News

25 jan/21

Dr. Diogo Branco inaugura neste mês seu novo consultório, na cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

 

Especialista em Harmonização Facial, Dr. Diogo Branco chega em 2021 repleto de novidades. Seu novo consultório, localizado numa região nobre de RIbeirão Preto, acaba de ser inaugurado.

 

O consultório foi projetado pelo arquiteto Alexandre Sgobbi, e conta com peças clássicas e modernas, conforme pedido do próprio cirurgião Diogo Branco.

 

"A ideia é que o consultório chame atenção por sua beleza. A estética faz parte do meu trabalho, e deve estar presente em cada canto do meu consultório também. Para mim, é importante ter esse olhar também para o que é belo, nas coisas. Nesse sentido, o trabalho de um arquiteto se assemelha ao meu: temos que ter olhar para a simetria, para a proporção, para aquilo que agrada aos olhos de quem vê."

 

Para Dr. Diogo Branco, o consultório é um presente também aos seus pacientes. Segundo ele, ter um lugar mais confortável é uma forma de retribuir o carinho que recebe dos seus pacientes ao longo de todos esses anos de atendimento clínico.

 

O consultório do Dr. Diogo Branco fica em Ribeirão Preto, na Avenida Wladimir Meirelles. Para maiores informações, basta acessar o próprio instagram do Diogo Branco, que é @drdiogobranco e entrar em contato com sua secretária

 

#diogobranco #drdiogobranco #harmonizaçãofacial

Atividades gratuitas e abertas ao público serão transmitidas remotamente pela plataforma da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão, YouTube e Instagram nos dias 19 e 21 de janeiro

 

A programação da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, através do projeto 40tena Cultural, apresenta duas atividades na próxima semana: um bate-papo sobre o mercado editorial alternativo e independente e mais um encontro mensal do quadro fixo “Defenda seu Best”, que neste mês de janeiro terá a participação do escritor Alexandre Ribeiro, defendendo a obra de Mia Couto, “E se Obama fosse africano?”.

 

 Alexandre Ribeiro. Foto: Lucas Sampaio

 

A programação começa na terça-feira (19/01), às 20 horas, com a discussão sobre “Uma nova utopia: Editora Antofágica”, com um dos fundadores da Editora Antofágica, Rafael Drummond. No encontro, Drummond fará uma abordagem sobre o momento em que o mercado de editoras está passando e a própria história da editora Antofágica. “Mesmo um mercado em crise, é possível evoluir, ter êxito através de boas ideias e feeling”, comenta.

 

 Rafael Drummond

 

Para ele, o momento é do aparecimento de novos caminhos para contornar a situação de crise que o mercado atravessa. “Não acho que tudo isso seja uma nova utopia. Pelo contrário, é o momento de focar no trabalho e ter ideias boas, adaptando ao mercado atual e tentando fazer acontecer para que realmente aconteça”, explica.

 

A atividade será mediada por Ni Brisant, poeta e editor da Editora Selin Trovoar, e transmitida, ao vivo, pela plataforma da instituição (www.fundacaodolivroeleiturarp.com), YouTube (FeiraDoLivroRibeirao) e Instagram (@fundacaolivrorp), às 20 horas.

 

 

Defenda Seu Best

A segunda atividade da semana será realizada na quinta-feira (21/01), às 19h, nas plataformas da Fundação do Livro e Leitura – Instagram, YouTube e site. O quadro fixo da 40tena Cultural, “Defenda seu Best”, terá a participação do escritor Alexandre Ribeiro que escolheu a obra de Mia Couto, “E se Obama fosse africano?”. O encontro ao vivo será mediado pela produtora cultural, Priscila Prado.

 

 

“Já li outras duas obras do Mia Couto e quero levar essa ideia sobre o que é literatura. A obra tem uma proximidade com o período atual”, revela Alexandre Ribeiro que tem a expectativa de conduzir um bate-papo descontraído e leve, mas que expresse a profundidade da obra. Segundo ele, o livro aborda assuntos como países periféricos no mundo, o papel do idioma, racismo, colonialismo etc. “Que o público venha de coração aberto, sem nos levar muito a sério, pois com essa ideia em levar tudo a sério, acabamos tropeçando no ego. A literatura é esse abraço: de peito aberto, são portas e caminhos que podemos entrar”, desabafa o escritor.

 

SERVIÇO:

 

Bate-Papo: “Uma nova utopia: Editora Antofágica”
Com Rafael Drummond (fundador da Editora Antofágica) e mediação de Ni Brisant (poeta e editor da Selin Trovoar)
Data: 19 de janeiro (terça-feira)
Horário: 20h
Plataformas de exibição: Instagram (@fundacaolivrorp), YouTube (FeiraDoLivroRibeirao) e site da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto (www.fundacaodolivroeleiturarp.com)

 

 

“Defenda seu Best – ‘E se Obama fosse africano?’, de Mia Couto”
Com Alexandre Ribeiro (escritor) e mediação de Priscila Prado (produtora cultural)
Data: 21 de janeiro (quinta-feira)
Horário: 19 horasPlataformas de exibição: Instagram (@fundacaolivrorp), YouTube (FeiraDoLivroRibeirao) e site da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto (www.fundacaodolivroeleiturarp.com)

 

O projeto 40tena Cultural

O projeto 40tena Cultural, que começou em março de 2020 com uma programação consecutiva, já realizou mais de 100 atividades e interagiu com mais de 38 mil pessoas. O 40tena Cultural, realizado pela Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, tem como proposta incentivar as pessoas a ficarem em casa durante o período de isolamento social, em virtude da pandemia do coronavírus (Covid-19). Semanalmente, são divulgadas atividades que abrangem desde as transmissões ao vivo com artistas e convidados até contação de histórias para crianças, shows, dicas e discussões de livros. Para acompanhar a programação semanal, basta acessar as redes sociais da Fundação do Livro e Leitura:

Instagram (@fundacaolivrorp)
Facebook (facebook.com/FundacaodoLivroeLeituraRP)
Linkedin (fundacaolivrorp)
Twitter (@FundacaoLivroRP)
Youtube (FeiraDoLivroRibeirao)
Plataforma www.fundacaodolivroeleiturarp.com

Sobre a Fundação

A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade. Hoje, é considerada a segunda maior feira a céu aberto do país. Em 2020, a Feira tornou-se internacional e entraria na 20ª edição. Por isso, recebeu recentemente nova identidade, apresentando-se como FIL (Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto), mas sua realização foi remarcada para agosto de 2021, devido à pandemia do novo Coronavírus.

Com uma trajetória sólida e projeção nacional e agora internacional, ao longo de seus 20 anos, a entidade ganhou experiência e, atualmente, além da Feira, realiza muitos outros projetos ligados ao universo do livro e da leitura, com calendário de atividades durante todo o ano. A Fundação se mantém com o apoio de mantenedores e patrocinadores, com recursos diretos e advindos das leis de incentivo, em especial do Pronac e do ProAc.



 

O evento, reúne trabalhos de renomados profissionais de arquitetura, design de interiores e paisagismo, realizado em um formato híbrido aperfeiçoando a experiência do público

 

Espaço "Varanda Conexão" de Adriana Fontana. Crédito: Felipe Araujo

 

 

A implantação de inovações tecnológicas como imagens em 3D, anuários em versão digital e ações de comunicação por meio de diferentes plataformas, entre outras ferramentas, conquistou o público do projeto JANELAS CASACOR Ribeirão Preto, que acontece até domingo, dia 20 de dezembro, em Ribeirão Preto.

 

Espaço Des(continuo) de Eduardo Franco. Crédito: Felipe Araujo

 

De acordo com Maurício Siqueira, organizador do JANELAS CASACOR Ribeirão Preto, o formato adotado na edição de 2020 demonstra a capacidade de inovação da mostra que representa uma referência na apresentação de tendências.

"O retorno está sendo superpositivo nas visitações online e presencial, principalmente, porque está sendo um formato inovador e democrático, que possibilita a visitação de todos interessados em ver os ambientes e conhecer a proposta da CASACOR Ribeirão Preto", afirma Siqueira.

 

Espaço "Relaxar, Recarregar, Reconectar" de Juliana Affini e Patricia Makhoul. Crédito: Felipe Araujo

 


O organizador do projeto revela ainda que o formato híbrido impulsionou o número de seguidores nos canais digitais e permitiu uma aproximação e interação mais ampla entre o público, a organização e os profissionais envolvidos no projeto.

 

Espaço "Estação Gourmet Deca" de Ana Paula Guimarães e Thiago Manarelli. Crédito: Felipe Araujo

 

"O acesso digital fortaleceu bastante e tivemos grande registro de visitantes de cidades da região e de Minas Gerais. Nossa ideia é manter essa experiência nas próximas edições como uma forma de impulsionar negócios", reforça Mauricio.

 

Últimos dias

O público pode conferir os diversos ambientes que integram o projeto JANELAS CASACOR Ribeirão Preto, até domingo (20/12), que está em exposição com quatro espaços no Shopping Iguatemi Ribeirão Preto e dois no Espaço de Negócios da Perplan. Ainda é possível fazer um tour completo on-line pelo site www.janelascasacor.com.

Os ambientes do projeto combinam recursos tecnológicos e digitais, com QR codes para o visitante ter uma experiência mais completa, garantindo a segurança e o distanciamento exigidos pelo momento.

 

Espaço "Equilíbrio" de Mônica Costa. Crédito: Felipe Araujo

 

Janelas CASACOR Ribeirão Preto
Data: de 16 de novembro e 20 de dezembro
Locais:


- Shopping Iguatemi Ribeirão Preto
Av. Luiz Eduardo Toledo Prado, 900 - Vila do Golfe

- Perplan/ Central de Negócios
Rua: Giuseppe Cilento, 1881 - Jardim Botânico

Horários:
- Shopping Iguatemi Ribeirão Preto: de segunda a sábado das 12h às 22h ; domingos e feriados das 12h às 20h
- Perplan/Central de Negócios: de segunda a domingo das 8:30 às 19h - às quintas-feiras até 22h.

*Evento Gratuito

Em dezembro, a Etus Brasil também participa do Digitalks Global Summit

 

André Patrocínio, CEO da Etus Brasil
Divulgação

 

A pandemia trouxe diversas mudanças no cenário mundial: padrões de comportamento e hábitos, que antes pareciam tão fixados na nossa rotina, sofreram muitas transformações. Com a adoção do trabalho remoto, e de novas experiências de compra, muitas empresas buscaram expertises e caminhos inovadores para não apenas sobreviver, mas prosperar em meio à crise.

 

Para continuar oferecendo suporte aos profissionais que buscam conhecimento, inovação e criatividade empresarial, muitos eventos de marketing digital passaram a ter o formato online. Como é o caso da 4ª edição do Etus Talk que acontece no dia 10 de dezembro, a partir das 15h.

 

O evento realizado pela Etus Brasil, uma das maiores plataformas de marketing da América Latina, que nasceu e possui sede em Ribeirão Preto,  tem o objetivo de fortalecer profissionais e empreendedores através de palestras e painéis voltados ao mundo dos negócios, marketing digital, histórias de sucesso e tendências com insights de criatividade, motivação e inspiração.

 

“Queremos compartilhar nossas experiências de forma 100% gratuita e acessível para todos”, revela André Patrocínio, fundador e CEO da Etus Brasil e diretor da Associação dos Profissionais de Propaganda (APP).

André ministrará a palestra “Reinvente nas Redes Sociais”. Na ocasião ele irá falar sobre a importância da inovação e as principais tendências de redes sociais para quem quer se destacar aos olhos dos consumidores.

Além do especialista de marketing, a programação contará com as palestras de Renato Lahud (Paypal Head of Sales) e Thiago Mazeto (CMO), e um painel sobre redes sociais com Marcelo Antonioli (Digital Marketing Consultant), Rodrigo Maciel (Head of Academy) e Valter Rito (Estrategista Digital). O mediador do painel será Lucas Vasconcelos, Head of Custumer Succes da Etus Brasil.

O publicitário e presidente da APP Ribeirão Preto, Eduardo Soares e a Head Marketing da Etus, Marília Dovigues serão os mediadores do evento.

 

Participação no Digitalks Global Summit

O Digitalks Brasil e o Digitalks Portugal se uniram em um novo conceito de evento totalmente digital e gratuito, o Digitalks Global Summit, que acontece em 15 e 16 de dezembro. O formato inédito conectará negócios, tecnologia e pessoas de todo o mundo em dois dias de muito networking e conteúdos voltados para inovação e novos negócios digitais.

 

Com uma excelente grade de palestras, o evento internacional terá quatro momentos especiais: Digitalks Expo 2020|Portugal, Digitalks Executive, Digitalks Global Experience e Prêmio Digitalks.

A programação terá cerca de 50 palestrantes nacionais e internacionais para comentar tendências e curiosidades do novo mercado e economia digital, entre eles André Patrocínio, fundador e CEO da Etus Brasil, Bruno Oliveira, head de inovação e novos negócios na Nestlé; Cauê Sanchez, gerente de marketing da Cacau Show; Claudia Mendes Silva, project manager na Siemens; David Whittaker, diretor executivo da Marketdata; Inês Condeço, diretora de marketing e comunicação da Fnac; Pedro Pinto Lourenço, diretor business applications da Microsoft, entre outros.

 

As inscrições para a 4ª edição do Etus Talk e Digitalks Global Summit já estão abertas por meio dos sites: http://materiais.etus.com.br/etus-talks-04 e https://digitalks.pt/expo/.

Projeto artístico acontecerá no Campus do Moura Lacerda

 

 

No dia 06 de dezembro, o Campus do Centro Universitário Moura Lacerda será palco da 7ª edição do “Cristiane Hikiji Convida”, um festival de dança em formato drive-in que contará  com a colaboração de professores e profissionais de dança e apresentará diversos ritmos e estilos como, ballet clássico e contemporâneo, hip hop, tango, dança do ventre, flamenco, dança de salão entre outros.

 

 

A idealização é da médica e bailarina Cristiane Hikiji, que há sete anos, organiza o espetáculo com o propósito de arrecadar brinquedos para distribuir para crianças carentes. Mais de 6000 crianças já foram beneficiadas com a iniciativa. Neste ano, o evento está sendo organizado pela empresa ETC Produções.

 

 

De acordo com Cristiane, a união de forças possibilitará a ampliação do número de beneficiados. “Natal é época de fé, esperança, renovação e presentes, pois é quando a garotada aguarda a vinda do Papai Noel. Por isso, é um prazer enorme ter a oportunidade de transformar o natal das crianças que estão em situação de vulnerabilidade social. Juntos podemos tornar realidade essa tradição que vive no imaginário delas”, diz.

 

 

Para Yvi Mishima, produtora do evento, além de promover a solidariedade, a ação colabora para que o público participe de uma noite cultural seguindo todas as recomendações necessárias. “Nesse momento tão difícil que estamos vivendo é muito gratificante entreter e ao mesmo tempo ajudar”, afirma.

 

No Campus, haverá a presença de food trucks para os apreciadores da boa gastronomia. A apresentação também será transmitida pelo canal do YouTube Cristiane Hikiji Convida e Fornay Kithce, a partir das 19h. Durante o evento, será disponibilizado um QR Code para arrecadar fundos. Parte da renda será destinada para o projeto “Natal Solidário” do Centro Universitário Moura Lacerda, que também tem como objetivo ajudar crianças carentes.

 

 

Para conferir a atração, o público deve estar de máscara e acomodados em carros com lotação máxima de quatro pessoas. O ingresso para o evento será um brinquedo por passageiro do veículo. A abertura dos portões será às 18h com a recepção da banda Eles e Elas e Jack Dancer.

 

O festival já conta com o patrocínio da Weclix Telecom, Campus Moura Lacerda, Focco Comunicação Estratégica, Bionuclear, Unimed e do Escritório Sanches & Sanches.

 

 

Serviço:

7ª edição do “Cristiane Hikiji Convida”

Dia: 6/12/2020

Horário: abertura dos portões às 18h com a recepção da banda Eles e Elas e Jack Dancer

Local: Campus do Centro Universitário Moura Lacerda

O mês chega com a abertura do Hard Rock Cafe em Ribeirão Preto, a quarta unidade da rede internacional no Brasil. A abertura, em soft opening, ocorre no dia 01 de dezembro.

 

Mesas e cadeiras estão seguindo a distância segura recomendada e a capacidade está reduzida. Divulgação

 

Instalada na Arena Eurobike - complexo arrojado e inovador - a experiência da casa para o público será completa e une a já consagrada mistura de música, entretenimento, itens icônicos e a autêntica comida norte-americana.

O Hard Rock Cafe Ribeirão Preto funcionará seguindo os decretos da prefeitura municipal, operando com capacidade de 40% para evitar aglomerações. O restaurante abre de terça-feira a domingo das 12h às 15h e das 17h às 22h e a Rock Shop nos mesmos dias, das 12h às 22h.

 

Como medida de prevenção ao coronavírus, será seguido o rigoroso e premiado programa 'SAFE + SOUND', desenvolvido por uma equipe de especialistas e de acordo com as recomendações de autoridades mundiais em saúde e saneamento, como Ecolab e NSF, a OMS e o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC).

Entre as medidas adotadas estão o uso obrigatório de máscaras por todos os frequentadores; aferição de temperatura, tapetes sanitizantes para a desinfecção dos solados de calçados nas entradas, reforço das rotinas de limpeza, álcool em gel à disposição para uso constante, distância segura entre mesas, além de cardápio digital e uso de luvas, face shield e máscara pelos funcionários da casa.

 

Hard Rock Cafe Ribeirão Preto conta com sinalização especial para orientar publico sobre as medidas de segurança. Divulgação

 

"Estamos acompanhando de perto a situação da cidade durante estes últimos meses, bem como as determinações e anúncios das autoridades. Nos empenhamos e traçamos estratégias minuciosas para abrir a casa de uma forma segura para nossos clientes, funcionários e parceiros, com todo cuidado necessário que o momento exige, seguindo padrões nacionais e internacionais", comenta Rodrigo Furquim, Gerente Geral do Hard Rock Cafe Ribeirão Preto.

 

 

Para obter informações adicionais sobre a marca Hard Rock Cafe, visite https://www.hardrockcafe.com/ 

 

 

SERVIÇO
Hard Rock Cafe Ribeirão Preto
Data: a partir de 01 de dezembro (terça-feira)
Funcionamento: de terça-feira a domingo
Horário: Restaurante das 12h às 15h e das 17h às 22h; Rock Shop das 12h às 22h
Local: Arena Eurobike no Estádio Santa Cruz

Projeto acontece na cidade até o dia 20 de dezembro, no Shopping Iguatemi e no Espaço de Negócios da Perplan

 

Foto: Felipe Araujo

 

O clima, os espaços generosos das casas e apartamentos, as facilidades de um centro cosmopolita mesclado ao sentimento de cidade do interior são as principais características que podem ser identificadas nos ambientes, assinados por renomados profissionais, do projeto JANELAS CASACOR Ribeirão Preto.

 

As arquitetas Juliana Affini e Patricia Makhoul que desenvolveram o espaço "Relaxar, Recarregar, Reconectar", apontam que o ambiente possui diversos aspectos envolvendo as características de Ribeirão Preto como o clima quente, a dimensão dos empreendimentos e as facilidades de um grande centro aliadas à qualidade de vida de uma cidade do interior.

 

"Em Ribeirão as casas e apartamentos tem um espaço privilegiado, o que permite projetar ambientes multifuncionais integrados para os momentos de relaxamento e conexão", afirma Juliana Affini. A profissional revela ainda que as cores do ambiente buscam promover um frescor, já que é uma cidade conhecida pelas altas temperaturas. "A base clara do espaço remete a esse relaxamento e conforto. Assim, valorizamos peças de designer brasileiro que se integraram perfeitamente ao conceito", comenta a arquiteta.

 

Foto: Felipe Araujo

 

Já as características dos espaços urbanos e as referências de cidade do interior, como os jardins amplos e as árvores frutíferas dos quintais da "casa da avó" são os principais aspectos do espaço "Equilíbrio", desenvolvido por Monica Costa, que fazem referência às peculiaridades de Ribeirão Preto.

 

"A maior evidência de relação do ambiente com a cidade é um lugar de sombra, que tem as jabuticabeiras, pedrinhas no chão e frutas para colher ao lado da poltrona confortável. Imaginei um quintal ou uma varanda de apartamento com plantas em vasos para ter frescor e uma horta com temperos e chás para poder colher fresquinhos", conta Monica Costa. Segundo a paisagista a proposta de seu ambiente é o equilíbrio entre a natureza e homem e a relação com a cidade para criar esse refúgio parecido com quintal de avó. "É uma saída para o estresse e para brincar com as crianças. É um jardim para sempre", afirma Monica.

 

Todos os ambientes do projeto JANELAS CASACOR estão em exposição, até o dia 20 de dezembro, no Shopping Iguatemi Ribeirão Preto, no Espaço de Negócios da Perplan no Jardim Botânico, e por meio do site https://www.janelascasacor.com . Na visitação presencial, o público ainda tem a oportunidade de acessar outras informações por meio de conteúdos online disponibilizados por QR Codes.

 

 

SERVIÇO:
JANELAS CASACOR Ribeirão Preto
Data: Até 20 de dezembro

Locais:
- Shopping Iguatemi Ribeirão Preto - Av. Luiz Eduardo Toledo Prado, 900 - Vila do Golfe
- Espaços de Negócios da Perplan - Rua: Giuseppe Cilento, 1881 - Jardim Botânico


Horários:
- Shopping Iguatemi Ribeirão Preto: de segunda a sábado das 12h às 22h ; domingos e feriados das 12h às 20h
- Espaço de Negócios da Perplan: de segunda a domingo das 8:30 às 19h - às quintas-feiras até 22h.

Evento Gratuito

23 nov/20

Nova unidade chega à cidade já com o novo design da marca e tecnologia de ponta

 

foto: HRI

 

O Hard Rock® apresenta a Ribeirão Preto sua já consagrada combinação de música, entretenimento, mercadorias icônicas e a autêntica comida norte-americana. Turistas e visitantes locais poderão conhecer o novo estilo de design e tecnologia de ponta da marca no Hard Rock Cafe® Ribeirão Preto, localizado na Arena Eurobike, arrojado complexo e Estádio situado no Bairro de Santa Cruz.

 

"Estamos entusiasmados em trazer o Hard Rock Cafe para Ribeirão Preto de uma forma que os visitantes desta área nunca experimentaram antes", diz Anibal Fernandez, vice-presidente de Operações e Desenvolvimento de Franquias da Hard Rock International. "Abriremos nossas portas com o rigoroso e premiado programa 'SAFE + SOUND' desenvolvido por uma equipe de especialistas em hospitalidade em colaboração com autoridades mundiais em saúde e saneamento, como Ecolab e NSF, contemplando orientações de importantes agências, como a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC). Estamos ansiosos para receber os fãs do Hard Rock."

 

Foto: Luíz Flavio Bezerra

 

Os visitantes do Hard Rock Cafe Ribeirão Preto já poderão desfrutar da mais extensa atualização do menu do Hard Rock na história da empresa, apresentando mais de 20 novos itens. Deste novo menu é possível destacar os premiados steakburgers, como The Original Legendary® Burger e Double Decker Double Cheeseburger, Milkshakes instagramáveis, Sliders e combinados perfeitos para convidados que queiram criar o seu próprio line-up.

 

A nova unidade em Ribeirão Preto é composta por uma arquitetura moderna com 620 lugares em dois andares, duas salas privativas para eventos, palco e um exclusivo deck para a arquibancada do Estádio. A decoração inclui também uma seleção de memorabilia, itens originais pertencentes a ícones da música. Dentre eles, instrumentos como uma guitarra que pertencia a Paul McCartney e um baixo saído da coleção de Gene Simmons da banda KISS. Outros itens incluem um moletom de Ozzy Osbourne e um disco de ouro que certifica o álbum "Let It Be" dos Beatles.

 

A Rock Shop® do Hard Rock Cafe Ribeirão Preto oferecerá itens inspirados pela música, assim como mercadorias ​​da grife Hard Rock Cafe. Os fãs podem adquirir mercadorias específicas para Ribeirão Preto, como as cobiçadas camisetas e pins colecionáveis, na loja.

O Hard Rock Cafe Ribeirão Preto é a mais nova adição à Arena Eurobike, uma estrutura multiuso e inigualável para a região. Além de um estádio com capacidade para 15 mil pessoas, o complexo oferece opções gastronômicas, de entretenimento, esportes e lazer. Além do deck para arquibancadas, as paredes de vidro do piso principal proporcionam aos visitantes do Hard Rock Cafe uma vista privilegiada para ao estádio, perfeita para ampliar a experiência dos disputados jogos de futebol e shows.

Desde sua fundação em 1971, o Hard Rock está comprometido com uma ampla variedade de causas e atividades filantrópicas em todo o mundo. Em todas as cidades do Hard Rock, a equipe cria uma parceria valiosa à comunidade e o Hard Rock Café Ribeirão Preto busca dar continuidade a essa tradição.

Para comprar mercadorias do Hard Rock Cafe, visite a Rock Shop online em https://shop.hardrock.com. Para obter informações adicionais sobre a marca Hard Rock Cafe, visite https://www.hardrockcafe.com/ .

 

SERVIÇO

Inauguração Hard Rock Cafe Ribeirão Preto

Data: 01 de dezembro (terça-feira)

Local: Arena Eurobike, no Estádio Santa Cruz

Sobre o Hard Rock®:

Hard Rock International (HRI) é uma empresa reconhecida mundialmente, com unidades proprietárias, licenciadas ou gerenciadas em 248 localidades, distribuídas em mais de 70 países, constituídas por Hotéis, Cassinos, Rock Shops®, Cafes e espaços para shows Hard Rock Live. A partir de uma guitarra de Eric Clapton, Hard Rock possui a coleção de memorabilia da música mais valiosa do mundo, com mais de 83.000 peças em exibição em todas as suas unidades. Em 2020, a Hard Rock International foi apreciada como uma das Melhores Empregadoras pela Diversidade e Melhores Empregadores para Mulheres da Forbes Magazine. Hard Rock foi reconhecida, pelo segundo ano consecutivo, como uma das marcas de hotel de melhor desempenho no Estudo de Satisfação de Hóspedes em Hotéis da América do Norte em 2020 da J.D. Power. Os destinos da HRI estão localizados nas principais cidades de acesso internacional do mundo, incluindo suas duas bem-sucedidas propriedades carro-chefe na Flórida, lar do primeiro Guitar Hotel®️ do mundo, no sul da Flórida, onde sua sede está localizada. A marca é propriedade da entidade controladora da HRI, The Seminole Tribe of Florida. Para mais informações sobre a Hard Rock International, visite www.hardrock.com ou shop.hardrock.com.

 

Michelangelo Giampaoli, PhD do departamento de antropologia da Universidade de Illinois, em Chicago (EUA), discute o tema junto com a historiadora Lilian Rosa, durante atividade que faz parte da Jornada Cidade Humana Hoje, nesta 5ª feira, às 19 horas

 

Nesta quinta-feira (12/11), às 19 horas, o Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais (IPCCIC) promove mais uma atividade on-line. O tema do encontro será “Acesso à Cultura rumo à Cidade Humana” com a participação de Michelangelo Giampaoli, PhD no departamento de antropologia da Universidade de Illinois, em Chicago (EUA), e Lilian Rosa, presidente do IPCCIC. A discussão será transmitida pelo Instagram do Instituto (@IPCCIC).

 

Um dos assuntos centrais da discussão será sobre o papel da cultura no paradigma de transformar as cidades em locais que ofertam qualidade de vida em diversas áreas. “Falar sobre acesso a cultura durante esse momento, em que a pandemia colocou o setor da produção cultural em crise, é o momento fundamental para discutir o tema”, alerta Lilian Rosa, historiadora e pesquisadora do IPCCIC, que fará a mediação do debate.

 

 

Para ela, a atividade fará com que as pessoas reflitam sobre a importância da cultura na qualidade de vida das cidades, principalmente, como o acesso à cultura pode influenciar nos aspectos da desigualdade social. “Se nós pensarmos na cultura como modo de vida, é fundamental que ela esteja na base das estratégias de planejamento de políticas públicas de uma cidade que projeta ser humana”, afirma a presidente.

 

Para o convidado, Michelangelo Giampaoli, o tema tem uma importância especial para os brasileiros, onde muitas pessoas perderam o emprego ou tiveram o salário reduzido por conta da pandemia. “Dificilmente terá alguém com dinheiro que possa ser usado para a educação e cultura. Portanto, é importante pensar o que pode ou não ser acessado sem a necessidade de pagamento”, comenta o antropólogo, destacando que há a necessidade de valorizar o espaço público, para que todos se sintam acolhidos.

 

 

Michelangelo Giampaoli possui mestrado em Conservação do Patrimônio Cultural - Università degli Studi di Perugia (2004), mestrado em Ciências Antropológicas - Università degli Studi di Perugia (2006), doutorado internacional em Etnologia-Antropologia - Università degli Studi di Perugia e Université de Paris Ouest - Nanterre La Defense (2010) revalidado em 2014 como doutorado em Antropologia Social na Universidade Federal de São Carlos - UFSCar), pós-doutorado na área da saúde coletiva, pelo Dipartimento Uomo & Territorio da Università degli Studi di Perugia (2014) e pós-doutorado na área da antropologia urbana, realizado na UNESP/CNPq (2016). Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Urbana, Antropologia Médica e da Saúde e no estudo das políticas e práticas de saúde coletiva. Também dedica-se ao estudo da relação entre o homem e a morte a partir da análise dos espaços funerários, publicando em português, italiano, inglês e francês. É membro do "Grupo de trabalho sobre antropologia urbana, desigualdades e saúde no Brasil", do Departamento de Filosofia, Ciências Sociais, Humanas e da Formação (FISSUF) da Universitá degli Studi di Perugia (Itália).

 

Sobre o IPCCIC

É um instituto sediado em Ribeirão Preto e tem como objetivo estudar a realidade das cidades brasileiras e a partir de diagnósticos específicos, com base nas referências culturais dos locais, criar programas de ações integradas entre Poder Público e sociedade para a transformação das cidades em lugares mais humanos. A meta do Instituto é criar Redes de Gestão Cooperadas entre cidades ligadas geográfica e/ou culturalmente.


A equipe do instituto é formada por historiadores, economistas, produtores de audiovisual, professores, arquitetos, cientista da cultura, cineastas, psicóloga, analista internacional, turismóloga, gestora ambiental, cientista social, cientista política e advogados. Ao todo são 23 profissionais que atuam no IPCCIC. Todos são fontes aptas para atendimento à imprensa e dominam assuntos variados que envolvem os cenários das cidades e suas identidades culturais.

 

 

 

 

Encontro on-line, promovido pelo IPCCIC, será às 19h pelas redes sociais, e conta com a participação de Fábio Mariz Gonçalves, professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP)

 

 Nesta quarta-feira (14/10), o IPCCIC - Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais promove o último encontro on-line do circuito “Jornada Cidade Humana Hoje - Seis passos para a cidade humana”. O debate terá como tema central “O lugar da rua na cidade humana”,  com a participação arquiteto e professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP), doutor Fábio Mariz Gonçalves, e da doutora em História da Arte e pesquisadora do IPCCIC, Maria de Fátima Mattos. A live acontece às 19 horas, no Instagram do instituto (@ipccic).

 

 

As discussões do encontro serão concentradas, na vitalidade e importância das ruas tanto comerciais quanto as que guardam histórias para a cidade. “Quero contribuir com o entendimento da importância da vitalidade dos espaços públicos e suas múltiplas atividades, garantindo que esses espaços sejam transformadores, impactados e recuperados, sem perder sua potência e significado”, explica o professor convidado Fábio Mariz Gonçalves.

Segundo o professor, neste período de pandemia, o mundo mostrou a importância dos espaços e da vida pública, através da experimentação da falta desses locais na vida das pessoas. “Grande parte da população brasileira não pôde ficar em quarentena, pela dependência das estratégias de ganho e subsistência desses espaços”, comenta.

 

 

Já a pesquisadora do IPCCIC, Maria de Fátima Mattos, acrescenta um outro fator importante que é a coletividade. “É na rua que você troca as suas impressões, onde se dão as trocas nas relações pessoais e de vizinhança. A pesquisadora destaca também um problema enfrentado na quarentena: a falta de relacionamento com o outro - o toque, até mesmo as formas de cumprimentos ou mesmo, de olhares e sorrisos. “A falta disso foi um fator de depressão para a maioria dos idosos que estão dentro de casa na quarentena, e também mais jovens. Voltar a frequentar a rua do bairro, rever pessoas faz parte de uma medida profilática de saúde mental, tão necessária neste momento”, alerta.

O encontro faz parte do projeto “Jornada Cidade Humana Hoje - Seis passos para a cidade humana”, que já discutiu temas como suicídio, identidade cultural e saúde pública. Os encontros são on-line e ao vivo, pela rede social do Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais (@ipccic).

 

Sobre o IPCCIC

É um instituto sediado em Ribeirão Preto e tem como objetivo estudar a realidade das cidades brasileiras e a partir de diagnósticos específicos, com base nas referências culturais dos locais, criar programas de ações integradas entre Poder Público e sociedade para a transformação das cidades em lugares mais humanos. A meta do Instituto é criar Redes de Gestão Cooperadas entre cidades ligadas geográfica e/ou culturalmente.

A equipe do instituto é formada por historiadores, economistas, produtores de audiovisual, professores, arquitetos, cientista da cultura, cineastas, psicóloga, analista internacional, turismóloga, gestora ambiental, cientista social, cientista política e advogados. Ao todo são 23 profissionais que atuam no IPCCIC. Todos são fontes aptas para atendimento à imprensa e dominam assuntos variados que envolvem os cenários das cidades e suas identidades culturais.

 

Durante o mês de outubro, além da fachada iluminada na cor rosa, o empreendimento traz a exposição de uma peça que representa uma mulher em tratamento

 

 

Para marcar o Outubro Rosa, o RibeirãoShopping, além de iluminar toda a fachada na Avenida Presidente Vargas na cor rosa, traz uma escultura inspirada em história de paciente com câncer de mama. Durante todo o mês, os visitantes que passarem pelo Centro Médico RibeirãoShopping podem apreciar, gratuitamente, a peça de torso que representa uma mulher em tratamento.

 

A obra faz parte da exposição Inspiração Pink, que ao lado do projeto Artemisa, ambos executados via Lei de Incentivo à Cultura, levam a oito cidades do país 23 esculturas de torsos que retratam mulheres e um homem em tratamento. Essa exposição integra à programação do Coletivo Pink, iniciativa da Pfizer em parceria com as principais associações de pacientes no país. Tem como objetivo levar informação de qualidade sobre câncer de mama para a sociedade, romper paradigmas e acolher pacientes que vivem com metástase.

 

Com 1,70 m de altura, as esculturas ficarão expostas nas cidades de São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Porto Alegre, Recife, Belém e Brasília, durante o mês de outubro. As intervenções artísticas nos torsos foram criadas por 15 artistas plásticos que se inspiraram em cada paciente, de acordo com suas particularidades e histórias. São elas: Nina Pandolfo, Rizza, Ju Violeta, Patrícia Carparelli, Clara Leff, Minhau, Stella Nanni, Linoca, Pri Barbosa, Rafa Mon, Stefany Lima, Leticia Maia, Erika Chichkanoff, Associação Laramara, coletivo de artistas com deficiência visual, e Didu Losso, curador da exposição, ao lado de Camila Alves, que também assina a mostra. 

 

Em Ribeirão Preto, a escultura que está em exposição é da artista Stella Nanni. Quem estiver observando qualquer um dos 23 torsos pode também visualizar as outras esculturas no mesmo momento, basta direcionar o celular para o QR Code que o levará à exposição virtual completa. 

 

Mais informações podem ser obtidas no site ribeiraoshopping.com.br

Atividade, que acontece nesta quinta-feira (08/10), às 19 horas, pelo Instagram na nova plataforma da entidade, terá como tema central crítica na poesia. Escritora, atriz, poetisa, jornalista, cantora e atriz, Elisa Lucinda esteve na Feira do Livro no ano de 2018, emocionando o público com seu discurso de força e luta contra o preconceito

 

 

O projeto 40tena Culturalda Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, promove neste mês de outubro, o bate-papo “Crítica na Poesia”, com a escritora Elisa Lucinda. A live acontece nesta quinta-feira (08/10), às 19h, no Instagram (@fundacaodolivrorp) e pela nova plataforma da entidade (https://www.fundacaodolivroeleiturarp.com/). A agenda promete trazer um debate sobre poesia e reflexão de forma gratuita e on-line. A mediação do encontro será feita pela arte-educadora e artista visual, Brenda Cigarra.

 

 

Esta não é a primeira vez que Elisa Lucinda participa de atividades da Fundação. Ela esteve na 18ª edição da Feira do Livro de Ribeirão Preto, no ano de 2018, no projeto Combinando Palavras que reuniu cerca de 1 mil alunos no Theatro Pedro II. O encontro foi marcado por muita emoção por parte dos alunos e da própria escritora, a partir de um discurso de força e luta contra o preconceito, além de um grito de liberdade que trouxe em alto e bom tom para Ribeirão Preto, ecoando pelos quatro cantos da Feira. “Saibam que a palavra é uma arma. Eu sou negra e só estou hoje aqui por conta da palavra. Se minhas palavras continuarem depois que eu morrer, vou ser eterna”, disse, durante sua apresentação na Feira.

 

Elisa Lucinda é poetisa, jornalista, escritora, cantora e atriz. É uma das autoras que mais vendem no Brasil. Seus livros, em sucessivas edições, percorrem o país sendo lidos, interpretados e encenados. Possui 18 livros publicados, entre eles a Coleção Amigo Oculto, de livros infantojuvenis que lhe rendeu, em 2002, o prêmio Altamente Recomendável (FNLIJ) por “A Menina Transparente”. Elisa Lucinda encena e circula muito de sua obra pelos palcos brasileiros e estrangeiros e comemora o reconhecimento de ser uma das escritoras que mais popularizam a poesia em nosso tempo.

 


40tena Cultural

Durante mais de sete meses de programação consecutiva, a 40tena Cultural já realizou mais mais de 60 atividades e interagiu com quase 24 mil pessoas. O projeto, realizado pela Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, tem como proposta incentivar as pessoas a ficarem em casa durante o período de isolamento social, em virtude da pandemia do coronavírus (Covid-19). Semanalmente são divulgadas atividades que abrangem desde as transmissões ao vivo com artistas e convidados até contação de histórias para crianças, shows, dicas e discussões de livros. Para acompanhar a programação semanal, basta acessar as redes sociais da Fundação do Livro e Leitura:

Instagram (@fundacaolivrorp)
Facebook (facebook.com/FundacaodoLivroeLeituraRP)
Linkedin (fundacaolivrorp)
Twitter (@FundacaoLivroRP)
Youtube (FeiraDoLivroRibeirao)
Plataforma www.fundacaodolivroeleiturarp.com

 

Sobre a Fundação

A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade. Hoje, é considerada a segunda maior feira a céu aberto do país. Em 2020, a Feira tornou-se internacional e entraria na 20ª edição. Por isso, recebeu recentemente nova identidade, apresentando-se como FIL (Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto), mas foi remarcada para agosto de 2021 devido à pandemia do novo Coronavírus.

Com uma trajetória sólida e projeção nacional e agora internacional, ao longo de seus 20 anos, a entidade ganhou experiência e, atualmente, além da Feira, realiza muitos outros projetos ligados ao universo do livro e da leitura, com calendário de atividades durante todo o ano. A Fundação se mantém com o apoio de mantenedores e patrocinadores, com recursos diretos e advindos das leis de incentivo, em especial do Pronac e do ProAc.

O tradicional Leilão de Arte Popular, realizado anualmente em parceria com o Grupo Iguatemi para arrecadação de fundos da organização, será promovido pela primeira vez de forma virtual, através da plataforma iArremate.com, com a colaboração do leiloeiro Aloísio Cravo.

 

 

Curadores: EDNA PONTES, THOMAS BACCARO E WALDICK JATOBÁ. Entre os artistas que terão obras no leilão estão: CARLITO CARVALHOSA, TONICO LEMOS AUAD, SIL E NOEMISIA.

 

F0cada em apoiar artesãos tradicionais de todo o território nacional, a organização Artesol vai lançar o leilão virtual na plataforma Iarremate.com com o leiloeiro Aloísio Cravo no próximo dia 20. Nessa edição, que acontece pela primeira vez de forma virtual, o evento contará com peças de arte popular, arte contemporânea e objetos de design criados exclusivamente para o leilão, que está sob a curadoria de Edna Pontes, Thomas Baccaro e Waldick Jatobá.

A grande maioria das peças que serão leiloadas foram doadas por artistas, designers e colecionadores que se juntaram nessa iniciativa com a Artesol para apoiar artesãos e artistas populares nesse momento delicado de pandemia.

 

 

"Essa ação terá um papel fundamental para manter a ONG ativa dando, suporte a centenas de artesãos que se encontram totalmente vulneráveis em consequências da crise econômica provocada pelo COVID - 19", explica Sonia Quintella, presidente da Artesol.

 

 

Entre os artistas que doaram obras para o leilão estão Carlito Carvalhosa, e Tonico Lemos Auad. A proposta é fortalecer associações e cooperativas de todo país, apoiando a preservação de saberes e técnicas artesanais que correm o risco de deixarem de existir por falta de valorização cultural e econômica.

 

 

Mais sobre a Artesol


A ONG Artesol foi fundada há 22 anos pela antropóloga Ruth Cardoso (1930-2008). Nestes anos já realizou 247 projetos de capacitação, beneficiando mais de 60 mil pessoas. É membro da World Fair Trade Organization - WFTO e credenciada na UNESCO - integrando o Comitê de Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial. Sua missão é apoiar a salvaguarda do fazer artesanal de tradição cultural, promovendo a autonomia dos artesãos e o desenvolvimento socioeconômico de suas comunidades. O projeto central da organização é a Rede Artesol, uma iniciativa pioneira e inovadora que mapeia, capacita, divulga e conecta artesãos de todo o país ao mercado através de uma moderna plataforma virtual.

https://www.artesol.org.br/

Os participantes do primeiro dia do evento online, que é focado no mercado de bioenergia, indicam que o modelo brasileiro é viável e pode ser aplicado em qualquer país como solução ambiental para a redução de poluentes

 

 

O modelo de produção do setor sucroenergético brasileiro precisar trabalhar nos processos de divulgação, visando a internacionalização da experiência nacional como opção para as estratégias de redução de poluentes no cenário de sustentabilidade mundial.

 

Essa visão foi compartilhada pelos debatedores na abertura do FENASUCRO & AGROCANA TRENDS, ocorrida na terça-feira (18/08), que teve como tema principal “Tendências para o setor sucroenergético – as novas perspectivas que levarão o setor a um novo patamar”.

 

A proposta do evento online, que acontecerá até o dia 20 de agosto, é oferecer conteúdo atualizado em relação ao mercado de bioenergia, em um ambiente único e acessível para empresas e profissionais de toda a cadeia do setor.

 

O debate de abertura do FENASUCRO & AGROCANA TRENDS contou com a participação de Paulo Montabone, Diretor da Fenasucro & Agrocana; Marcos Montes Cordeiro, Secretário-Executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Antônio Tonielo, Presidente da COPERCANA; Evandro Gussi, Presidente da UNICA (União da Indústria de Cana-de-Açúcar); Plínio Nastari, Presidente da DATAGRO; Luis Carlos Junior Jorge, Presidente do CEISE Br; Arnaldo Jardim, Presidente da Frente Parlamentar dos Biocombustíveis; Guilherme Nastari, Diretor da DATAGRO; e Alberto Gimenez, Prefeito de Sertãozinho.

 

De acordo com Evandro Gussi, Presidente da UNICA, a principal dificuldade é a falta de conhecimento sobre o setor bioenergético, que possui um nível de sustentabilidade e um valor estratégico de interesse mundial. “A descarbonização será a palavra de ordem do século 21. As soluções em alguns setores acontecem da seguinte maneira: um projeto para alcançar uma meta de 20% tem um orçamento de US$ 100 milhões, mas se precisar aumentar a meta em mais 10% dobra o custo. Por isso, que o nosso serviço de sustentabilidade e a nossa vocação têm um lugar fundamental nesse cenário futuro. Afinal, com todas as barreiras, atendemos 40% do mundo. Mostrar essa conexão é o nosso desafio”, disse Gussi.

 

A opinião foi reforçada por Plínio Nastari, presidente da DATAGRO, que também destacou os avanços do Brasil em relação à eficiência do processo de mecanização e a curva de valorização do etanol por suas qualidades ambientais. “Devemos transmitir a experiência do Brasil, porque o setor promove o desenvolvimento econômico, essa estratégia se aplica ao mundo inteiro. Muitos países estão voltados para a bioenergia aliada à agricultura alimentar. Regiões como a África, América Latina, Índia e sudeste asiático têm esse grande potencial. Estamos no meio de uma discussão de mobilidade sustentável e este setor é a solução. Para as empresas e empresários do setor significa valorização dos seus ativos, não adianta ser eficiente da porteira para dentro, é preciso unir esforços para valorizar esse produto e ampliar o mercado”, afirmou Nastari.

 

O secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes Cordeiro, disse que o governo também vem buscando medidas para melhorar as condições de negócio favorecendo os investimentos na bioenergia. “O Brasil precisa se debruçar buscando a segurança jurídica para fomentar os investimentos. O desenvolvimento sustentável está bastante acelerado. Agora estamos consolidando o Renovabio, mas vamos batalhar para melhorar as condições do CBIO.”

 

O deputado federal Arnaldo Jardim, presidente da Frente Parlamentar dos Biocombustíveis, ressaltou que o setor enfrentou algumas dificuldades no início do ano em razão da pandemia e que precisa de condições adequadas de infraestrutura. “O porto de Santos indicou um aumento de 12% em relação ao ano passado, o que demonstra o crescimento do setor agrícola, mas precisamos ampliar as condições de investimento em infraestrutura, já que o setor tem desafios de logística. O crescimento sustentável precisa de investimentos em setores estratégicos. O Plano Ásia, que teve a divulgação do etanol na Índia e a busca de novos mercados para o açúcar, é um bom exemplo. Além disso, o setor que mais pode contribuir com a descarbonização é setor sucroenergético”, afirma Jardim.

 

Homenagem

 

Durante o debate, o diretor da Fenasucro & Agrocana, Paulo Montabone, prestou uma homenagem para Plinio Nastari, Presidente da DATAGRO, com a entrega de uma placa pela sua contribuição ao setor, principalmente, ao programa Renovabio. “Se fosse possível personificar uma imagem do pai do Renovabio, ele teria a imagem do Plinio Nastari, que eu considero como sendo o pai do programa”, disse Montabone.

 

Bioeletricidade, Biogás e Canathon

 

O FENASUCRO & AGROCANA TRENDS prossegue na quarta-feira (19/08), a partir das 16h, com o seminário “Bioeletricidade/Biogás: a postos para a Retomada do Investimento”, que tem como objetivo discutir a modernização do setor elétrico e as perspectivas positivas para a retomada do investimento para a bioeletricidade e o biogás, incluindo, os impactos positivos para o biometano.

 

Os temas serão apresentados por Newton Duarte, presidente-executivo da Associação da Indústria de Cogeração de Energia (COGEN); Reginaldo Medeiros, presidente-executivo da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (ABRACEEL); Alessandro Gardemann, presidente-executivo da Associação Brasileira do Biogás (ABIOGÁS); Bárbara Rubim, coordenadora de negócios em geração distribuída de energia na RAÍZEN e VP no Conselho de Administração da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR); Zilmar Souza, gerente de bioeletricidade da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA); e Luis Carlos Junior Jorge, presidente do CEISE Br.

 

Já na quinta-feira (20/08), tem início o Canathon, primeiro hackathon internacional voltado para o setor de bioenergia buscando soluções sustentáveis e inovadoras para o mercado.

 

Os interessados podem se inscrever gratuitamente e acompanhar a programação da Fenasucro & Agrocana TRENDS pelo link https://www.fenasucro.com.br/pt-br/fenasucro-agrocana-trends/conteudos-digitais.html .

 

A 28ª FENASUCRO & AGROCANA será realizada de 17 a 20 de agosto de 2021, em Sertãozinho/SP. A Feira Internacional da Bioenergia é realizada pelo CEISE Br e organizada pela Reed Exhibitions.

Através do Programa Municipal de Apoio a Projetos Culturais que incentiva projetos culturais e artísticos, o livro de história em quadrinhos de terror, Love Kills, do cartunista Danilo Beyruth, lançado pela editora Darkside, está sendo distribuído gratuitamente para jovens de instituições sociais da capital paulista. Além disso, alguns exemplares da obra estão disponíveis para compra online no site da Amazon por um valor promocional

 

Proporcionar, através do entretenimento e cultura, uma possibilidade de acesso a um maior número de pessoas. Assim é o novo projeto realizado pela Filmland Internacional – produtora brasileira de cinemaatravés do Pro-Mac - Programa Municipal de Apoio a Projetos Culturais e Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo que tem o objetivo de estimular a criatividade através da leitura. Trata-se de uma ação que prevê a distribuição de 1.500 exemplares do livro Love Kills, do cartunista, quadrinista e ilustrador, vencedor de diversos prêmios HQ Mix, Danilo Beyruth, para instituições sociais de São Paulo. Além disso, o projeto conta com a venda online por um valor diferenciado.

 

Como o projeto fará distribuição gratuita do livro para algumas instituições sociais de São Paulo, 150 livros serão destinados para a Secretaria Municipal de Cultura e outros 750 exemplares já foram distribuídos para três entidades: Casa do Povo (centro cultural que revisita e reinventa as noções de cultura, comunidade e memória), Instituto Sylvio Passarelli (instituição não governamental com foco na educação para jovens) e Caritas Diocesana de Campo Limpo (entidade de assistência e promoção social). Outros 600 exemplares de Love Kills foram colocados à venda pelo valor promocional de R$ 30,00, em loja específica no site da Amazon (https://www.amazon.com.br/LOVE-KILLS-Danilo-Beyruth/dp/8594541929).

 

Segundo o autor, Danilo Beyruth, a obra tem ganhado novos públicos, entre eles, mulheres mais jovens. “Além da interação do público da editora, Love Kills tem agradado muita gente, talvez pela história de terror que o livro traz, que tem como personagem principal uma vampira”, diz Beyruth que faz parte de uma geração que começou no universo das HQs há 10 anos e percebe hoje um interesse maior pelo assunto, tanto do mercado editorial quanto do público brasileiro. “Com este trabalho espero inspirar gente mais nova e oferecer um pouco do acesso à cultura no Brasil”, completa.

 

Um quadrinho que mistura suspense, sangue e muita ação, Love Kills é a primeira obra de Danilo Beyruth de puro terror. Ele, que é considerado um dos maiores nomes dos quadrinhos brasileiros da atualidade, é fã deste gênero, mas já produziu histórias de super-heróis, ficção cientifica e outros com abordagens mais adulta dos personagens clássicos da Turma da Mônica. “Já produzi também HQ com foco no cangaço e na colônia japonesa de São Paulo e agora resolvi arriscar no terror”, diz. O livro foi lançado no ano passado pela editora DarkSide Books, durante a Comic Con Experience 2019.

 

Para Tubaldini Shelling, produtor da Filmland Internacional, o projeto visa levar conhecimento e acesso à leitura para um público com pouco acesso aos lançamentos de livros, principalmente os conteúdos do mundo geek, mangá e quadrinhos, um dos preferidos pelos jovens. “A ideia é levar a estes jovens um pouco do universo HQ, para quem sabe, se inspirarem em autores e começarem a desenhar. Ler uma história em quadrinhos como forma de entretenimento, além de ser eficaz em novos conhecimentos, estimula o raciocínio, o vocabulário e promove o empoderamento feminino”, destaca.

 

LOVE KILLS

Aventura baseada nos quadrinhos de Danilo Beyruth com 248 páginas em preto e branco. Vampiros vivem entre nós na noite de uma grande metrópole, São Paulo. Helena é uma vampira que vem cada vez mais se distanciando do seu lado humano. Um dia ela decide sair para caçar em seu território e acaba sendo surpreendida por Marcos, um mero humano que tenta defendê-la de uma cilada. Porém, Marcos não sabe que ela é na verdade um monstro mais do que capaz de cuidar de si mesma. Quando um vampiro milenar vem à sua caça, Helena é praticamente obrigada a contar com a ajuda de Marcos. Isso faz com que os dois se aproximem. As circunstâncias não só a farão enfrentar seus inimigos, como permitirão que ela redescubra o que ainda existe de humano dentro dela.

 

Danilo Beyruth

É publicitário, ilustrador e quadrinista brasileiro. Trabalhou por mais de 10 anos na DPZ Propaganda como diretor de arte. Ex-sócio da Macacolândia, estúdio de arte consagrado no mercado publicitário. Desde 2007 dedica-se a escrever e desenhar histórias em quadrinhos, sendo o criador do personagem Necronauta e autor das HQs Bando de Dois São Jorge. Em 2012, lançou o álbum de estreia do selo Graphic MSP (selo autoral do estúdio Mauricio de Sousa que publica histórias com uma abordagem mais adulta dos personagens clássicos da Turma da Mônica), Astronauta – Magnetar. Colaborou na criação de personagens para o filme Motorrad, da produtora Filmland, selecionado para o Toronto Film Festival. Seus trabalhos em quadrinhos foram publicados na Espanha, Alemanha, França, Itália, Portugal e Argentina. Atualmente, colabora em duas adaptações cinematográficas de obras suas, uma delas sendo produzida em paralelo com o filme. Foi vencedor do Troféu HQ Mix na categoria publicação de aventura, terror e fantasia com o livro Samurai Shirô.

 

SOBRE A PRODUTORA - FILMLAND

Criada em 2001, a Filmland Internacional é uma produtora cultural de grandes produções de teatro e filmes que tem como produtor Tubaldini Shelling. Em seu portfólio, há diversos filmes bem recebidos pelo público e prestigiados em festivais de cinema. Entre eles, o longa Motorrad, lançado pela Warner Bros, com direção de Vicente Amorim e participação no Festival Internacional de Toronto e no Festival do Rio, lançado em mais de 15 territórios pelo mundo. A Filmland traz também em seu currículo o longa Divórcio, com direção de Pedro Amorim e os atores Murilo Benício e Camila Morgado no elenco, também lançado pela Warner Bros. O filme ficou entre as 10 maiores bilheterias nacionais e foi vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, na categoria comédia, pela Academia Brasileira de Cinema. E ainda O Vendedor de Sonhos, mais um longa lançado pela Warner Bros, baseado no livro de maior sucesso de Augusto Cury e dirigido por Jayme Monjardim, que também ficou entre as 10 maiores bilheterias nacionais em 2016. Outro destaque é a comédia O Concurso, que alcançou 1.500.000 espectadores; bem como a comédia romântica Qualquer Gato Vira Lata, que teve a maior renda da história da Disney Brasil em produções locais em 2011. Entre os documentários está Marcha da Vida, rodado no Brasil, Israel, Estados Unidos, Polônia e Alemanha, dirigido pela americana Jessica Sanders, nominada a um Oscar e vencedora no Festival de Sundance, lançado também nos Estados Unidos, com vendas internacionais.

 

Além disso, a Filmland Internacional apresenta uma extensa lista de curtas metragens, incluindo o sucesso de crítica De Glauber para Jirges, selecionado hours concours no Festival de Veneza, e 14Bis, exibido em circuito comercial de cinemas, considerado sucesso em Home Vídeo, com vendas internacionais para vários países do mundo.   Atualmente a Filmland está desenvolvendo vários filmes de gênero, que vão da ficção científica à aventura e os quadrinhos, entre eles, em fase de pós-produção está o longa Princesa da Yakuza, com lançamento previsto para 2021.