurso da Queima do Alho com a participação de 12 comitivas


12 comitivas participam de concurso em busca do título de melhor comida estradeira. Divulgação


Um dia para celebrar a genuína cultura do interior. O tradicional Festival da Cultura Sertaneja, realizado pelo Ribeirão Rodeo Music, acontece no dia 22 de abril, domingo, a partir das 11h, com uma programação dedicada à música raiz e à culinária típica. O evento acontece no Parque Permanente de Exposições de Ribeirão Preto.

O destaque deste ano é a homenagem ao cantor e compositor Tião Carreiro. 25 anos após a sua morte, o artista – um dos mais tocados de todos os tempos no país - influencia fortemente toda a música sertaneja e os fãs deste segmento que tanto cresce no país. O Tributo a Tião Carreiro, 25 anos de Saudade contará com shows de artistas que fizeram parte da vida do músico. São eles João Mulato & Douradinho, Deley & Dorivam e Valdo Reis & Pratini. No repertório estarão os principais sucessos como "Pagode em Brasília", "Amargurado", "Rei do Gado", "Boi Soberano", entre outros.

Além disso, a homenagem terá a presença da viúva do músico Nair Dias e da filha Alex Marli Dias. A família levará para o Festival peças que contam sua história de vida e carreira. Uma loja oficial da marca do cantor também foi confirmada com diversos itens à venda para os fãs.

Queima do Alho e Cultura Sertaneja

Dentro da programação do Festival da Cultura Sertaneja do Ribeirão Rodeo Music acontece também o Concurso Queima do Alho que este ano reunirá 12 comitivas em busca do título de melhor comida estradeira.

A tradicional Catira, dança em que o ritmo musical é marcado pela batida dos pés e mãos dos dançarinos acompanhados de um violeiro, mulas "traiadas", carro de boi e berranteiros completam o ambiente que é todo dedicado à cultura sertaneja.

"Para nós do RRM , é emocionante poder preservar a cultura caipira e homenagear alguém que representa muito para todos. A nossa cultura é imortal e segue valorizada de geração para geração. Essa é a nossa paixão", comentou Matheus Calil, um dos organizadores do evento.

Ingressos e pontos de vendas

Os ingressos para o "Festival da Cultura Sertaneja – tributo a Tião Carreiro, 25 anos de saudade!" já estão à venda no estande do RRM localizado no Novo Shopping, na loja oficial no piso térreo do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto, na Chapelaria Garcia, Selaria Rio Pardo e site totalacesso.com. O valor é de R$ 40,00 (Valor sujeito a alteração sem aviso prévio).

Sobre o RRM

O Ribeirão Rodeo Music acontece no Parque Permanente de Exposições de Ribeirão Preto no dia 21 e de 27 a 30 de abril. A programação conta com rodeio e provas cronometradas além de shows musicais.

 

Confira a programação musical:

21/4 - Alok / Cleber e Cauan / Matheus e Kauan / JetLag
27/4 - Wesley Safadão / Ludmilla
28/4 - Henrique e Juliano / Felipe Araujo / Gusttavo Lima
29/4 – Juliano Cesar / Bar do Leo com o cantor Leonardo
30/04 - Jorge e Mateus / Simone e Simaria / Jefferson Moraes

17 abr/18



De 18 a 22 de abril acontecerá o 1º Festival de Teatro Lambe-Lambe de Ribeirão Preto.
Realizado pela Cia de Teatro Fantoccini, a ideia do festival é trazer para mais próximo da população uma das vertentes das Artes Cênicas, criada no Brasil, que é o Teatro Lambe-Lambe, realizando apresentações em espaços públicos, de livre acesso. Durante os dias do festival, cinco companhias de Teatro Lambe-Lambe de diferentes locais do país estarão apresentando mais de 10 espetáculos em suas caixas-teatro e também realizando oficinas gratuitas. 
 
Durante os cinco dias o Festival irá receberá os seguintes grupos: Cia. Mútua (Itajaí-SC), Grupo Girino (Belo Horizonte), Coletivo EmCaixa (Belo Horizonte), Grupo Teatro Lambe-Lambe da Bahia (Bahia) e as Caixeiras Cia. de Bonecas ((Brasília- DF).
 
O Teatro Lambe-Lambe, também conhecido como Teatro de Miniaturas, é uma linguagem de formas animadas que ocupam um espaço cênico mínimo formado por um pequeno palco confinado em uma caixa preta de dimensões reduzidas. Nesse espaço são apresentadas peças teatrais de curtíssima duração, que normalmente variam de 2 a 3 minutos, através da manipulação de bonecos, para um espectador por vez.
 
Essa técnica surgiu na década de 80, com as brasileiras Ismine Lima e Denise Di Santos, sendo considerada a mais nova geração de teatro de animação do mundo. A modalidade recebeu esse nome, pois sua forma de apresentação assemelha-se aos antigos fotógrafos lambe lambes que ocupavam as praças brasileiras nas décadas de 40, 50 e 60. Denise Di Santos é uma das participantes do 1º Festival de Teatro Lambe-Lambe de Ribeirão Preto trazendo para o evento o primeiro espetáculo do grupo criado em 1989.
 
Além das apresentações, o festival terá também duas oficinas. No dia 19/04, a Cia. Mútua, ministrará uma oficina abordando de forma teórica e prática os princípios básicos para a construção e montagem de caixas de teatro lambe-lambe. O grupo apresentará também um panorama histórico da arte, abordagem sobre técnicas de manipulação, construção de dramaturgia, confecção de bonecos e desenvolvimento da técnica e estética da caixa. E no dia 20/04, o Grupo Girino ministrará a oficina de Teatro de Papel, que abordará a introdução ao universo do Teatro de Animação em miniatura e a experimentação do papel como material expressivo, no qual os participantes terão a oportunidade de construir formas, bonecos e cenários em papel para experimentar a manipulação desses elementos, criando cenas curtas e desenvolvendo experiências cênicas e performativas tendo o papel como suporte artístico. As oficinas acontecerão na Cerâmica São Luiz, a partir das 09 horas e as inscrições podem ser feitas pelo link disponível na página do festival.
 
O 1º Festival de Teatro Lambe-Lambe de Ribeirão Preto é um projeto contemplado no Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo- Proac Edital 13/2017. Todas as apresentações são gratuitas.  
 
Confira a programação completa: 

18/04 – Cia. Mútua (Itajaí-SC)
Espetáculo:  “Missiva”, “Miragem” e “El Viaje” 
Local: Calçadão de Ribeirão Preto
Horário: 16 horas
 
19/04 – Grupo Girino (Belo Horizonte-MG)
Espetáculo: “Mini Teatros de Sombras” - “Coração Alado”, “Cotidiano” e “Isto não é uma caixa”
Local: Praça XV. 
Horário: 16 horas
 
20/04 – Coletivo EmCaixa (Belo Horizonte – MG)
Espetáculo: “O Divino Maravilhoso”, “Paraiso”, “3X4” e “A Caixa Misteriosa”. 
Local: Praça Carlos Gomes
Horário: 16 horas
 
21/04 - Grupo Teatro Lambe-Lambe da Bahia (Bahia-BA)
Espetáculo: Dança do Parto”
Local: Instituto Micael - Barracão Favela do Simioni
Horário: 15 horas
 
22/04 - Grupo Teatral As Caixeiras Cia. de Bonecas (Brasília- DF)
Espetáculo:  “Caixa de Mitos – Lendas do Brasil”
Local: Parque Maurílio Biagi
Horário: 10 horas
 
Oficinas 
19/04 – Oficina de Teatro Lambe-Lambe com Cia. Mútua
Local: Cerâmica São Luiz 
Horário: 09 horas 
Inscrição gratuita na página do Festival

Apresentação acontece dia 28 de abril, sábado, às 21 horas. Ingressos já estão à venda.



A Virazóm traz para Ribeirão Preto no dia 28 de abril, às 21h, o show “Caetano, Moreno, Zeca, Tom Veloso”, no Centro de Eventos RibeirãoShopping, que reúne o cantor Caetano Veloso e seus três filhos para um show acústico e familiar que celebrará grandes sucessos e a estreia de novas canções.

No show, músicas escolhidas pelos filhos estarão no repertório, entre elas como "Um canto de afoxé para o bloco do Ilê", “Leãozinho” e "Sertão", além de clássicas de Moreno e novas canções, inclusive escritas por Caetano. O show acústico contará apenas com os quatro em palco, já que o talento é comprovado geneticamente na família. 

“Há muito tempo tenho vontade de fazer música junto a meus filhos publicamente. Desde a infância de cada um deles gosto de estar presente. O show nasceu da minha vontade de ser feliz”, explica Caetano Veloso.

Pontos de venda:
Bilheteria do Centro de Eventos e site 
www.ingressorapido.com.br
Informações: 16. 3620-2266

SERVIÇO
Caetano, Moreno, Zeca e Tom Veloso
Data: 28 de Abril de 2018
Horário: 21h
Local: Centro de Eventos do RibeirãoShopping

Av. Cel. Fernando Ferreira Leite, 1540 - Jardim Califórnia, Ribeirão Preto/SP

Nova turnê do tributo começou em novembro com show comemorativo ao álbum ¨Que País é Este¨ - lançado em 1987.O espetáculo chega a Sertãozinho no próximo sábado (14/4), no Teatro Municipal, às 21h



O grupo “Somos Tão Jovens – Tributo Legião” se apresenta pela primeira vez em Sertãozinho, no interior de São Paulo, com o show especial “Que País é este – 30 anos”, em comemoração ao lançamento do álbum da banda em 1987 - que continua atualíssimo, com letras e canções que parecem refletir o Brasil de hoje. A apresentação acontece no dia 14 de abril de 2018, às 21h00, no Teatro Municipal. O show ainda trará, além das canções do disco, outros vários sucessos da Legião Urbana que marcaram o rock nacional.

A banda já está na estrada com o Tributo Legião desde 2016 e no segundo semestre de 2017 preparou o novo espetáculo, ensaiando os arranjos originais e cuidando de toda produção. O vocalista Sérgio Missão, conta que o grupo fez um forte trabalho de pesquisa para resgatar a história do lançamento do disco, bem como revisitar fatos históricos de um país que convivia com a inflação, que tinha ídolos como Oscar Schmidt e Nelson Piquet e que assistia à criação de uma nova ordem mundial com abertura política que anunciava o fim da União Soviética. “Naqueles tempos havia mais dúvida e mais problemas no nosso caminho, mas a gente nem ligava para isso. Todo mundo queria, mesmo, era se divertir. E o rock da Legião Urbana foi o combustível perfeito para toda a nossa geração.




“O objetivo da banda com esse show vai ser levar as pessoas para novembro de 1987, reproduzindo toda aquela atmosfera do final dos anos 1980. Para isso, vamos usar recursos cénicos, efeitos especiais e o melhor rock´n roll ao vivo pra promover essa volta no tempo”, explica Evandro Grili, violonista e guitarrista. Para ele, fazer esse show está sendo, de alguma forma, como voltar no tempo e ter de novo 15 anos. “O show ainda apresentará sucessos de outros discos da Legião. Depois que ‘Que País é Este’ for executado, do começo ao fim, a ideia é promover uma completa imersão no trabalho da banda de Brasília que conquistou corações dos jovens naqueles tempos”, completa.


O GRUPO
“Somos Tão Jovens”, formada para o tributo, estreou em 11 de outubro de 2016, no dia em que se completavam 20 anos da morte de Renato Russo. O show de estreia também aconteceu em Ribeirão Preto, no Theatro Pedro II. De lá para cá, o grupo se apresentou em inúmeras cidades do interior de São Paulo e também em Minas Gerais. Foram mais de 20 shows nesse período, sempre levando o melhor da música e da história da Legião Urbana aos públicos das mais variadas idades. Cidades como Franca, Rio Claro, Barretos, Bebedouro, Pirassununga, Araras, Cerquilho, Serrana e outras no Estado de São Paulo já receberam o espetáculo. Em Minas Gerais o tributo passou por Uberaba, Bandeira do Sul, e por Botelhos.

O “Somos Tão Jovens Tributo Legião” é formado por Sérgio Missão nos vocais, Sandro Resende nas guitarras, Evandro Grili nos violões e guitarras, Eduardo De Lucca no contrabaixo e caçula da banda, o baterista Victor Grili, de apenas 23 anos. Victor relata que “tem sido uma experiência fantástica navegar pelo universo da Legião Urbana e, de certa forma, ser alguém de uma geração seguinte passando o bastão daquele rock que não se faz mais hoje em dia para as pessoas da sua idade”.

OS 30 ANOS DO ÁLBUM
“Que País é este – 30 anos” - em novembro de 1987 o rock brasileiro via nascer aquele que seria um de seus discos mais importantes: a banda Legião Urbana lançava seu terceiro disco “Que País é Este”. Depois do sucesso dos dois primeiros LPs, a gravadora pressionou o grupo para o lançamento de um terceiro álbum. A banda nem tinha repertório para um terceiro disco, mas estava obrigada, por contrato, a fazer o trabalho. Foi então que Renato Russo teve a ideia de unir “velhas” canções, compostas no período de 1978 até 1987, dá época do Aborto Elétrico e do Trovador Solitário. Das nove faixas do álbum, apenas “Angra dos Reis” e “Mais do Mesmo” foram compostas para aquele disco. Havia até uma certa preocupação por parte da banda se aquelas canções não soariam desconectadas com tudo o que a Legião tinha feito até ali, especialmente depois do álbum “Dois”, em que todas as faixas foram sucessos consagrados. Mas, o disco explodiu e acabou se tornando um dos mais marcantes da música brasileira. Um verdadeiro marco para o rock brasileiro, que praticamente nascia naquela década de 1980. A censura, que agonizava, mas ainda existia, deixou sua marca no disco. “Faroeste Caboclo” e “Conexão Amazônica” foram liberadas, mas proibidas de tocar nas rádios. Foi o impulso que faltava para que o sucesso do álbum viesse de vez. O esporte preferido dos jovens no verão de 1987/1988 foi decorar uma música de letra quilométrica, que contava a história de João de Santo Cristo, um cara que tinha ido para “Brasília para falar com o presidente, para ajudar toda essa gente que só faz sofrer”. Era o retrato do povo brasileiro sofrido. O disco ainda traz a faixa título “Que País É Este”, de letra forte e atualíssima, além de “Química”, “Tédio com um T bem grande pra você”, “Eu sei” e outras. Canções com forte influência do punk rock inglês e também com uma pitada de folk. Uma mistura mais que perfeita.


SERVIÇO:
Show: Tributo “Somos Tão Jovens” – Que País é Este – 30 anos 
Data: 14 de abril de 2018 
Horário: 21h00
Local: Teatro Municipal
Endereço: 
Rua Washington Luiz, 1131 – Centro/ Sertãozinho / SP | (16) 3942-4115
Classificação: Livre
Link do show: 
https://www.youtube.com/watch?v=5W05UHA6-bM
INGRESSOS:
R$ 40,00 (inteiras)
R$ 20,00 (meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos)
À venda no site 
#TicketBrasil :
https://ticketbrasil.com.br/show/5910-tributoaolegiaourbana-sertaozinho-sp/ingressos/
Ponto de Venda na cidade: Uau Presentes – Fonte (16) 3524 5111