Pianista e compositora paulistana tem três discos gravados, um deles com o baixista Ron Carter, lenda do jazz

 

 

O Sesc Ribeirão recebe no dia 07 de agosto, quarta-feira, às 20h30 horas, o show de Vitoria Maldonado Quintet. A pianista, cantora, compositora e arranjadora traz no repertório standard do jazz, clássicos da música brasileira e composições de sua autoria.

 

No show, a pianista que é formada em composição e regência na Berklee College of Music (EUA), e tem três discos gravados, será acompanhada por Michel Freidenson (piano), Sylvinho Mazzuca (baixo), Duda Neves (bateria) e Marcelo Pizarro (guitarra).

 

Vitoria Maldonado é paulista. Cresceu em um ambiente extremamente musical. Foi aprendiz de Amylson Godoy quando começou a estudar piano ainda adolescente. Depois mudou-se para os EUA para a graduação em música. De volta ao Brasil, no final dos anos 1980, foi viver no Rio de Janeiro e chegou a formar uma dupla com Marisa Monte.

O primeiro disco veio em 1994, chamado Vitoria, e foi indicado ao Prêmio Sharp. Em 2011, lançou o CD e DVD O que está acontecendo comigo. E em 2017 recebeu o convite do baixista Ron Carter, uma lenda viva do jazz, para gravar o disco Brasil L.I.K.E.

 

O trabalho gravado com Ron Carter no Brasil tem arranjos do maestro Ruriá Duprat, sobrinho do tropicalista Rogério Duprat, participações do saxofonista Proveta, de Roberto Menescal no violão e do trompetista Randy Brecker.

 

 

Serviço


Música
SHOW – ViTORIA MALDONADO QUINTET
Dia 07/08, sábado, 19h.
Local: Auditório. 200 lugares.
Classificação: 10 Anos.
R$ 17,00 (Inteira)
R$ 8,50 (Aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante)
R$ 5,00 (Trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo credenciados no Sesc e seus dependentes)

O Sesc Ribeirão promove no dia 28 de julho, domingo, das 15h às 17h, o bate-papo do Clube do Livro sobre o romance O Longo Adeus, de Raymond Chandler.

 

 

O clube do livro é um momento para discutir impressões sobre obras de interesse do grupo de uma forma dinâmica e descontraída, incentivando a leitura. O romance abordado neste mês, O Longo Adeus, de Raymond Chandler, um clássico da literatura norte-americana e um dos mais importantes livros do gênero policial noir.  No centro da história estão Philip Marlowe, o emblemático detetive criado por Chandler, e o enigmático personagem Terry Lennox. Uma obra profunda e brilhante que fala sobre solidão e amizade.

 

 

Serviço
Bate-Papo
Clube do Livro: O Longo Adeus – Raymond Chandler
Com Gabriel Bazan Pedrão.

Dia: 28 de julho– domingo, 15h às 17h.
Local: Biblioteca. 20 Vagas.
Classificação: Livre
Grátis. 10 Anos.

Monólogo com Cyda Baú faz apanhado sobre histórias de heroínas negras brasileiras

 

 

O Sesc Ribeirão apresenta no dia 26 de julho, sexta-feira, o espetáculo Os Rastros das Marias. O monólogo, com a atriz Cyda Baú e a direção e dramaturgia de Gabriela Rabelo, viaja pelas histórias de heroínas negras brasileiras, como Tereza de Benguela, Maria Firmina dos Reis, Carolina Maria de Jesus, entre tantas outras mulheres fortes que superaram seu destino.

 

Representadas na figura de Maria, uma mulher negra que nasce em um quilombo, no Brasil, e não aceita as condições impostas por sua origem, a peça mostra a trajetória de resistência e superação dessa personagem. Em suas andanças, aventuras e conquistas, ela conhece as histórias e o trabalho de muitas outras mulheres, que resistiram e lutaram por sua identidade e cultura.

 

A dramaturgia de Gabriela Rabelo é interpretada no solo de Cyda Baú, ela própria quilombola, que coletou esses rastros de histórias a partir de sua experiência de vida para homenagear todas as mulheres que a fortaleceram em suas lutas. A Maria da peça é uma mulher simbiose de todas elas, modelos de resistência e afirmação da identidade e cultura afro-brasileira.

 

Serviço
ESPETÁCULO
OS RASTROS DAS MARIAS
Com Cyda Baú
Dia 26, sexta, às 15h e às 20h30
Galpão. 80 lugares.
Grátis. Por ordem de chegada.

“Eu quero crer no amor numa boa/ que isso valha pra qualquer pessoa/ que realizar a força que tem uma paixão” Assim diz “Tempos Modernos”, canção lançada em 1982 por Lulu Santos. A canção, agora eternizada por Fernanda Abreu e Toni Garrido traz uma mensagem otimista de um futuro bom, com “gente fina, elegante e sincera com habilidade pra dizer mais sim do que não”. Para Fernanda, a música segue atual pois ainda sentimos dificuldade de aceitar o outro como ele é, bem como suas opções sexuais e de vida. Em entrevista recente ao programa “Jovem Pan Morning Show”, a cantora afirma que “ainda precisamos avançar bastante para alcançar com naturalidade as opções de cada um, especialmente no Brasil”

 

 

 

“Hoje o tempo voa, amor/ Mesmo sem se sentir/ E não há tempo que volte, amor/ Vamos viver tudo que há pra viver/ Vamos nos permitir” – Os versos de “Tempos Modernos” seguem atuais. Num Brasil dividido de hoje em dia, onde pessoas quase não se escutam mais, uma mensagem positiva numa canção é sempre bem-vinda. “É uma época de inflexibilidade, de intolerância no Brasil. Essa canção fala pra aceitar o outro como ele é, com as opções dele, com as opiniões dele.” – relatou Garrido em entrevista à rádio Jovem Pan.

Utilizando ingredientes típicos da fazenda, chefs elaboraram sobremesas que resgatam as lembranças de família

 

 

Um dos atrativos da 8ª edição da Ribeirão Preto Restaurant Week são as sobremesas. Complemento das refeições, as receitas doces rementem a momentos especiais e até mesmo as lembranças de famílias.  Nesta edição, o tema “Do campo a mesa” inspirou os chefs a usaram a criatividade para a elaboração de receitas caipiras e rústicas, utilizando ingredientes silvestres, típicos e da estação.

 

Coco, abóbora, goiaba, milho, queijo fresco, doce de leite, ingredientes típico da fazenda, dão a cor, aroma e sabor às sobremesas dos menus. O resultado é uma variedade de cremes, pudins, sorvetes, bolos e tortas para todos os gostos.

 

“Boas refeições evocam boas memórias. O tema desta edição faz jus a essa afirmação, incentivando o trabalho com ingredientes e receitas de qualidade e tradição”, diz Fernando Reis Jr, realizador do evento.

A 8ª edição da Ribeirão Preto Restaurant Week acontece até 21 de julho em 20 restaurantes de Ribeirão Preto. O menu tem valor fixo e inclui entrada, prato principal e sobremesa. No almoço o valor é de R$ 43,90 + R$ 1 de doação para o Corassol (total R$ 44,90). No jantar, o preço é R$ 54,90 + R$ 1 de doação (total R$ 55,90). Clientes das casas participantes podem harmonizar o menu com Coca-Cola Original e Coca-Cola Sem-açúcar, sem custo adicional. Outra novidade é a possibilidade de comprar os menus com pontos de programas de fidelidade. Os restaurantes e menus estão disponíveis no site do festival www.restaurantweek.com.br.

 

 

Conheça as sobremesas do festival

- Ambrosia, com toque de limão e especiarias, servida com queijo fresco
- Doce de abóbora com coco fresco
- Sorvete de mascarpone com goiabada mole
- Cocada de forno
- Petit gateau de milho verde com sorvete de leite
- Queijadinha de coco fresco com caramelo salgado
- Taça de sorvete de creme, tubete e calda de morango, chocolate ou caramelo 
- Panna cotta
- CheeseCake de creme de avelã
- Torta de leite em pó com morango
- Coalhada fresca com mel  
- Mini doce sírio 
- Cocada assada e compota de abóbora 
- Bolo de fubá com goiabada cascão e queijo da roça
- Pudim de leite condensado
- Romeu e julieta - queijo, goiabada e doce de leite cremoso
- Petit Gateau com Sorvete de Creme
- Pudim de Leite
- Brownie de Chocolate com castanhas de caju e sorvete de creme
- Cheesecake a base de queijos e limão siciliano, acompanhado com calda de goiabada
- Torta Romeu e Julieta         
- Sorvete de Tapioca com creme de caramelo salgado  
- Bola de sorvete com calda de amora
- Tempurá de sorvete
- Torta Marshmallow
- Torta Mousse de chocolate branco e preto.
- Pudim de pistache
- Crocante de caramelo salgado e amêndoas
- Taça Kinder feito com farofa de creme de avelã, chocolate meio amargo, creme branco, sorvete kinder e coberto com chantilly e chocolate kinder
- Empanada de Maçã com canela acompanha sorvete de baunilha e calda de canela
- Empanada de Banana com creme de avelã, acompanha sorvete de baunilha e calda de Chocolate
- Brownie 
- Sorvete com ganache
- Taça de sorvete borelli 
- Salada de frutas
- Black Tart- bolo denso de cacau 100% com calda morna de chocolate feita com o nosso rum de especiarias e acompanhado de pipoca doce
- Arroz doce com doce de leite artesanal

 

 

Site www.restaurantweek.com.br
Instagram @restaurantweekbrasil
Facebook restaurantWeekBrasil/
Linkedin restaurant-week-brasil/

 

A rede de cookieshop inaugura loja no ShoppingSantaÚrsula no dia 11, oferecendo uma variedade de opções exclusivas e irresistíveis, repletas de aroma e sabor

 

 

Ribeirão Preto vai ganhar uma loja do segmento de cookieshop neste mês de julho. A DuckBill Cookies & Coffee inaugura sua primeira unidade na cidade no ShoppingSantaÚrsula, no próximo dia 11. A franquia especializada no tradicional biscoito americano traz para a cidade um cardápio recheado de produtos com referências internacionais e com receitas exclusivas de cookies e cafés, além de donuts, muffins, pão de queijo, sodas, frapuccinos, entre outras delícias.

 

 

Em Ribeirão Preto, a nova loja DuckBill ficará localizada no Piso 3 do SantaÚrsula, em um ambiente moderno e descontraído. Inspirada nas cafeterias americanas, a marca tem como diferenciais cafés e cookies artesanais, oferecendo produtos e atendimento de qualidade.

 

 

A tradicional família Sciubba, que já possui outros negócios em Ribeirão Preto, está à frente da franquia na cidade. Letícia Sciubba e Neuber Júnior garantem que a loja irá conquistar todos os paladares. “Os clientes vão poder vivenciar uma experiência sensorial de sabores e aromas com produtos de qualidades. DuckBill conta com uma variedade de produtos, entre eles os famosos e irresistíveis cookies, com mais de 15 sabores ”, acrescentam.

 

 

Mais informações pelo Instagram da loja www.instagram.com/duckbill.ribeiraopreto1 ou pelo site www.duckbillcookies.com.br

 

Delivery
Para garantir a comodidade dos clientes, a loja disponibilizará o serviço de delivery por meio dos principais aplicativos de entrega, como iFood, Uber Eats e Rappi. Basta baixar o app e colocar o nome da loja na busca.

Sobre a DuckBill Cookies & Coffee


A DuckBill Cookies & Coffee nasceu após uma viagem feita pelo empresário Rafael Naves para Nova Iorque, onde ele conheceu diversos players com operações de sucesso no segmento de cookies e cafés especiais. A rede tem como meta inaugurar 500 unidades franqueadas no Brasil e na América Latina nos próximos cinco anos.

 

11 jul/19

Projeto AEAARP Cultural reúne artistas ucranianos para noite de músicas folclóricas russas

 

 

 

O projeto AEAARP Cultural, promovido pela Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Ribeirão Preto (AEAARP), promove uma noite típica russa amanhã, dia 11 de julho. Para a Noite Russa, a arquiteta Ercília Pamplona, responsável pelo projeto, convidou a família de músicos ucranianos Snizhana Dragan, Bogdan Dragan e Yuri Ponomaryov.

 

O evento contará com apresentação de músicas russas pela voz da cantora Shizhana Drahan, regente do coro da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto, com piano e clarinete pelo músico Bodgan Dragan, também clarinetista da Sinfônica, e acordeom de Yuri Ponomaryov.

 

No programa, serão apresentadas músicas folclóricas russas. A música russa que vem da cultura popular do povo russo é a base de toda a música profissional do país. As canções falam dos costumes e tradições do povo, contam episódios épicos, as tradições agrícolas e camponesas, o folclore das tribos eslavas que vivem no território russo etc. Além da conhecida música clássica, apresentada nos maiores teatros e pelos maiores músicos do mundo, a música folclórica tem um ritmo alegre, com canções bastante melódicas.

“Vamos apresentar uma seleção de ritmos variados para que o público conheça e aprecie a música do povo russo, que relata e representa toda a história e tradições do nosso povo, mas muitas vezes desconhecidas do Ocidente. O mundo todo conhece os grandes compositores clássicos russos, mas dificilmente conhece a música popular. Esperamos trazer um pedacinho da Rússia neste evento”, diz a regente e cantora Snizhana Drahan.

“Estamos diversificando, cada vez mais, a temática dos eventos deste projeto cultural para reunirmos vários públicos. Os eventos são destinados à toda a comunidade”, explica a arquiteta Ercília Pamplona, responsável pelo projeto AEAARP Cultural.

 

 

Sobre os músicos

Yuri Ponomaryov
Foi professor na Ucrânia. Em 1968 apresentou-se pela primeira vez como solista na Universidade de Nejin, na Ucrânia. Já se apresentou na Polônia, Inglaterra e França. Em 1983 realizou a turnê pela Europa junto a Orquestra Folclórica Russ, passando pela Espanha, Grécia, Malta e França. Antes de mudar-se para o Brasil, participou de três edições do Festival Internacional Auroras de Sofia, na Ucrânia. Hoje ele é regente de um coral russo em São Paulo, o único Brasil, condecorado pelo governo russo recentemente.

Snizhana Drahan
Graduada em Regência Coral na Ukrainian National Tchaikovsky Academy of Music, mestre em Musicologia pela Escola de Comunicações e Artes – USP. Estudou no Colégio Musical (Ucrânia), nível ensino médio, e ensino musical de nível técnico na Escola de Música de Uman, também na Ucrânia. Desde 2008 é coordenadora, regente e professora da Escola de Canto Coral da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto. No Brasil, fez doutorado na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP.

Bogdan Dragan
Ucraniano, filho de músicos, concluiu o estudo de clarinete no Colégio Musical, na Ucrânia, e se formou pela Academia Nacional de Música da Ucrânia P. I. Tchaikovsky, em Kiev, com as especializações: solista, regente de banda, músico da orquestra sinfônica e professor de clarinete. Em 1990, ganhou o primeiro prêmio no Concurso Nacional em Donetsk, em seu país. Fez cursos de piano, violão, saxofone, baixo e bateria. Trabalhou como clarinetista em várias instituições ucranianas, como: Teatro Pequeno de Ópera e Balé de Kiev, Orquestra de Câmara de Kiev, Orquestra Folclórica “Rídni Náspivy” e Quinteto de Sopros da Filarmônica de Kiev, até vir para o Brasil. Participou concursos e festivais na Europa, como Concurso Internacional de Música de Câmara, em Chmelnitsky (Ucrânia), onde ganhou com quinteto o Primeiro Prêmio, Concurso de Música de Câmara, em Paris, e o reconhecido Festival de Wagner, na Alemanha. Fez turnês pelos países da Europa, Ásia e da América Latina, participando de diversas gravações de CD. Em 1998, foi contratado pela Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto, onde permanece até hoje. Ao mesmo tempo, desenvolve um trabalho como arranjador, fazendo os arranjos e orquestrações para orquestras e outros grupos musicais.

O evento reúne diversos estilos de culinária através de restaurantes que são destaque em suas áreas

 

Nos dias 20 e 21 de julho, o Festival Gastronômico do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto receberá grandes nomes da culinária nacional,  entre os confirmados estão Lucas Corazza, chef-confeiteiro e um dos jurados do programa Que Seja Doce do canal GNT. Especializado em pâtisseirie na França, reconhecidíssimo pelo seu rigor técnico e talento prodígio, ele trará ao evento seus doces requintados.

 

 

Também já foram anunciados: a premiada Kebab Salonu, ganhadora de melhor salgado pela Veja Comer & Beber 2018; o Buzina Food Truck – com seus famosos hambúrgueres artesanais; Pobre Juan – cardápio de incríveis carnes, exclusivos petiscos e drinks; Khea Thai - inspirado na cozinha e na cultura tailandesa; Modi – culinária italiana simples e regional; Truck da Roça – com os famosos lanches produzidos com ingredientes e carnes artesanais da cidade de Brotas; Pedacinho da Canastra - opções de queijos, doces, geleias, azeites, meles, cachaças, licores e café arábica e gourmet; Família Barrella – com sua tradicional Paella de frutos do mar; Rocky Truck – especializado em tapiocas veganas e vegetarianas; Dell Rotonda– cardápio de pizza de diversos sabores e recheios; Linguiçaria Real Bragança da chef Patricia Polato - com os famosos embutidos de Bragança Paulista; Vila Dionísio –cardápio de petiscos com destaque para sua tradicional coxinha; Freddo - com seu sorvete clássico argentino produzido desde 1969; G&T Gin Bar - primeiro bar especializado em gin tônica no Brasil e Bar Stella Artois - marcando presença com suas cervejas.

 

A Kebab Salonu, ganhadora de melhor salgado pela Veja Comer & Beber 2018 é presença confirmada no Festival Gastronômico. Credito: Divulgação

 

 

Com a proposta de unir boa gastronomia em um só lugar, a 5ª edição do evento deve confirmar em breve novos participantes. "Buscamos a cada Festival trazer uma diversidade de menus, este ano teremos muitas novidades e o público poderá degustar de tudo um pouco", conta Carolina Pajaro, gerente de marketing do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto. 

 

A Linguiçaria Real Bragança da chef Patricia Polato - com os famosos embutidos de Bragança Paulista é um dos destaques do festival em 2019. Crédito Divulgação

 

 

O evento, que tem entrada gratuita, acontece no estacionamento do empreendimento (em frente ao Coco Bambu), no sábado das 15h às 23h e no domingo das 14h às 22h. A programação ainda contará com música ao vivo e espaço kids.

 

 

Serviço:

Festival Gastronômico Shopping Iguatemi Ribeirão Preto
Quando: 20 e 21 de julho
Horários: sábado das 15h às 23h e domingo das 14h às 22h
Onde: Estacionamento em frente ao Coco Bambu
Entrada Gratuita.

Data comemorada em 13 de julho teve como marco o concerto beneficente Live Aid, que este ano completa 34 anos, e contou com a participação de artistas lendários como Queen, Rolling Stones, Led Zeppelin e Black Sabbath

 

No dia 13 de julho, é celebrado o Dia Mundial do Rock, pois nessa data, em 1985, foi realizado o concerto beneficente Live Aid, que ocorreu simultaneamente nos estádios Wembley, em Londres, e John F. Kennedy, na Filadélfia. O megaevento, que este ano completa 34 anos, foi organizado pelos cantores e compositores Bob Geldof e Midge Ure, com objetivo de levantar fundos para combate à crise humanitária na Etiópia.

 

Em cada cidade, mais de 20 atrações que se apresentaram tiveram grande simbologia e importância. “Dada a grandeza do evento, os dois shows foram importantes para chamar a atenção da mídia para o problema de fome no país africano. Em Londres, o público foi de 72 mil pessoas, já na Filadélfia foi de 100 mil”, conta Ciro Visconti, coordenador da primeira e única pós-graduação em Rock do Brasil pela Faculdade Santa Marcelina.

 

As performances dos artistas demoraram cerca de 10 horas em cada um dos dois palcos e foram transmitidas via satélite para cerca de 150 países, alcançando aproximadamente 1,5 bilhão de espectadores. “O show de 21 minutos do Queen no Live Aid foi eleito como a melhor performance de um artista na história do Rock em uma votação entre artistas, produtores e jornalistas da indústria fonográfica, que ocorreu em 2005, batendo outras consagradas apresentações de artistas, como a de Jimi Hendrix (1969), Sex Pistols (1976), David Bowie (1973) e Rolling Stones (1969)”, comenta Visconti.

 

Ainda de acordo com o professor, o show da banda Queen, no Live Aid, é considerado o grande destaque, visto que o evento também contava também com bandas clássicas, como Led Zeppelin, Black Sabbath e The Who. “Na época, haviam artistas que estavam liderando as paradas, como Dire Straits (com Money For Nothing) e U2 (com Sunday Bloody Sunday). Além disso, a icônica performance da banda Queen foi reproduzida quase integralmente no filme Bohemian Rhapsody (2018)”, complementa.

 

As bandas e artistas que se apresentaram no estádio Wembley, em Londres, foram: Status Quo, The Style Council, The Boomtown Rats, Adam Ant, Ultravox, Spandau Ballet, Elvid Costello, Nik Kershaw, Sade, Sting (participação de Phill Collins), Howard Jones, Bryan Ferry (participação de David Gilmour), Paul Young, U2, Dire Straits, Queen, David Bowie, The Who, Elton John, Paul MacCartney e Band Aid.

 

Já no estádio John F. Kennedy, na Filadélfia, se apresentaram: Bernard Watson, Joan Baez, The Hooters, Four Tops, Billy Ocean, Black Sabbath, Run-D.M.C, Rick Springfield, REO Speedwagon, Crosby, Stills and Nash, Judas Priest, Bryan Adams, The Beach Boys, George Thorogood and The Destroyers, Simple Minds, Pretenders, Santana, Ashford & Simpsons, Madonna, Tom Petty and the Heartbreakers, Kenny Loggins, The Cars, Neil Young, The Power Station, Thompson Twins, Eric Clapton, PhillCollins, Led Zeppelin, Crosby, Stills, Nash & Young, Duran Duran, Patti LaBelle, Hall & Oates, Mick Jagger, Tina Turner, Bob Dylan e USA for Africa.

 

O gênero é contemplado pelos estudos da pós-graduação em Rock, da Faculdade Santa Marcelina, que analisa o estilo musical por meio de três pilares: teoria, história e prática. O curso, inédito no Brasil, aborda a aprofundada pesquisa acadêmica já desenvolvida internacionalmente sobre o Rock.

 

Sobre a Pós-graduação em Rock 

Mesmo que o Rock seja um dos gêneros mais conhecidos da música popular e que existam inúmeros músicos e bandas do gênero espalhados por todos os continentes, sua pesquisa acadêmica é, embora vigorosa, relativamente recente. Essa demora em constituir uma pesquisa específica gerou uma defasagem nos cursos superiores de música, especialmente no Brasil, onde são mais direcionados aos gêneros de música instrumental, como o Jazz, o Fusion e a Música Instrumental Brasileira. Isso ocorre porque as ferramentas e técnicas desenvolvidas nas pesquisas destes gêneros instrumentais, seja no campo da harmonia, morfologia, análise, rítmica, história. Prática de bandas, etc., não são adequadas à canção, a modalidade de composição mais comum ao Rock ou a seus subgêneros. O curso pretende não apenas abordar e divulgar pela primeira vez no país e em português a aprofundada pesquisa acadêmica desenvolvida em universidades internacionais especialmente para o gênero Rock, como também ampliar esta pesquisa ao aplicar suas ferramentas também ao Rock produzido no Brasil e na América Latina, destacando suas semelhanças e diferenças em relação ao Rock inglês e americano. Esta ação também abre a oportunidade de verificar a influência que o Rock exerce sobre determinados artistas de diferentes gêneros e de movimentos de música brasileira, como a Tropicália e o Clube da Esquina. 

 

Sobre a Faculdade Santa Marcelina

Faculdade Santa Marcelina é uma instituição mantida pela Associação Santa Marcelina – ASM, fundada em 1º de janeiro de 1915 como entidade filantrópica. Desde o início, os princípios de orientação, formação e educação da juventude foram os alicerces do trabalho das Irmãs Marcelinas. Em São Paulo, as unidades de ensino superior iniciaram seus trabalhos nos bairros de Perdizes, em 1929, e Itaquera, em 1999. Para os estudantes é oferecida toda a infraestrutura necessária para o desenvolvimento intelectual e social, formando profissionais em cursos de Graduação e Pós-Graduação (Lato Sensu). Na unidade Perdizes os cursos oferecidos são: Música, Licenciatura em Música, Artes Visuais, Licenciatura em Artes Plásticas e Moda. Já na unidade Itaquera são oferecidas graduações em Administração, Ciências Contábeis, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina, Nutrição e Tecnologia em Radiologia.

09 jul/19

Nos dias 13 e 14 de julho o Sesc recebe atrações do encontro nacional, que reúne diferentes gerações do choro na cidade, com apresentações de Henrique Araújo e Regional Imperial e do Projeto Choro da Casa  

 

 

 

O choro é a música oficial de Ribeirão Preto entre os dias 12 e 14 de julho, quando acontece o Festival Choro da Casa. A iniciativa reúne diferentes gerações, virtuoses da música instrumental brasileira, que apresentam suas pessoais interpretações para o choro. O Sesc Ribeirão recebe shows da programação do festival nos dias 13 e 14.  

 

No dia 13 de julho, sábado, às 19 horas, o bandolinista Henrique Araújo e o Regional Imperial prestam homenagem ao repertório de choros compostos por Dominguinhos, mestre do acordeom.

 

Araújo, acompanhado de João Camarero (violão de 7 Cordas), Junior Pita (violão), Lucas Arantes (cavaquinho) e Rafael Toledo (pandeiro), jovens chorões paulistas, referência para a linguagem do gênero na atualidade, transporta para o bandolim a linguagem do acordeom. Um trabalho de resgate e inovação.

 

No dia 14 de julho, domingo, às 16 horas, é a vez do Projeto Choro da Casa apresentar clássicos do repertório do choro, como composições de Pixinguinha, Jacob do Bandolim, entre outros, além de músicas de autoria dos integrantes do projeto.  Virtuosismo e improvisação marcam a participação de cada músico nessa reunião de amantes do choro da cidade de Ribeirão Preto.

 

O Projeto Choro da Casa, organizador do Festival Choro da Casa, que conta com apoio do Sesc Ribeirão, foi criado em 2012 por um grupo de chorões locais com objetivo de pesquisar, estudar e divulgar o gênero.  Com esse projeto musical e social, os músicos pretendem deixar acessível à população a rica tradição da música brasileira. Desde sua criação, o projeto já promoveu diversas ações culturais na cidade.

 

Serviço
Henrique Araújo e Regional Imperial:
O Choro do Sertão
Dia 13, sábado, às 19h.
Auditório. 200 lugares. 10 anos.
R$ 17,00 (Inteira)
R$ 8,50 (Aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante)
R$ 5,00 (Trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo credenciados no Sesc e seus dependentes)

Roda de Choro com Projeto Choro da Casa
Dia 14, domingo, às 16h.
Convivência. Grátis. Livre.  
Acesso livre.

 

Sesc Ribeirão Preto
Rua Tibiriçá, 50, Centro

Mineira emocionou o público com os grandes sucessos da carreira também

 

Foto: Paulo Mestriner

 

Mais de cinco milhões de cópias de discos vendidas, dona de três discos de ouro, dois de platina, um de platina duplo e um de diamante. Ao longo dos 20 anos de carreira já teve suas composições em 28 novelas da Rede Globo. Cantora, multi-instrumentista e artista plástica, Ana Carolina emocionou o público com o show “Fogueira em Alto Mar” em Ribeirão Preto (SP) no dia 29 de junho.

 

Considerada uma das maiores intérpretes e compositoras do país, a artista levantou o público que marcou presença em seu show no Centro de Eventos do RibeirãoShopping. Com um repertório completo de inéditas, a musa da Música Popular Brasileira relembrou também grandes sucessos da carreira, como “Quem de Nós Dois”, “Vai” e “Garganta”.

 

 

"Foi um dos melhores shows que eu fui. A apresentação foi linda, eu gosto muito de Ana Carolina. As músicas novas que ela fez estão muito bonitas, e além disso ela também cantou as mais clássicas e isso deu uma apimentada no show. O final, quando a gente pensou que tinha acabado, depois ela ressurgiu cantando "É isso aí", só uma palavra resume a experiência: Incrivel", comentou o influenciador digital, Cahe Ribeiro

 

Mais informações sobre os eventos realizados pela Virazóm no Centro de Eventos do Ribeirão Shopping podem ser obtidas através do site: http://www.virazom.com.br.

Com cardápios inéditos e participantes renomados, nos dias 20 e 21 de julho, o Shopping Iguatemi Ribeirão Preto promove mais uma edição de seu Festival Gastronômico. O evento, considerado um dos maiores do segmento na cidade, tem como proposta reunir toda diversidade da gastronomia, em porções e pequenos pratos assinados por chefs consagrados.

 


"Durante dois dias, o shopping vai promover uma experiência especial para quem aprecia boa gastronomia. Serão menus exclusivos e sofisticados, produzidos por uma seleção de chefs renomados de Ribeirão Preto e de outras cidades, em um espaço especialmente montado no empreendimento", conta Carolina Pajaro, gerente de marketing do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto. Além das opções gastronômicas, o evento reunirá shows ao vivo e espaço kids para lazer e entretenimento das famílias.

A 5ª edição do Festival Gastronômico acontece no estacionamento do empreendimento, das 15h às 23h no sábado (20) e das 14h às 22h no domingo (21), com entrada gratuita.

 

Sobre o Shopping Iguatemi Ribeirão Preto

O Shopping Center Iguatemi Ribeirão Preto trouxe para a região um novo conceito de compras e entretenimento. O empreendimento, que pertence a Iguatemi Empresa de Shopping Centers e tem a excelência da marca em seu DNA, foi projetado para ser muito mais do que um centro de compras e oferece diversas opções de lazer, cultura, serviços e gastronomia – com 30 operações de alimentação e quatro renomados restaurantes. O projeto arquitetônico tem na luminosidade natural um dos principais diferenciais, com amplos skylights que valorizam a entrada de luz, oferecendo um ambiente agradável, preparado para provocar grandes experiências.

Cerca de 200 operações compõem seu mix de lojas completo, com opções inéditas na cidade como a academia Bodytech – maior do país e a Livraria Cultura, além de grandes marcas locais, nacionais e internacionais. Outro destaque no mix é a Rede Cinépolis, que propõe uma verdadeira experiência para os amantes de cinema, com salas exclusivas em Ribeirão como a VIP e a de tecnologia Macro XE, com programação garantida de pré-estreias e dos principais filmes do ano.

Seguindo a proposta de oferecer aos seus clientes novas oportunidades e experiências inovadoras, o ano de 2019 do shopping está repleto de boas novidades, entre elas as inaugurações do Savegnago Supermercados e da loja Tok & Stok, que chegam para reforçar o mix de opções do empreendimento.

A banda Bad Jack fará o show especial "Rock Brasília" nesta sexta-feira, dia 5 de julho, às 19h30, no Jardim Suspenso do empreendimento, com entrada gratuita

 

Luciano Maia, vocalista da banda Bad Jack 

 

 

O Garden Music Station do RibeirãoShopping vai comemorar o mês do rock com uma homenagem à cidade de Brasília, considerada o celeiro do rock nacional. A banda Bad Jack apresenta o seu show especial “Rock Brasília” nesta sexta-feira, dia 5 de julho, às 19h30, no Jardim Suspenso do empreendimento. A entrada é livre e gratuita.

Brasília, a capital do país, foi responsável por lançar as maiores bandas de rock do país. Uma cidade pulsante na cena rockeira e com muitas histórias na bagagem. Na segunda metade dos anos 70 começaram a surgir as primeiras bandas, sendo que o auge aconteceu nos anos 80, com o surgimento de bandas que se consagraram no cenário nacional, como Legião Urbana, Capital Inicial, Raimundos, entre outras.

A banda Bad Jack, formada na cidade de Batatais em julho de 2009, conta com uma extravagante jornada de música e comportamento que avançou no interior paulista, levando o espírito do rock nesses dez anos de existência.  Luciano Maia (vocal), Tadeu Schimitd (baixo), Daniel Vilas Boas (bateria), e Ernesto Rodarte (guitarra) são os integrantes da banda.

O Garden Music Station reúne apresentações musicais mensais, sempre na primeira sexta-feira do mês. A proposta é fazer um giro pelo mundo e pelas cidades que mais influenciaram a música nacional e internacional. O evento tem o apoio das seguintes empresas: Outback com bebidas alcoólicas pela metade do preço e Si Señor com cardápio especial. Todos os apoiadores disponibilizam atendentes exclusivos durante as apresentações do Garden Music Station.

 

 

Serviço
Festival musical “Garden Music Station”
Apresentações mensais, sempre na primeira  sexta-feira do mês
Horário: às 19h30
Local: Jardim Suspenso do RibeirãoShopping
Dia 5/7: Bad Jack – homenagem à cidade de Brasília
Gratuito e aberto ao público 

04 jul/19

O Cine Planeta do Sesc Ribeirão apresenta no dia 10 de julho, quarta-feira, às 15h, a animação Minúsculos: O Filme, dirigido por Thomas Szabo e Hélène Giraud. O filme é uma produção franco-belga de 2013.  A animação conta a história da disputa entres as tribos das formigas negras e vermelhas por uma caixa de açúcar, encontrada entre os restos de um piquenique, realizado em uma clareira. No meio dessa confusão, uma jovem e corajosa joaninha é capturada e se torna aliada das formigas negras na luta contra as terríveis formigas vermelhas.

 

 

Serviço
Cine Planeta: Exibição de filme com temática ambiental.
Minúsculos: O Filme
Direção: Szabo e Hélène Giraud
França/Bélgica, 2013, 89’
Dia: 10/07 – quarta-feira
Horário: 15h
Local: Galpão. 100 lugares
Classificação: Livre
Grátis
Retirada de ingressos com 1h de antecedência