Literatura

Tetê Brandolim, autora da obra, estará presente para uma roda de conversa com o público; entrada é gratuita

 

 

No próximo domingo (17), às 10h, o Museu Casa de Portinari,instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari, recebe o lançamento do Livro “O Jardim de Tetê”, que conta a história da autora com textos e ilustrações próprias.

 

As páginas são decoradas com mais de 100 obras artísticas de Tetê e escrituras que mostram diversos lados da sua arte: educação, ciência, envelhecimento saudável e da superação. Ao final do lançamento, a autora fará uma roda de conversa com o público e contará sobre sua trajetória de vida e suas inspirações.

 

Tetê Brandolim nasceu em Monte Azul Paulista e começou a trabalhar aos oito anos na roça para ajudar o pai. Somente aos 83 anos realizou o sonho de aprender a ler e escrever. A alfabetização fez com que ela descobrisse sua artista interior e, assim, desenvolvesse técnicas de colagem com chita, o que proporcionou uma produção grandiosa de quadros.

 

A entrada no evento é gratuita e aberta ao público. Mais informações pelo site www.museucasadeportinari.org.brou pelo telefone (16) 3664-4284.

 

Serviço:

Lançamento do Livro “O Jardim de Tetê” e Roda de Conversa com a autora

Data: 17 de novembro de 2019

Horário: domingo, às 10h

Local: Museu Casa de Portinari

Informações: (16) 3664-4284

Entrada: gratuita

Depois de três livros bem-sucedidos, tanto em público quanto em crítica, Matheus Arcaro publica seus poemas. Obra será lançada no dia 19 de setembro em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo.

 

 

 

Um clitóris encostado na eternidade, de Matheus Arcaro, será lançado no dia 19 de setembro na Casa Vil’Arte, em Ribeirão Preto (SP). O autor, que já tem publicados dois livros de contos Violeta velha e outras flores e Amortalha e um romance O lado imóvel do tempo experimenta, pela primeira vez, a poesia

 

Apesar de mergulhar no novo gênero literário, Matheus Arcaro sempre afirmou que não se considera poeta, mas prosador. “De qualquer modo, são anos de lapidação dos poemas, alguns que já existiam muito antes do lançamento do meu primeiro livro, em 2014”, comenta.

 

Ao contrário do que muitos leitores imaginam, o escritor considera a criação poética bem mais difícil que a prosa. “Na poesia, geralmente não há um enredo que sustente o texto. A poesia é a linguagem em estado febril e, talvez por isso, ela seja a mais útil das artes. Útil não no sentido usual, já que a poesia vale por si, mas no sentido de excitar no humano seus estados interiores mais profundos”, complementa Arcaro.

 

Como aconteceu com outros três livros do autor, este também é uma produção da Patuá, editora paulistana que vem recebendo vários prêmios em âmbito nacional.

 

A obra traz 48 poemas, divididos em sete seções temáticas, cujos títulos são, no mínimo, intrigantes: “no confessionário ou no umbigo de deus” e “na ágora de agora ou na falta dela” são dois exemplos. Cada seção tem a ilustração do artista Ubirajara Junior.

 

Com referência ao título do livro, uma pergunta que Arcaro tem recebido com frequência: por que “um clitóris encostado na eternidade”? A epígrafe, retirada de uma obra inventada pelo autor, pode ser um indício. “É na arte, em especial na poesia, que sagrado e profano se costuram”.

 

O autor explica que o título, na verdade, era um poema de um único verso do livro: “fazer poesia é encostar um clitóris na eternidade”. Para ele, é na poesia que se goza o encontro entre efêmero e duradouro, entre ser e devir, entre uno e múltiplo. A poesia é a ponte entre o orgasmo sensível e o intelectual. É a objetivação do que é subjetivo, como escreve Manoel Herzog na orelha da obra: “o clitóris encostado na eternidade é o próprio poeta, antena de sensibilidade que não foge às experiências do mundo tal e qual se apresentam. Frente à eternidade, o intelectual, o cientista, o observador, todos se concentram na figura única do poeta, ao fim e ao cabo”

 

Quem é o autor

Matheus Arcaro é mestrando em Filosofia contemporânea pela Unicamp. Pós-graduado em História da Arte. Graduado em Filosofia e também em Comunicação Social. É professor, artista plástico, palestrante e escritor, autor do romance O lado imóvel do tempo (Ed. Patuá, 2016) e dos livros de contos Violeta velha e outras flores (Ed. Patuá, 2014) e Amortalha (Ed. Patuá, 2017). Também colabora com artigos para vários portais e revistas.

 

 

 

Serviço

Lançamento do livro “um clitóris encostado na eternidade”, poesia.
Autor: Matheus Arcaro
Data: 19 de setembro
Local: Casa Vil’Arte (Rua Floriano Peixoto, 1396. Ribeirão Preto – SP)
Horário: 19h

 

Trecho da orelha, escrita por Manoel Herzog

Para um homem que já se lançou com proficiência notável à pintura, à filosofia, ao magistério, à literatura em prosa, seja no romance ou nos contos muito bem urdidos, a poesia, máximo que a expressão humana pode alcançar, era o estágio que inevitavelmente coroaria um trabalho que vem, não diria num crescendo, pois é como se, atemporal, nascesse maduro, mas numa constância, e muda de forma sem que se lhe altere a essência.

Nos capítulos deste Clitóris úmido e lancinante, que reverbera a dor do mundo (a tal “dor e delícia de ser o que se é” de que nos fala  Caetano), pode o leitor navegar por aspectos da psicologia, da poesia, da metalinguagem, e também da condição política, pois Matheus é mais que tudo alma sensível às mazelas que derroem um país assolado pelo fascismo e pela ignorância. Bálsamo contra a insensibilidade e a rudeza que grassam nos dias de hoje, a leitura da obra de Matheus Arcaro é necessária pra se continuar vivendo.

 

Um poema do livro:

 

Não ferem os amantes

as frestas

entre as frases.

 

Na língua em repouso

o desejo se dilata

até tocar o indizível.

 

A ausência das palavras

é palco dos olhos,

dos hálitos,

dos hábitos despidos.

 

Peles, pelos e peitos

entrelaçados,

bêbados de presente.

 

Um espetáculo

em que as proposições

são espectadoras

e aplaudem atônitas

a eloquência dos corpos.

 

O Sesc Ribeirão promove no dia 28 de julho, domingo, das 15h às 17h, o bate-papo do Clube do Livro sobre o romance O Longo Adeus, de Raymond Chandler.

 

 

O clube do livro é um momento para discutir impressões sobre obras de interesse do grupo de uma forma dinâmica e descontraída, incentivando a leitura. O romance abordado neste mês, O Longo Adeus, de Raymond Chandler, um clássico da literatura norte-americana e um dos mais importantes livros do gênero policial noir.  No centro da história estão Philip Marlowe, o emblemático detetive criado por Chandler, e o enigmático personagem Terry Lennox. Uma obra profunda e brilhante que fala sobre solidão e amizade.

 

 

Serviço
Bate-Papo
Clube do Livro: O Longo Adeus – Raymond Chandler
Com Gabriel Bazan Pedrão.

Dia: 28 de julho– domingo, 15h às 17h.
Local: Biblioteca. 20 Vagas.
Classificação: Livre
Grátis. 10 Anos.

Lançamento oficial do evento aconteceu nesta quarta-feira (8), no Theatro Pedro II. Solenidade contou com a presença de escritores, educadores, parceiros de instituições como o Sesc, Sesi, universidades, entidades locais, além de representantes de patrocinadores, autoridades, intelectuais e público em geral

 

 

Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto lançou a programação da 19ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto, no dia 8 de maio, no Theatro Pedro II.  Durante a apresentação, que já é tradicional e esperada pela população da cidade, Adriana Silva (curadora da Feira e vice-presidente da Fundação) e Dulce Neves (presidente) conduziram a cerimônia, destacando os principais nomes, atrativos, atividades culturais desta edição, parceiros e também o principal propósito da Feira neste ano que atrelou o apelo e causas dos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) ao tema principal do evento:  “Entre Uma História e Outra, Uma Nova História – Um Mundo Melhor para Todos. Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”. 

 

 

A proposição embasa a tônica de todos salões de ideias, conferências, palestras, mesas-redondas, oficinas, exposição de filmes, shows, espetáculos infantis, performances, contações de histórias.

 

Este tema apresenta uma pauta relacionada à agenda desenvolvida pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 2015. Trata-se de um plano de ação fundamentado em 17 objetivos criados para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar para todos, proteger o meio ambiente e enfrentar as mudanças climáticas. Busca também fortalecer a paz universal com mais liberdade.

 

 

Entre uma vasta agenda (ao todo 338 atividades e todas gratuitas), a Fundação apresentou nomes como Monja Coen, Djamila Ribeiro, Boaventura de Sousa Santos, Xico Sá, Sérgio Vaz, Marcelino Freire, Marçal Aquino, João Anzanello Carrascoza, Estrela Leminski, Heloisa Prieto, Ignácio de Loyola Brandão e Renan Inquérito, entre várias atrações para todas as idades, temas, abordagens e modalidades artísticas.

 

 

O evento marcou a contagem regressiva para a feira literária, que acontece de 9 a 16 de junho e é um dos maiores eventos culturais do País. Segunda Adriana Silva, a 19ª edição da Feira traz debates importantes para a reflexão necessária sobre o papel da sociedade em relação ao cumprimento dos ODS, mas também terá um caráter bastante festivo, com ação cultural intensa durante os oito dias do evento.  “Por conta deste tema central, todas as atividades foram atreladas aos conceitos que permeiam os ODS com foco na Agenda 2030. A programação reúne ícones da literatura e nomes que são referências nas esferas educacional, artística, do universo das instituições, ONGs inclusivas e outras”, explica a curadora do evento.

 

 

“Essas causas mobilizam a nossa Feira do Livro, que visa contribuir para que os objetivos sejam alcançados no mundo por meio da formação de leitores, da propagação do conhecimento e do debate livre e aberto”, complementa Dulce Neves.

 

 

A programação completa também está disponível no site da Fundação do Livro e Leitura:

https://fundacaodolivroeleiturarp.files.wordpress.com/2019/05/19_fnlrp_revista_final.pdf  e nas redes sociais da Fundação.

 

Vozes presentes

Representantes dos parceiros, patrocinadores e apoiadores culturais, bem como homenageados também se pronunciaram. Participaram escritores, educadores, parceiros de instituições como o SESC, Sesi universidades, entidades locais, além de representantes de patrocinadores, autoridades, intelectuais e público em geral.

 

 

A professora Amini Boainain Hauy, homenageada pela organização da Feira Nacional do Livro, dedicou sua indicação à figura do professor.  “Fiquei muito emocionada e honrada por essa homenagem de carinho e reconhecimento pela figura do professor”. Ela estendeu a homenagem aos professores que são verdadeiramente educadores e afirmou que, em toda sua história de magistério, bem como na de tantos mestres vocacionados, outras histórias também nascem. “Com o mesmo ideal, sacerdócio de conhecimento e dedicação e, uma consciência sempre presente de que é da educação que brotam todos os valores do homem e da sociedade, compartilho toda a emoção deste momento e, principalmente, o significado e o mérito desta homenagem”.

 

 

O professor e escritor, Gilberto Andrade de Abreu, também se pronunciou e revelou um pouco da sua história. Ele, que foi preso aos 21 anos de idade, por conta da ditadura militar, voltou a Ribeirão Preto quando foi solto e, logo em seguida publicou um livro de poemas em resposta à censura. “Eu publiquei trechos do manual da caça às bruxas, além do manual dos inquisitores e os meus poemas respondem às falas inquisitoriais e da censura”. Depois disso, o autor local homenageado pela Feira publicou um livro a partir de um conto de Jorge Luis Borges – a obra “Mande beijos a Gardel”, que lhe rendeu o Prêmio Guimarães Rosa. “Me senti feliz e honrado de estar aqui sendo homenageado pela 19ª Feira Nacional do Livro e sobretudo pelo tema que me atrai muito”. Segundo ele, o termo sustentabilidade é uma palavra como globalização, muito mal utilizada e mal compreendida.

 

 

Na opinião da secretária municipal de cultura, Isabela Pessotti, que marcou presença representando o prefeito da cidade, Antônio Duarte Nogueira, a semente da Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto foi plantada há 19 anos e hoje o evento tornou-se uma potência. “Me inspira muito ouvir os autores que já estiveram nas feiras anteriores, porque nos depoimentos deles, a gente vê que a Feira tem uma importância transformadora de plantar essa sementinha que dá vontade de produzir, de escrever, continuar a lecionar, trabalhando por causas e é desta esperança que estamos precisando”, destaca.

 

 

O gerente das Edições SESC, Iã Paulo Ribeiro, ressaltou que “Feiras com a de Ribeirão Preto possibilitam um ambiente propício às trocas de saberes, aos encontros das diferenças, às conversas descontraídas sobre as vidas que entram e saem deste objeto que cultuamos: o livro, que deve que estar acessível ao público”. Para ele, se o livro é a extensão de nossa memória, de nossa imaginação, “somos aqui hoje o respiro para a comunidade. Somos a projeção de muitos sonhos fantasiados de frases e imagens”.

 

 

Informações gerais para imprensa

 

1)    A 19ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto acontece de 9 a 16 de junho/2019 e terá abertura no dia 8 de junho, com início a partir das 19h30, no Theatro Pedro II.

A programação desta 19ª edição da Feira é maior do que nos anos anteriores e bastante diversificada, com mais de 330 atividades.

- É um dos maiores eventos culturais do País.

Tema : “Entre Uma História e Outra, Uma Nova História – Um Mundo Melhor para Todos. Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”.

- A Feira reúne salões de ideias, conferências, oficinas, palestras, mesas-redondas, shows, espetáculos teatrais infantis, apresentações musicais, rodas de conversa, performances, contações de histórias – todas foram embasadas na proposição do tema central e gratuitas à população.

Parcerias estratégicas da Fundação do Livro e Leitura: Sesc, universidades, empresas patrocinadoras, apoiadores e Poder Público.

 

 

Entendendo os ODS ligados ao tema central

Os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) estão atrelados ao tema principal desta 19ª edição da Feira. A proposição embasa os debates de todo evento. O tema apresenta uma pauta relacionada à agenda desenvolvida pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 2015. Trata-se de um plano de ação fundamentado em 17 objetivos criados para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar para todos, proteger o meio ambiente e enfrentar as mudanças climáticas. Busca também fortalecer a paz universal com mais liberdade.

 

Exemplos de destaques de nome e atrações do evento:

Autores

Monja Coen, Djamila Ribeiro, Sérgio Vaz, Marcelino Freire, Marçal Aquino, João Anzanello Carrascoza, Estrela Leminski, Heloisa Prieto, Ignácio de Loyola Brandão e Renan Inquérito.

 

Espetáculo de abertura “Entre uma história e outra, uma nova história. Um mundo melhor para todos”, com a Academia Livre de Música e Arte (Alma) e o Coral da Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp). (Entrada aberta e gratuita, sujeita à lotação do teatro).

08/06: 19h30 | Theatro Pedro II – Sala Principal

 

Salão de Ideias com Ignácio de Loyola Brandão

09/06: 14h30 | Theatro Pedro II - Auditório Meira Junior

 

Bate-Papo “Africanidades” - com Kiusam de Oliveira

09/06 - 15h – Tenda Sesc

Haverá contação de histórias com a autora ao final do bate-papo, 16h – Tenda Sesc

 

Conferência com Monja Coen

09/06: 17h | Theatro Pedro II – Sala Principal

 

Espetáculo Auto da Compadecidacom Grupo Maria Cutia (Realização: SESC)

Baseado na obra mais conhecida do teatro brasileiro, escrita por Ariano Suassuna, o espetáculo apresenta repertório musical tocado e cantado ao vivo pelos atores. As aventuras picarescas de Chicó e João Grilo começam com o enterro e o testamento do cachorro do Padeiro e de sua Mulher e acabam em uma epopéia milagrosa no sertão envolvendo o clero, o cangaço, Jesus, Maria e o Diabo. Direção: Gabriel Villela.

Dia 09/06: 19h30 | Esplanada do Theatro Pedro II
Dia 10/06: 21h  | Esplanada do Theatro Pedro II

 

Salão de Ideias com Xico Sá

10/06 – 9h30 | Theatro Pedro II – Auditório Meira Junior

 

Salão de Ideias com Sérgio Vaz 

10/06:  16h30 | Theatro Pedro II – Auditório Meira Junior

 

Conferência da ONU – A cultura como meio de transformação – Os ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável com Niky Fabiancic e Carlo Pereira.

Mediador Henrique Sartori

10/06: 19h30 | Theatro Pedro II – Sala Principal

 

Salão de Ideias com Marcelino Freire

11/06: 16h30 | Theatro Pedro II - Auditório Meira Junior

 

*Atividade destaque com presença do sociólogo português Boaventura Sousa Santos

11/06 - 19h30 – A ecologia de saberes entre o rap e a sociologia com Renan Inquérito

Theatro Pedro II – Sala Principal

20h – Conferência com Boaventura Sousa Santos (Autor educação homenageado da Feira) - Theatro Pedro II – Sala Principal


Seminário de Educação / IEA – USP

12/06 – 13h30 às 15h | 15h30 às 17h00

13/06 - 13h30 às 15h | 15h30 às 17h00

Theatro Pedro II – Sala Principal - com encerramento de Renato Janine Ribeiro

 

Salão de Ideias com Marçal Aquino

12/06:  16h30 | Theatro Pedro II - Auditório Meira Junior

 

Salão de Ideias com João Anzanello Carrascoza

13/06: 16h30 | Theatro Pedro II - Auditório Meira Junior

 

Salão de Ideias com Estrela Leminski

14/06: 16h30 | Theatro Pedro II - Auditório Meira Junior

 

Conferência com Djamila Ribeiro

14/06: 19h30 | Theatro Pedro II – Sala Principal

 

Parada Poética com Renan Inquérito 
15/06 : 19h |  Estande Fundação do Livro e Leitura

 

Shows

Espetáculo com Orquestra Sinfônica Metropolitana de Ribeirão Preto

12/06 - 20h30 | Theatro Pedro II – Sala Principal


Fernanda Marx – Refazendo Gonzaguinha

13/06 – 20h | Sesi Ribeirão Preto

 

Aláfia

13/06 – 20h30 | Theatro Pedro II – Sala Principal

 

Banda Sinfônica do Corpo de Fuzileiros Navais

14/06 - 21h – Centro de Eventos RibeirãoShopping – ingresso (troca por doação de 1 livro).

 

Encerramento no dia 16/06 (Domingo)

19h – Apresentação da 20ª Feira Nacional do Livro de RP e Espetáculo Musical Ópera Chama Sagrada com Alma |  Theatro Pedro II – Sala Principal

 

 

COMBINANDO PALAVRAS E RECORTANDO PALAVRAS

Lembrar de destacar: é a terceira vez consecutiva que a Feira realiza o Projeto Combinando Palavras que ganha nesta edição mais um desdobramento: o Recortando Palavras.

 

Neste ano, o projeto atenderá:

Cerca de 5 mil estudantes do ensino médio das escolas estaduais e particulares

2 mil da rede municipal de ensino

500 estudantes da Fundação Educandário Cel. Quito Junqueira

500 da ETEC - José Martimiano da Silva

 

Autores do Combinando Palavras

Sérgio Vaz, Marcelino Freire, Marçal Aquino, João Anzanello Carrascoza, Estrela LeminskiHeloisa Prieto, Ignácio de Loyola Brandão e Renan Inquérito participam do projeto (atividade agendada apenas para estudantes) e  também nos Salões de Ideias (abertos à população). 

 

Já o projeto Recortando Palavras, novidade para mil alunos do 9º ano da rede estadual de ensino, instruiu os estudantes a produzirem fanzines com base em textos inéditos (produzidos especialmente para o projeto) de Ignácio de Loyola Brandão, escritor homenageado pela Feira, que também participará das atividades.

 

Atividades agendadas para estudantes com autores do Combinando Palavras  (Projeto da Fundação do Livro e Leitura, em parceria com Sesc Ribeirão Preto, Diretoria de Ensino – Região de Ribeirão Preto, Secretaria Municipal de Educação, Etec José Martimiano da Silva, Fundação Educandário "Cel. Quito Junqueira” e escolas particulares).   (Agenda exclusiva para estudantes envolvidos no projeto)

 

Sérgio Vaz

10/06 – 8h30 (atividade agendada para escolas) | Theatro Pedro II – Sala Principal

 

Heloisa Prieto

10/06 - 8h30 e 14h30 (atividade agendada para escolas) | Teatro Municipal

11/06 - 8h30 e 14h30 (atividade agendada para escolas) | Teatro Municipal

 

Marcelino Freire

11/06 - 8h30 (atividade agendada para escolas particulares) | Theatro Pedro II – Sala Principal

 

Marçal Aquino

12/06 - 8h30 (atividade agendada para escolas) | Theatro Pedro II – Sala Principal

 

Ignácio de Loyola Brandão

11/06:  14h30  Projeto Recortando Palavras (atividade exclusiva para alunos do 9º ano da rede estadual) | Theatro Pedro II – Sala Principal
12/06 - 8h30 (Projeto Combinando Palavras - atividade agendada para alunos do Educandário) | Teatro Municipal

 

João Anzanello Carrascoza

13/06 - 8h30 (atividade agendada para escolas) | Theatro Pedro II -– Sala Principal

 

Estrela Leminski

14/06 - 8h30 (atividade agendada para escolas | Theatro Pedro II – Sala Principal

 

Renan Inquérito

14/06 - 8h30 (atividade agendada para escolas) | Teatro Municipal

 

Homenageados desta edição da Feira

Como em todos os anos, a feira fará homenagem a um país – e o escolhido foi a Suécia. Quanto aos autores homenageados, o escritor principal é Ignácio de Loyola Brandão. O autor educação é Boaventura de Sousa Santos; a autora infantojuvenil é Heloisa Prieto; autor local, Gilberto Andrade de Abreu; a professora homenageada (local), Amini Boainain Hauy e o patrono Luiz Octávio Junqueira Figueiredo.

 

Realização

A 19ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto é uma realização do Ministério da Cidadania, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura e Economia Criativa, Prefeitura Municipal, Alta Mogiana, GasBrasiliano, Tanger e Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, além de patrocinadores, apoiadores, entre outros parceiros.

 

Se tivéssemos feito tudo certo antes de entrarmos para o segundo milênio não teria sido necessária uma nova pactuação para 2030. O planeta vive os mesmos problemas e acentuados. Os Objetivos do Milênio não foram o bastante para evitar novos 17 Objetivos planetários para o Desenvolvimento Sustentável. A pergunta que fica é: onde a humanidade está errando? Edgard Morin que nos ajude a responder, afinal, já dizia o filósofo francês que não somente a ignorância nos cega, mas nossos conhecimentos também.

 

A ONU tem chamado a atenção dos gestores da cidade para que eles se envolvam na trajetória política desenhada a fim de que os ODS sejam cumpridos, no tempo estabelecido. Tudo precisa ser feito para envolver a todos. E é nessa equação, ainda que gramatical, que o livro e a leitura se encaixam perfeitamente. Ler o mundo é essencial, apregoa o slogan da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, que realiza, há 18 anos, um belíssimo encontro literário com a participação de 180 mil pessoas ao longo de 8 dias.

 

Essa é a ideia que sustenta a proposta de que colocar a Agenda 2030 na pauta do dia fará dela comum a todos e não somente às lideranças políticas de primeiro escalão, como parece ter ocorrido na edição anterior dos objetivos.

 

Os livros são poderosos, quanto a isso não há dúvida, usá-los a favor de propagar ideias e pensamentos é um caminho vencedor, já sabemos. Mas então, porque caminhamos tão devagar nesse sentido? A média de livros lidos no Brasil é uma das menores em comparação com outros países, inclusive os localizados no sul da américa. Precisamos nos comprometer com a propagação dos livros como um importante recurso para envolver a todos. Esta foi a motivação da Fundação do Livro em escolher esse tema como centro do debate na edição de 2019. Entre uma história e outra, uma nova história. Queremos muito poder escrever um futuro nascedouro do dia de hoje que seja mais sustentável, mais harmônico, democrático e muito feliz.

 

Usar o livro como aliado para fortalecer os debates da humanidade não tem ineditismo. Ao fazer isso copiamos boas ideias, mas tudo bem. As boas ideias precisam mesmo serem replicadas sempre que possível em todos as ocasiões. Já a sociedade grega se fortalecia no aprendizado literário, muitas vezes somente oral, para enrijecer a moral e caráter de seu povo.

 

Juntar as demandas soma energia. É isso que precisamos para avançar diante de tanas demandas sociais. Não basta mais que cada um faça a sua parte, é preciso que os atores sociais do planeta se juntem para, mais fortes, vençam o tempo e as mazelas propagadas pela humanidade.

 

Não considerar o livro como um aliado nessa batalha é ingenuidade e até arrogância. Priorizar outras armas letais quando podemos nos armar de histórias, poesias e narrativas modelares é desconhecer a própria trajetória do homem. Da bíblia ao alcorão, dos livros sobre alquimia aos relatos de viagens pelo mundo, a literatura tem sustentado a emoção do ser humano, ensinado aqueles que querem aprender e entusiasmado o que querem agir.

 

 

Dulce Neves

Presidente da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto
Email: presidente@fundacaodolivro.com.br

14 fev/19

Cinderelas e Alices

postado por Juliana Sfair

Respirava serena olhando o fim de tarde como se nada de ruim pudesse acontecer em sua vida tão cheia de afeto, doces e pão de queijo recheado. Era brando e leve seu coração infantil; sua avenca, sua sapatilha do jazz, o poema de Casimiro de Abreu – o mesmo que recitou no dia do enterro de sua mãe: “ Oh! que saudades que tenho Da aurora da minha vida, Da minha infância querida Que os anos não trazem mais ! “.
É poesia desde criança, ainda lembra de toda aquela inocência e doçura – talvez aquela menina ficou brincando em um jardim, encontrou uma fada e ainda acredita em abóboras que viram carruagem ou num coelho com relógio que toma chá com seus amigos malucos no reino dos sonhos – Cinderela ou Alice, que tenha a bondade, coragem e a ousadia de vencer os percalços da vida, sempre.

Juliana Sfair

Atriz e Escritora

04 jul/18

Pausas, Café e Mentes Ansiosas

postado por Juliana Sfair

(...) Emily caminha no entardecer, indecisa se para numa cafeteria ou não; pois parar significa uma pausa e mentes ansiosas não colaboram com pausas. Lembra das conversas com seu terapeuta em que ele usa como exemplo os pilotos de Fórmula 1 que fazem o " pit stop " e depois voltam para a competição. Resolve sentar e beber um café com calma. Meu Deus, que vitória conseguir parar e viver o momento. Mas o diferencial de Emily, é que ela possui a consciência de suas neuroses e retoma o comando.
 

E por falar em café, entardecer e existencialismo: Dizem por aí, que o conjunto de chá e café de porcelana decorado em azul que mãe de Emily deixou pra ela é belíssimo.

Juliana Sfair
Atriz e Escritora


06 jun/18

Felipe Folgosi fala sobre seus livros

postado por Diogo Branco

Em Ribeirão Preto, atividades abordam histórias como As Vantagens de ser Invisível e Black Mirror. A tradicional Feira de Troca de Livros também faz parte da programação



Os livros são a tradução em versão escrita do imaginário do autor. Diversas obras tornam-se passaportes mais acessíveis para viagens incríveis.  Quando as histórias transcendem as páginas de uma obra literária e ganham as telas, a jornada fica ainda mais intensa. Sob a temáticaFilmes e Séries Inspiradas em Livros, a 3ª edição da Semana Senac de Leitura será realizada de 23 a 28 de abril, em toda a rede Senac São Paulo.
 
A programação da unidade Ribeirão Preto iniciará com o bate-papo Enfrentamentos da Geração Z, com base no livro e o filme: As Vantagens de ser Invisível. Durante a conversa serão trabalhados alguns temas pertinentes para os jovens como bullying, stress, depressão e suicídio.
 
Outro destaque da agenda é a palestra Black Mirror: a narrativa da série e a outra face da tecnologia e do comportamento humano. Mediada pelo professor Eduardo Soares, o encontro espelhará a realidade da sociedade moderna sobre as mudanças ocorridas com o avanço tecnológico e os relacionamentos migrando para as plataformas digitais.

Batalha de rimas, sarau literário, oficina de desenhos para criação de figurinos literários e a palestra Adaptação para cinema, mediada por Lívia Bonhsack, docente da área de comunicação e artes do Senac Ribeirão Preto, também compõem o roteiro de atividades da semana.
 
Segundo a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, feita pelo Ibope para o Instituto Pró-Livro, 67% dos entrevistados afirmaram que não tiveram quem os estimulassem o hábito da leitura durante a infância. Diante desta realidade, o Senac, por meio de suas bibliotecas, promove há três anos aSemana Senac de Leitura. O evento oferece espaços personalizados, serviços e ações culturais de qualidade totalmente gratuitas, contribuindo para ampliar a assiduidade à leitura em todas as fases da vida.
 
“Esse evento é uma importante ferramenta para disseminar cultura e educação por meio de obras literárias, bem como pelas atividades culturais programadas. Toda a agenda foi pensada para oferecer um conteúdo relevante e atualizado com a realidade dos jovens e adultos”, ressalta Robert dos Anjos, gerente em exercício do Senac Ribeirão Preto.
 
Semana Senac de Leitura tem como proposta estimular a reflexão sobre a importância da produção escrita e da leitura como elementos formadores de indivíduos críticos, por isso contará também com a tradicional Feira de Troca de Livros e gibis, promovida pela instituição há mais de 10 anos.


 
Algumas orientações, para participar da Feira
 
-  Materiais muito antigos não serão aceitos;
-  A troca será de livro por livro e gibi por gibi;
-  Livros de literatura em geral são bem aceitos (seguindo o critério de conservação e qualidade);
-  São permitidos livros de literatura estrangeira, nacional, infantil, infanto‐juvenil e gibis;
-  Não serão aceitos materiais em língua estrangeira, didáticos, livros de cunho político/partidário, religioso, dicionários, lista de endereços e telefones, teses e dissertações, enciclopédias, pornográficos e sobre sexologia, código civil e legislação, e livros de informática.
 
Para conferir a programação completa e se inscrever, acesse o Portal Senac: 
www.sp.senac.br/semanadeleitura. Vagas limitadas.
 
Serviço:
 
Semana Senac de Leitura
Data: 23 a 28 de abril de 2018
Local: Senac Ribeirão Preto
Endereço: 
Av. Capitão Salomão, 2133, Jardim Mosteiro – Ribeirão Preto/SP
Informações e inscrições: 
www.sp.senac.br/semanadeleitura
 
Participação gratuita



Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto promove mais um encontro dos Médicos Escritores. O  evento  acontece a partir das 20h, na sede da Fundação do Livro e Leitura. Participação é aberta e gratuita para interessados em literatura e artes



A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto promove na próxima quarta-feira (8/11) o Sarau dos Médicos Escritores e Amigos Dr Carlos Roberto Caliento. O evento acontece na sede da Fundação, situada na 
Rua Prof. Mariano Siqueira, 81, bairro Jardim América, em Ribeirão Preto (SP), das 20h às 22h.
 
Além de receber médicos e frequentadores assíduos, o evento tem entrada gratuita e abre espaço para amantes da literatura e das artes e interessados em geral. A agenda cultural reúne diversas interpretações de obras literárias, além de apresentações musicais e outras manifestações artísticas. Nelson Jacintho, organizador do Sarau e coordenador de publicações da Fundação do Livro e Leitura, traz no currículo 13 livros editados durante sua trajetória no grupo, com várias premiações. Ele diz que no encontro todos os participantes e escritores apresentam as obras de famosos ou produções próprias.
 
O grupo se reúne há 12 anos em saraus mensais. “Nossa ideia é disseminar a leitura pelos quatro cantos da cidade e em cada encontro receber novas pessoas. Queremos estimular o público a escrever suas próprias obras e levá-las também à interpretação”, explica Nelson.
 
O grupo já desenvolveu vários projetos e produções em conjunto. Uma delas foi o recente livro publicado, lançado em 26 de outubro. Trata-se da antologia “Carpe Diem”, com cerca de 100 poemas e crônicas dos 33 escritores integrantes do Sarau. O Sarau dos Médicos Escritores é aberto à população e a participação é gratuita. Acontece mensalmente na sede da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto (
Rua Prof. Mariano Siqueira, 81), em Ribeirão Preto (SP), sempre das 20h às 22 horas.
 
Sobre a Fundação
Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade.
 
Com uma trajetória sólida e projeção nacional e internacional, a entidade ganhou experiência e, atualmente, além da Feira, realiza muitos outros projetos ligados ao universo do livro e da leitura com calendário de atividade durante todo o ano. A Fundação se mantém com o apoio de mantenedores e patrocinadores, com recursos diretos e advindos das leis de incentivo, em especial do Pronac e do Proac.

 

Principal premiação literária do País divulgou, nesta terça-feira, 3, a lista com os primeiros finalistas.



Com Rita Lee, uma Autobiografia, entre os livros selecionados como a melhor biografia, a Câmara Brasileira do Livro divulgou resultados da primeira fase do Prêmio Jabuti 2017, a mais importante premiação literária do País, nesta terça-feira, 3. 
O livro assinado pela roqueira também foi indicado na categoria de melhor capa. 

Na principal categoria, de romance, estão indicados: A Tradutora (Cristovão Tezza),  Como se Estivéssemos em Palimpsesto de Putas (Elvira Vigna), Descobri que Estava Morto (J. P. Cuenca), Machado ( Silviano Santiago), O Marechal de Costas (José Luiz Passos), O Tribunal da Quinta-feira (Michel Laub), Outros Cantos (Maria Valéria Rezende), Simpatia Pelo Demônio (Bernardo Carvalho),  Soy Loco Por Ti America (Javier Arancibia Contreras) e Tristorosa (Eugen Weiss). 

Na 59ª edição do prêmio, foram 2,346 mil inscritos, então selecionados entre os finalistas em 29 categorias. Duas delas são inéditas, neste ano de 2017, o Jabuti também irá premiar nas categorias de histórias em quadrinhos e livro brasileiro publicado no exterior. 
A cerimônia de entrega dos prêmios será realizada em 30 de novembro, no Auditório Ibirapuera. 
Confira, abaixo, a lista com os indicados: 

ADAPTAÇÃO
​Título: A Casa à Beira do Abismo – Autor(a): Autor: William Hope Hodgson / Tradução e Adaptação: Heloisa Prieto e Victor Scatolin – Editora: Papirus 7 Mares
Título: A Ilha do Tesouro – Autor(a): Rodrigo Machado – Editora: FTD Educação
Título: As Aventuras de Sargento Verde – Autor(a): Helena Gomes – Editora: Editora Biruta
Título: Branca de Neve – Autor(a): Gil Veloso – Editora: Editora Pulo do Gato
Título: Cordéis de Arrepiar Europa – Autor(a): Marco Haurélio – Editora: Editora IMEPH
Título: Duas Lendas Indígenas de Amor – Autor(a): Fernando Paixão – Editora: Editora IMEPH
Título: O Príncipe Desencantado - O Dia em que Chapeuzinho Vermelho desencalhou – Autor(a): Mônica Martins – Editora: Scortecci Editora
Título: Romeu e Julieta – Autor(a): Walcyr Carrasco – Editora: Editora Moderna 
Título: Samba de uma noite de Verão – Autor(a): Renato Forin Jr. – Editora: KAN Editora
Título: Viagens de Gulliver – Autor(a): Ronaldo Simões Coelho – Editora: FTD Educação

CIÊNCIAS DA NATUREZA, MEIO AMBIENTE E MATEMÁTICA 
Título: A espiral da morte – Autor(a): Claudio Angelo – Editora: Companhia das Letras
Título: A simples beleza do inesperado – Autor(a): Marcelo Gleiser – Editora: Record
Título: Abelhas sem ferrão do Brasil – Autor(a): Marilda Cortopassi Laurino e Paulo Nogueira-Neto – Editora: Editora da Universidade de São Paulo
Título: Abrolhos - Terra e Mar – Autor(a): Rafael Duarte e Jaime Portas Vilaseca – Editora: Bambalaio
Título: Energia e Sustentabilidade – Autor(a): Arlindo Philippi Jr, Lineu Belico dos Reis – Editora: Editora Manole
Título: Nosso Pampa Desconhecido – Autor(a): Luiza Chomenko e Glayson Ariel Bencke – Editora: Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul
Título: O Universo Escuro – Autor(a): Larissa Carlos de Oliveira Santos – Editora: Editora Kiron
Título: Os cientistas da minha formação – Autor(a): Mario Novello – Editora: Editora Livraria da Física
Título: Plantas e civilização: fascinantes histórias da etnobotânica – Autor(a): Luiz Mors Cabral – Editora: Edições de Janeiro
Título: Um Pouco da Física do Cotidiano: Se o ar quente sobe, por que é frio nas montanhas e quente no litoral? – Autor(a): Otaviano Helene – Editora: Editora Livraria da Física

ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, NEGÓCIOS, TURISMO, HOTELARIA E LAZER
Título: A crise de crescimento do Brasil – Autor(a): Fundação Getúlio Vargas - FGV/IBRE – Regis Bonelli e Fernando Veloso (Orgs.) – Editora: Elsevier Editora
Título: A crise fiscal e monetária Brasileira – Autor(a): Edmar Bacha – Editora: Civilização Brasileira
Título: Anatomia de um desastre – Autor(a): Claudia Safatle, João Borges e Ribamar Oliveira – Editora: Companhia das Letras
Título: Brasil Saúde Amanhã: População, Economia e Gestão – Autor(a): Paulo Gadelha, José Carvalho de Noronha, Sulamis Dain, Telma Ruth Pereira (organizadores) – Editora: Editora Fiocruz
Título: Como matar a Borboleta-azul: Uma Crônica da era Dilma – Autor(a): Monica Baumgarten de Bolle – Editora: Intrínseca
Título: Executivos Negros: Racismo e Diversidade no Mundo Empresarial – Autor(a): Pedro Jaime – Editora: Editora da Universidade de São Paulo
Título: Finanças Públicas – Autor(a): Felipe Salto e Mansueto Almeida – Editora: Editora Record
Título: Monitoramento e Avaliação de Programas Sociais: Uma Introdução aos Conceitos e Técnicas – Autor(a): Paulo de Martino Jannuzzi – Editora: Alínea
Título: O Tempo de Keynes e os Tempos do Capitalismo – Autor(a): Luiz Gonzaga Belluzzo – Editora: Editora Contracorrente
Título: Por que fazemos o que fazemos? – Autor(a): Mario Sergio Cortella – Editora: Planeta

ILUSTRAÇÃO
Título: A Saga do Iconoclasta Zé Ferino – Ilustrador(a): Horácio Gama – Editora: SESI-SP Editora
Título: De A a Z, Eróticas – Ilustrador(a): Caio Borges – Editora: Laranja Original
Título: Knispel: Retrospectiva 1950-2015 – Ilustrador(a): Gershon Knispel – Editora: Editora Maayanot
Título: Macunaíma – Ilustrador(a): Mariana Zanetti – Editora: FTD Educação
Título: Mãe – Ilustrador(a): Anna Cunha – Editora: Miguilim
Título: Orgia dos Loucos – Ilustrador(a): Mariana Fujisawa – Editora: Editora Kapulana
Título: Outras Meninas – Ilustrador(a): Manu Cunhas – Editora: Independente
Título: Plantas e Civilização: Fascinantes Histórias da Etnobotânica – Ilustrador(a): Carol Engel – Editora: Edições de Janeiro
Título: Pó de Lua nas Noites em Claro – Ilustrador(a): Clarice Freire – Editora: Intrínseca
Título: Rio Sketchbook – Ilustrador(a): Eduardo Bajzek – Editora: Marte Cultura e Educação

JUVENIL
Título: A Menina dos Sonhos de Renda – Autor(a): Marília Lovatel – Editora: Editora Moderna 
Título: Cecília que Amava Fernando – Autor(a): Caio Riter – Editora: Editora da Cidade
Título: Dentro de Mim Ninguém Entra – Autor(a): José Castello – Editora: Berlendis & Vertechia
Título: Heróis e suas jornadas - 10 Contos Mitológicos – Autor(a): Rosana Rios – Editora: Editora Melhoramentos
Título: Lua de Vinil – Autor(a): Oscar Pilagallo – Editora: Companhia das Letras
Título: O Caderno da Avó Clara – Autor(a): Susana Ventura – Editora: SESI-SP Editora
Título: O Mágico do Barro Preto – Autor(a): Tiago de Melo Andrade – Editora: Editora Melhoramentos
Título: Quando Tudo Muda – Autor(a): Regina Drummond e Shirley Souza – Editora: Panda Books
Título: Um Grito de Liberdade - A saga de Zumbi dos Palmares – Autor(a): Álvaro Cardoso Gomes e Rafael Lopes de Sousa – Editora: Editora Moderna 
Título: Vozes Ancestrais – Autor(a): Daniel Munduruku – Editora: FTD Educação

LIVRO BRASILEIRO PUBLICADO NO EXTERIOR
Título: A Cup Of Rage – Autor(a): Raduan Nassar – Editora: Penguin Random House Uk – Editora Internacional: Penguin Random House Uk
Título: Ancient Tilage – Autor(a): Raduan Nassar – Editora: Penguin Random House Uk – Editora Internacional: Penguin Random House Uk
Título: Atención al Nacimiento Humanizado - Basado en Evidencias Científicas – Autor(a): Hugo Sabatino – Editora: Oliver Print S.a. – Editora Internacional: Oliver Print
Título: Brasil - Una Biografia – Autor(a): Lilia Moritz Schwarcz e Heloisa Murgel Starling – Editora: Penguin Random House Grupo Editorial – Editora Internacional: Penguin Random House Grupo Editorial
Título: Broda Zalana Krwia – Autor(a): Daniel Galera – Editora: Rebis – Editora Internacional: Rebis
Título: El Vuelo de Madrugada – Autor(a): Sérgio Sant'anna – Editora: Hueders – Editora Internacional: Hueders
Título: Enigmas of Spring – Autor(a): João Almino – Editora: Dalkey Archive Press – Editora Internacional: Dalkey Archive Press
Título: Mijn Duitse Broer – Autor(a): Chico Buarque – Editora: Penguin Random House Uk – Editora Internacional: De Bezige Bij
Título: Vég – Autor(a): Fernanda Torres – Editora: Libri Kiadó – Editora Internacional: Libri Kiadó
Título: Xangô Z Baker Street – Autor(a): Jô Soares – Editora: Rebis – Editora Internacional: Rebis

PSICOLOGIA, PSICANÁLISE E COMPORTAMENTO
Título: A Clínica Psicanalítica em Face da Dimensão Sociopolítica do Sofrimento – Autor(a): Miriam Debieux Rosa – Editora: Editora Escuta
Título: A Paciente, a Analista e o Dr. Green: Uma Aventura Psicanalítica – Autor(a): Silvia Lobo e Cristina M. Bassi – Editora: Zagodoni
Título: Amar a Si Mesmo e Amar o Outro. Narcisismo e Sexualidade na Psicanálise Contemporânea – Autor(a): Joel Birman et al. – Editora: Zagodoni
Título: Combate à Vontade de Potência – Autor(a): Marcelo Checchia – Editora: Annablume
Título: De que Cor Será Sentir? : Método Psicanalítico na Psicose – Autor(a): Marina de Oliveira Costa – Editora: Manole Editora
Título: Desafios Atuais das Práticas em Hospitais e nas Instituições de Saúde – Autor(a): Michele Kamers, Heloísa Helena Marcon e Maria Lívia Tourinho Moretto (orgs.) – Editora: Editora Escuta
Título: Ditadura Civil-militar no Brasil. O que a Psicanálise tem a Dizer – Autor(a): Maria Auxiliadora de Almeida Cunha Arantes e Flávio Carvalho Ferraz (orgs.) – Editora: Editora Escuta / Sedes Sapientiae
Título: Fragmentos – sobre o que se escreve de uma psicanálise – Autor(a): Luciana K. P. Salum – Editora: Iluminuras
Título: O Adolescente e a Internet: Laços e Embaraços no Mundo Virtual – Autor(a): Cláudia Prioste – Editora: Editora da Universidade de São Paulo / FAPESP
Título: O Terceiro Tempo do Trauma – Autor(a): Eugênio Canesin Dal Molin – Editora: Editora Perspectiva

ROMANCE
Título: A Tradutora – Autor(a): Cristovão Tezza – Editora: Record
Título: Como se Estivéssemos em Palimpsesto de Putas – Autor(a): Elvira Vigna – Editora: Companhia das Letras
Título: Descobri que Estava Morto – Autor(a): J. P. Cuenca – Editora: Tusquets
Título: Machado – Autor(a): Silviano Santiago – Editora: Companhia das Letras
Título: O Marechal de Costas – Autor(a): José Luiz Passos – Editora: Companhia das Letras
Título: O Tribunal da Quinta-feira – Autor(a): Michel Laub – Editora: Companhia das Letras
Título: Outros Cantos – Autor(a): Maria Valéria Rezende – Editora: Companhia das Letras
Título: Simpatia Pelo Demônio – Autor(a): Bernardo Carvalho – Editora: Companhia das Letras
Título: Soy Loco Por Ti America – Autor(a): Javier Arancibia Contreras – Editora: Companhia das Letras
Título: Tristorosa – Autor(a): Eugen Weiss – Editora: @linkeditora

ADAPTAÇÃO
Título: A Casa à Beira do Abismo – Autor(a): Autor: William Hope Hodgson / Tradução e Adaptação: Heloisa Prieto e Victor Scatolin – Editora: Papirus 7 Mares
Título: A Ilha do Tesouro – Autor(a): Rodrigo Machado – Editora: FTD Educação
Título: As Aventuras de Sargento Verde – Autor(a): Helena Gomes – Editora: Editora Biruta
Título: Branca de Neve – Autor(a): Gil Veloso – Editora: Editora Pulo do Gato
Título: Cordéis de Arrepiar Europa – Autor(a): Marco Haurélio – Editora: Editora IMEPH
Título: Duas Lendas Indígenas de Amor – Autor(a): Fernando Paixão – Editora: Editora IMEPH
Título: O Príncipe Desencantado - O Dia em que Chapeuzinho Vermelho desencalhou – Autor(a): Mônica Martins – Editora: Scortecci Editora
Título: Romeu e Julieta – Autor(a): Walcyr Carrasco – Editora: Editora Moderna 
Título: Samba de uma noite de Verão – Autor(a): Renato Forin Jr. – Editora: KAN Editora
Título: Viagens de Gulliver – Autor(a): Ronaldo Simões Coelho – Editora: FTD Educação

ARQUITETURA, URBANISMO, ARTES E FOTOGRAFIA
Título: A Modernidade Impressa: Artistas Ilustradores da Livraria do Globo - Porto Alegre – Autor(a): Paula Ramos – Editora: Editora da UFRGS
Título: Carlos Leão – Arquitetura – Autor(a): Jorge Czajkowski e Roberto Conduru – Editora: Bazar do Tempo / Dois Um
Título: Desenho da Utopia – Autor(a): Ruy Teixeira e Jayme Vargas – Editora: Editora Olhares
Título: Guia da Arquitetura do Rio de Janeiro / Rio de Janeiro Architectural Guide – Autor(a): Maria Helena Salomon, Gustavo Rocha-Peixoto, Marcos Moraes de Sá, Farès El-Dahdah, Mozart Vitor Serra, Claudia Carvalho, Claudia Brack, Carlos Eduardo Comas – Editora: Bazar do Tempo 
Título: Jayme C. Fonseca Rodrigues: Arquiteto – Autor(a): Hugo Segawa – Editora: BEI Editora
Título: João Kon, Arquiteto – Autor(a): Abilio Guerra, Luis Espallargas Gimenez, Fernando Serapião, Nelson Kon – Editora: Romano Guerra Editora
Título: Lentes da Memória: A descoberta da fotografia de Alberto de Sampaio (1888-1930) – Autor(a): Adriana Martins Pereira – Editora: Bazar do Tempo
Título: Marcel Gautherot, Fotografias – Autor(a): Samuel Titan Jr e Sergio Burgi – Editora: IMS
Título: Millôr: obra gráfica – Autor(a): Cássio Loredano, Julia Kovensky e Paulo Roberto Pires – Editora: IMS
Título: Pasolini, do neorrealismo ao cinema poesia – Autor(a): Davi Kinski – Editora: Laranja Original

BIOGRAFIA
Título: Caio Prado Júnior: Uma biografia política – Autor(a): Luiz Bernardo Pericás – Editora: Boitempo
Título: Diário de Francisco Brennand: O nome do livro e o nome do outro – Autor(a): Francisco Brennand – Editora: Inquietude Brennand Fortes Produções Culturais
Título: Diários da Presidência 1997 - 1998 (volume 2) – Autor(a): Fernando Henrique Cardoso – Editora: Companhia das Letras
Título: Enquanto Houver Champanhe, Há Esperança: Uma biografia de Zózimo Barrozo do Amaral – Autor(a): Joaquim Ferreira dos Santos – Editora: Intrínseca
Título: Frei Betto: biografia – Autor(a): Américo Freire e Evanize Sydow – Editora: Civilização Brasileira
Título: Jango e eu: Memórias de um exílio sem volta – Autor(a): João Vicente Goulart – Editora: Civilização Brasileira
Título: Rita Lee, uma autobiografia – Autor(a): Rita Lee – Editora: Globo Livros
Título: Roberto Civita: O dono da banca – Autor(a): Carlos Maranhão – Editora: Companhia das Letras
Título: Xica da Silva: a Cinderela Negra – Autor(a): Ana Miranda – Editora: Record
Título: Yara Amaral: A operária do teatro – Autor(a): Eduardo Rieche – Editora: Tinta Negra Bazar Editorial

CIÊNCIAS HUMANAS
Título: A desordem mundial – Autor(a): Luiz Alberto Moniz Bandeira – Editora: Civilização Brasileira
Título: A Grande Estratégia do Brasil - Discursos, Artigos e Entrevistas da Gestão no Ministério da Defesa (2011-2014) – Autor(a): Celso Amorim – Editora: Unesp
Título: A Nervura do Real II – Autor(a): Marilena Chaui – Editora: Companhia das Letras
Título: A palavra no espelho - os reflexos da imagem no barroco mineiro – Autor(a): Cristina Ávila – Editora: ICAM - Instituto Cultural Amilcar Martins
Título: A radiografia do golpe: entenda como e por que você foi enganado – Autor(a): Jessé Souza – Editora: Leya
Título: A tentação fascista no Brasil: Imaginário de dirigentes e militares – Autor(a): Hélgio Trindade – Editora: Editora da UFRGS
Título: Ciclos anuais no Rio Tiquié - pesquisas colaborativas e manejo ambiental no noroeste Amazônico – Autor(a): Aloisio Cabalzar – Editora: Instituto Socioambiental
Título: Novas faces da vida nas ruas – Autor(a): Taniele Rui, Mariana Martinez e Gabriel Feltran (orgs.) – Editora: EDUFSCAR
Título: Peter Hansen Hajstrup - Viagem ao Brasil (1644-1654) – Autor(a): Benjamin Nicolaas Teensma, Bruno Romero Ferreira Miranda e Lucia Furquim Werneck Sodré (organizadores) – Editora: Cepe Editora
Título: Rei do Congo – Autor(a): José Ramos Tinhorão – Editora: Editora 34
Título: Trópicos Utópicos – Autor(a): Eduardo Giannetti – Editora: Companhia das Letras

DIREITO
Título: A "tradução" de Lombroso na Obra de Nina Rodrigues: O racismo como base estruturante da Criminologia Brasileira – Autor(a): Luciano Góes – Editora: Revan
Título: A Performance no Direito Tributário – Autor(a): Luciano Gomes Filippo – Editora: Almedina
Título: As Marcas do Cárcere – Autor(a): Leandro Ayres França – Editora: IEA Editora
Título: Comentários ao Código de Processo Civil - Coleção Completa 17 Volumes – Autor(a): Diretor: Luiz Guilherme Marinoni, Coords.: Sérgio Cruz Arenhart e Daniel Mitidiero – Editora: Revista dos Tribunais
Título: Controle judicial de uma administração pública complexa: A experiência estrangeira na Adaptação da Intensidade do Controle – Autor(a): Eduardo Jordão – Editora: Malheiros
Título: História Oral do Supremo – Autor(a): Fernando de Castro Fontainha, Marco Aurélio Vannucchi Leme de Mattos, Carlos Victor Nascimento dos Santos – Editora: FGV Direito Rio
Título: Jurimetria: Como a estatística pode reinventar o Direito – Autor(a): Marcelo Guedes Nunes – Editora: Thomson Reuters
Título: O Direito Penal da Guerra às Drogas – Autor(a): Luis Carlos Valois – Editora: Editora Dplácido
Título: Os Direitos da Mulher e da Cidadã por Olímpia de Gouges – Autor(a): Dalmo de Abreu Dallari – Editora: Saraiva
Título: Teoria da Argumentação Juridica – Autor(a): Fábio Shecaira e Noel Struchiner – Editora: Contraponto Editora

EDUCAÇÃO E PEDAGOGIA 
Título: A Instrução Pública nas Vozes dos Portadores de Futuros (Brasil - Séculos XIX e XX) – Autor(a): Carlos Monarcha – Editora: EDUFU
Título: A Maior Zoeira na Escola: Experiências Juvenis na Periferia de São Paulo – Autor(a): Alexandre Barbosa Pereira – Editora: Editora UNIFESP
Título: Alfabetização: A questão dos métodos – Autor(a): Magda Soares – Editora: Editora Contexto
Título: Currículos Integrados no Ensino Médio e na Educação Profissional: Desafios, Experiências e Propostas – Autor(a): Francisco de Moraes e José Antonio Küller – Editora: Editora Senac São Paulo
Título: Diversidade na Educação. Implicações Curriculares – Autor(a): Alípio Casali e Suely Dulce de Castilho – Editora: EDUC - Editora da PUC-SP
Título: Educação Física e Esporte no Século XXI – Autor(a): Wagner Wey Moreira e Vilma L. Nista-piccolo (orgs.) – Editora: Papirus Editora
Título: Educação Inclusiva: Para todos ou para cada um? Alguns paradoxos (in)convenientes – Autor(a): Kelly Cristina Brandão da Silva – Editora: Editora Escuta
Título: Educação Média Profissional no Brasil: Situação e Caminhos – Autor(a): Simon Schwartzman – Editora: Fundação Santillana 
Título: História da Alfabetização no Brasil – Autor(a): Maria Luiza Marcílio – Editora: Editora da Universidade de São Paulo
Título: Histórias de Pedagogia, Ciência e Religião: Discursos e Correntes de Cá e do Além-mar – Autor(a): Maria Juraci Maia Cavalcante – Editora: Edições UFC

ENGENHARIAS, TECNOLOGIAS E INFORMÁTICA
Título: Acústica de Salas - Projeto e Modelagem – Autor(a): Eric Brandão – Editora: Editora Blucher
Título: Banda Larga no Brasil: Passado, presente e futuro – Autor(a): Peter Knight, Flávio Feferman e Nathalia Foditsch – Editora: Figurati
Título: Fundamentos Básicos da Qualidade Aplicados ao Setor Industrial e de Serviços – Autor(a): José Eduardo Ferreira de Oliveira – Editora: Empresa Corisco Editora Gráfica Comércio e Indústria de Equipamentos
Título: História da Computação – Autor(a): Raul Sidnei Wazlawick – Editora: Elsevier Editora
Título: Introdução à Computação — Hardware, Software e Dados – Autor(a): André C. P. L. F. de Carvalho e Ana Carolina Lorena – Editora: LTC
Título: Introdução à Engenharia de Produção — Conceitos e Casos Práticos – Autor(a): Orlando Roque da Silva e Délvio Venanzi – Editora: LTC
Título: Introdução à Mineração de Dados: Com aplicações em R – Autor(a): Leandro Augusto da Silva, Sarajane Marques Peres e Clodis Boscarioli – Editora: Elsevier Editora
Título: Lições em Mecânica das Estruturas: Dinâmica – Autor(a): Carlos Eduardo Nigro Mazzilli , João Cyro André, Miguel Luiz Bucalem e Sérgio Cifú – Editora: Editora Blucher
Título: Nanotecnologia Experimental – Autor(a): Henrique Eisi Toma, Delmárcio Gomes da Silva e Ulisses Condomitti – Editora: Editora Blucher
Título: Química Orgânica Experimental: Uma abordagem de Química Verde – Autor(a): Arlene G. Corrêa, Kleber T. de Oliveira, Márcio W. Paixão e Timothy J. Brocksom – Editora: Elsevier Editora

INFANTIL
Título: A Fantasia da Família Distante – Autor(a): Stella Maris Rezende – Editora: Globinho
Título: A Outra História de Chapeuzinho Vermelho – Autor(a): Jean-Claude Alphen – Editora: Editora Salamandra 
Título: Abrapracabrasil! – Autor(a): Fernando Vilela – Editora: Brinque-Book
Título: Adélia – Autor(a): Jean-Claude Alphen – Editora: Editora Pulo do Gato
Título: Birigüi – Autor(a): Mauricio Meirelles – Editora: Miguilim
Título: A Boca da Noite – Autor(a): Cristino Wapichana – Editora: Zit Editora (Meneghetti's Gráfica e Editora)
Título: Drufs – Autor(a): Eva Furnari – Editora: Editora Moderna 
Título: João, Joãozinho, Joãozito – Autor(a): Claudio Fragata – Editora: Record
Título: Se Eu Fosse... Um bicho, uma planta ou até um objeto, minha vida seria muito diferente. – Autor(a): Luisa Massarani – Editora: Publifolha Editora: Selo Publifolhinha
Título: Um Dia, Um Rio – Autor(a): Leo Cunha e André Neves – Editora: Editora Pulo do Gato

POESIA
Título: A Palavra Algo – Autor(a): Luci Collin – Editora: Iluminuras
Título: Carcaça – Autor(a): Josoaldo Lima Rêgo – Editora: 7 Letras
Título: Dobres Sobre a Luz – Autor(a): Thiago Ponce de Moraes – Editora: Lumme Editor
Título: Identidade – Autor(a): Daniel Francoy – Editora: Urutau
Título: Livro das Postagens – Autor(a): Carlito Azevedo – Editora: 7letras
Título: Madrigaes Tragicomicos – Autor(a): Glauco Mattoso – Editora: Lumme Editor
Título: O Mar e o Búzio – Autor(a): Bruno Palma – Editora: Com-arte
Título: Quase Todas as Noites – Autor(a): Simone Brantes – Editora: 7letras
Título: Rol – Autor(a): Armando Freitas Filho – Editora: Companhia das Letras
Título: Tempo de Voltar – Autor(a): Mariana Ianelli – Editora: Edições Ardotempo

TRADUÇÃO
Título: Briggflatts – Tradutor(a): Felipe Fortuna – Editora: Topbooks
Título: Conversações com Goethe nos Últimos Anos de Sua Vida: 1823-1832 – Tradutor(a): Mário Luiz Frungillo – Editora: Unesp
Título: Fedro – Tradutor(a): José Cavalcante de Souza – Editora: Editora 34
Título: Lessing: obras, crítica e criação – Tradutor(a): J. Guinsburg e Ingrid D. Koudela – Editora: Editora Perspectiva
Título: O Reino – Tradutor(a): André Telles – Editora: Companhia das Letras
Título: Ouça a Canção do Vento / Pinball, 1973 – Tradutor(a): Rita Kohl – Editora: Companhia das Letras
Título: Pequeno Mundo Antigo – Tradutor(a): Ivone Benedetti – Editora: Carambaia
Título: Políbio: História Pragmática – Tradutor(a): Breno Battistin Sebastiani – Editora: Editora Perspectiva
Título: Romeu e Julieta – Tradutor(a): José Francisco Botelho – Editora: Companhia das Letras
Título: Uma outra Juventude: e Dayan – Tradutor(a): Fernando Klabin – Editora: Editora 34



23 abr/17

Hoje é o Dia Mundial do Livro, e nada melhor do que este dia para anunciar a pré-venda da biografia de Hebe Camargo.

Todo mundo sabe que Hebe Camargo foi e sempre será a maior apresentadora de todos os tempos. Ficou conhecida como "Rainha da Televisão Brasileira", e com todos os méritos. A estrela começou na rádio, como cantora, e depois foi convidada para a primeira transmissão ao vivo da televisão brasileira. E da televisão nunca mais saiu, até seu último programa, em 2012.

O livro, escrito pelo laureado jornalista Artur Xexéo, chega às livrarias na primeira semana de maio, mas já está com pré-venda na página do
Grupo Editorial Record, no facebook, ou no site da livraria Travessa 


Noite de festa no Salão Nobre da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (ACIRP). Cerca de 180 pessoas compareceram ontem (16) ao lançamento do livro O Construtor de Sonhos – Como José Roberto Pereira Alvim edificou sua história de conquistas, escrito pela jornalista Ana Cândida Tofeti, terceiro volume da série Grandes Empresários ACIRP.



A obra detalha a trajetória profissional de Pereira Alvim, que aos 17 anos deixou a casa dos pais, em Santa Cruz do Rio Pardo, para tentar a vida como ajudante de obra em um conjunto habitacional em Rio Claro. De lá, ele se mudou para Ribeirão Preto, constituiu família e foi sócio de duas empresas antes de fundar, em novembro de 1993, a Construtora Pereira Alvim, uma das principais no segmento no país – com mais de 1 milhão de metros quadrados construídos.

“Fico muito feliz com o convite e espero que minha história sirva para que outras pessoas com desejo de empreender sintam-se motivadas a batalhar por seus objetivos”, disse o biografado, que durante a celebração recebeu da esposa, Mara Pereira Alvim, uma homenagem em forma de música, com apresentação em acordeão e violino do duo Edy e Marisa Lemos. O casal, em seguida, autografou cada um dos exemplares dos presentes.
Foram impressos 2 mil exemplares do livro, que estão à venda por R$ 30, cada, na sede da ACIRP (Rua Visconde de Inhaúma, 489) e na Construtora Pereira Alvim (Avenida Professor João Fiúsa, 2.777). Todo valor arrecadado será revertido para a Creche Modelo, da Vila Virgínia.
Em seu discurso, o presidente da ACIRP, Antonio Carlos Maçonetto, revelou a importância do lançamento e frisou o papel da ACIRP em ser um centro de reflexão empresarial. “Quem adquirir o livro terá nas mãos uma bela aula de como trabalhar, lutar e acreditar para que seus objetivos se concretizem.”
A série
A escolha dos empresários da série Grandes Empresários ACIRP obedece alguns critérios. Além de o empreendimento do biografado ter de ser nascido ou se destacado em Ribeirão, é necessário que a empresa seja idônea, transparente e ética, que o biografado esteja vivo durante a elaboração da obra. Também é essencial que o fundador tenha iniciado com uma empresa pequena e, a partir de então, desenvolvido um negócio de renome.
 
Serviço
Livro: O Construtor de Sonhos – Como José Roberto Pereira Alvim edificou sua história de conquistas (3º volume da série Grandes Empresários ACIRP)
Autora: Ana Cândida Tofeti
Preço: R$ 30 (valor destinado à Creche Modelo)
Tiragem: 2 mil
Vendas: ACIRP (Rua Visconde de Inhaúma, 489) e Pereira Alvim (Avenida Professor João Fiúsa, 2.777)

02 mar/17

Grupo se reúne no dia 4 de março (sábado), às 16h, na sede da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, para ler e comentar o livro “O Senhor das Moscas”, de William Golding



No próximo dia 4 de março, às 16h, na sede da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, acontece mais um encontro do Clube de Leitura, atividade que faz parte do Plano Anual da Fundação e conta com incentivo à cultura por meio do Programa de Ação Cultural – ProAC. Dessa vez, o grupo se reúne para ler e comentar o livro “O Senhor das Moscas”, de William Golding. A atividade é gratuita e aberta ao público. Para participar basta confirmar a presença através do telefone (16) 3911-1050 ou pelo e-mail 
contato@fundacaodolivroeleitura.com.br.
 
Criado com o objetivo de estimular a leitura e passear por narrativas de diversos autores e estilos literários, o Clube de Leitura é um dos principais programas permanentes da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto. Recentemente, o grupo ganhou um novo perfil através da curadoria da bibliotecária Gabriela Bazan Pedrão, doutoranda em Ciências da Informação pela Unesp.

 


Destaque do próximo encontro, o livro “O Senhor das Moscas”, traz uma história que se passa durante a Segunda Guerra Mundial, quando um avião cai em uma ilha deserta e seus únicos sobreviventes são um grupo de meninos em idade escolar. “É sem dúvida um dos romances essenciais da literatura mundial”, afirma Gabriela. O livro é vencedor do Prêmio Nobel em 1983. Este é um grande sucesso e leitura obrigatória em muitas escolas. E também foi adaptado para o cinema em 1963 por Peter Brook, e novamente em 1990.
 
O Clube de Leitura é aberto à população e tem entrada gratuita. A sede da Fundação do Livro e Leitura fica na Rua Prof. Mariano Siqueira, 81, Jardim América, em Ribeirão Preto (SP).
 
 
Sobre a Fundação
Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade. Hoje, é considerada a segunda maior feira a céu aberto do país, realizada tradicionalmente no mês de junho. 
 
Com uma trajetória sólida e projeção nacional e internacional, a entidade ganhou experiência e, atualmente, além da Feira, realiza muitos outros projetos ligados ao universo do livro e da leitura com calendário de atividade durante todo o ano. A Fundação se mantém com o apoio de mantenedores e patrocinadores, com recursos diretos e advindos das leis de incentivo, em especial do Pronac e do Proac.
 
A diretoria é eleita para um mandato de dois anos, sob acompanhamento do Conselho Fiscal.  Com nova diretoria, a Fundação se prepara para implementar uma nova política de atuação em Ribeirão Preto e em outras cidades, com projetos na área de formação de professores e mediadores de leitura.

Animada com o sucesso editorial da sua autobiografia, que já vendeu 100 mil exemplares, a roqueira já acertou um novo projeto com a editora Globo Livros. 



Ela não esperava tanto sucesso como escritora. Longe dos palcos, morando numa fazenda na companhia de seu marido, familiares, animais e plantas, Rita Lee se surpreendeu com o sucesso da sua autobiografia. Lançada no final de 2016, "Rita Lee - Uma Autobiografia" vendeu 100 mil exemplares. Isso em menos de dois meses. Um número expressivo, no final de um ano de crise. E ainda ganhou dois prêmios da APCA - Associação Paulista de Críticos de Arte, pela autobiografia e Grande Prêmio da Crítica.

Agora, em entrevista ao Estadão, a cantora revela que não quer mais autobiografia. E o que sabemos até agora é que será uma ficção, sem maiores detalhes. Disse Mauro Palermo, editor da Globo Livros: "Não há ainda detalhes sobre a nova investida de Rita, além do fato de que será, desta vez, uma narrativa ficcional".

















Diogo Branco